Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4070
Title: Caracterização hidrossedimentológica e dos processos evolutivos de voçoroca em área de rochas gnáissicas do Alto Rio das Velhas (MG).
Authors: Drumond, Flávio Nasser
Bacellar, Luis de Almeida Prado
Keywords: Voçorocas
Erosive processes
Erosion rate
Monitoramento
Issue Date: 2006
Citation: DRUMOND, F. N.; BACELLAR, L. de A. P. Caracterização hidrossedimentológica e dos processos evolutivos de voçoroca em área de rochas gnáissicas do Alto Rio das Velhas (MG). Revista Brasileira de Geomorfologia, v. 7, p. 87-96, 2007. Disponível em: <http://www.ugb.org.br/home/artigos/SEPARATAS_RBG_Ano_7_n_2_2006/RBG_Ano_7_n_2_2006_87_96.pdf>. Acesso em: 30 set. 2014.
Abstract: Neste trabalho procurou-se caracterizar os processos erosivos e as taxas históricas de evolução de uma voçoroca em área de gnaisses do Complexo Bação, Quadrilátero Ferrífero (MG), na bacia do alto rio das Velhas. Na área predominam latossolos vermelho-amarelos, com horizontes superficiais areno-argilosos, pouco erodíveis, sobre saprolitos areno-siltosos, muito erodíveis. A evolução erosiva, avaliada por aerofotogrametria e em campo, indicou que a voçoroca, inicialmente de forma linear e de evolução lenta (entre 1951 e 1977), passou a adquirir forma mais anfiteátrica e a avançar mais rapidamente entre 1977 e 1986. Esta mudança pode ser explicada pela superação de um nível de base local (knickpoint). Entre 1986 e 2006, as taxas deavanço decresceram, possivelmente em função da diminuição da área de contribuição à montante. Os principais processos erosivos identificados na voçoroca foram: erosão hídrica superficial (laminar; em sulcos; em alcovas de regressão; esalpicamento); escorregamentos rotacionais que envolvem todo o talude; escorregamentos planares nos segmentos com rocha alterada; queda de blocos de solo; rastejos, nos sopés dos taludes com exfiltração do lençol freático, que podem resultar em pequenos escorregamentos rotacionais. Os processos de erosão são mais intensos no período chuvoso, mas os rastejos e pequenos escorregamentos são igualmente freqüentes na estiagem, quando o lençol freático atinge a cota máxima. Omonitoramento hidrossedimentológico na voçoroca incluiu a coleta diária de dados: pluviométricos; de vazão na drenagem interna; de sedimentos transportados; e do nível do lençol freático. O transporte de sedimentos se correlaciona mais com os dados pluviométricos e menos com os dados de vazão, talvez porque nos meados do ano o fluxo de base, de menor erosividade, é mais intenso. Como os taludes mais ativos são aqueles sob exfiltração do lençol freático, a voçoroca tem avançado não só de acordo com o aclive topográfico, mas também no sentido do afluxo de águas subterrâneas. Comprovou-se que as voçorocas podem modificam o regime hidrológico e o padrão de transporte de sedimentos de pequenas bacias hidrográficas. Seu controle, que exige a utilização de obras estruturais, é essencial para a recuperação destas áreas degradadas pela erosão.
metadata.dc.description.abstracten: The objective of this paper is to characterize the erosive processes and the historical evolution of a gully at gneissic areas of the Bação Complex, Quadrilátero Ferrífero (MG), at the Velhas River Basin. The area presents red-yellow oxisols, with sand clay superficial horizons, less susceptible to erosion, that lay on sand-silty saprolite, very susceptible to erosion. The gully evolution, measured by aerial photography and with field methods, indicated that the gully initially (between 1951 and 1977) showed linear form and low evolution rate; between 1977 and 1986, it retreated faster and with amphitheater like form. This change apparently occurred when the gully surpassed a local base level (knickpoint). Since 1986, the gully growth rate has decreased possibly due to the reduction of the contribution area. The main erosive processes identified at the gully were: superficial water erosion (sheet and splash erosion, ravines and regressive alcoves); slumps, that involve the whole slope; translational slides, on the weathered rock portions, and soil falls; in the toe slope with exfiltrating waters creep can occur, which can result in small slumps. The erosion processes are more intense during the rainy season, but creep and small slumps are equally frequent on the dry season, when the water table reaches its maximum. The hydrossedimentologic monitoring at the gully included the daily measurement of: pluviometric data, internal drainage data, transported sediments data and the water table. The sediment transport is highly correlated with pluviometric data, whereas a weak correlation was found with drainage data, maybe because at the middle of the year the base flow, less erosive, is less intense. As the most unstable slopes are those under exfiltration of the water table, the gully has retreating following the topographic declivity and the groundwaterinflux. It is proven that gullies can modify the hydrological pattern and the sediment transport pattern of river basin. Controlling them, which demands the construction of engineering systems, is essential to the recovery of these erosion-degraded regions.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4070
ISSN: 2236-5664
metadata.dc.rights.license: A Revista Brasileira de Geomorfologia permite cópia e distribuição dos artigos para fins não comerciais. Permite o armazenamento da versão pós-print. Fonte: Diadorim <http://diadorim.ibict.br/handle/1/609>. Acesso em 18 Ago. 2014.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CaracterizaçãoHidrossedimentológicaProcessos.pdf640,33 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.