Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4056
Title: Evolução magmática e metamórfica de zircão do Complexo Barro Alto (GO), com base em imagens de elétrons retro-espalhados e análises químicas por microssonda eletrônica.
Other Titles: Magmatic and metamorphic evolution of zircons from the Barro Alto Complex (GO), using backscattered electrons and chemical analyses by electron microprobe.
Authors: Takehara, Lucy
Hartmann, Leo Afraneo
Vasconcellos, Marcos Antonio Zen
Suita, Marcos Tadeu de Freitas
Keywords: Zircon
Backscattered electrons
Elétrons retroespalhados
Geocronologia
Issue Date: 1999
Citation: TAKEHARA, L. et al. Evolução magmática e metamórfica de zircão do Complexo Barro Alto (GO), com base em imagens de elétrons retro-espalhados e análises químicas por microssonda eletrônica. Revista Brasileira de Geociências, Brasília, v. 29(3), p. 371-378, 1999. Disponível em: <http://rbg.sbgeo.org.br/index.php/rbg/article/view/A-1064/400>. Acesso em: 30 set. 2014.
Abstract: O zircão é muito utilizado em geocronologia U-Pb por ser considerado um sistema isotópico fechado e apresentar quantidades elevadas de U e Th. No presente trabalho, foram feitos estudos de imagens de elétrons retroespalhados (BSE) e perfis de varredura espacial por espectrômetro dispersivo em comprimento de onda dos elementos Hf, Y e U em cristais de zircão de algumas amostras do Complexo Barro Alto (GO). As imagens de BSE e os perfis evidenciam variações nas estruturas internas e na composição dos cristais de zircão, que são reflexos de processos magmáticos e metamórfïcos sofridos pela rocha hospedeira. Além das feições magmáticas presentes, observamos que os processos metamórficos encontram-se registrados de forma variável nos cristais de zircão, sendo que alguns cristais são menos afetados que outros, indicando serem mais resistentes. Em todos os cristais observados, o metamorfismo regional de médio a alto grau do Ciclo Brasiliano encontra-se registrado de uma forma mais ou menos intensa, evidenciando a abertura do sistema neste período, que afetou consequentemente o sistema isotópico.
metadata.dc.description.abstracten: Zircon is a mineral much used in U-Pb geochronology because it is considered a closed system and has fairly high quantities of U and Th. In this paper, we study Barro Alto Complex (Goiás, Brazil) zircons by backscattered electrons (BSE) imaging and spatial scanning profiles by waveleng dispersive spectrometer of Hf, Y and U. The BSE images and the profiles show variations in the internai structures and composition of zircon crystals that reflect the magmatic and metamorphic processes in the host rocks. Magmatic features are still observed, but metamorphic processes are registered in different textures on the zircons crystals; some are less affected because they are more resistant. The medium to high grade regional metamorphism of the Brasiliano Cycle is registered in ali studied crystals and it may indicate an open-system geochemistry, that consequently affected the U-Pb isotopic system.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/4056
ISSN: 2317-4692
metadata.dc.rights.license: Os trabalhos publicados na Revista Brasileira de Geociências são de uso gratuito, com atribuições próprias, para aplicações cientifico-educacionais e não-comerciais. Fonte: Revista Brasileira de Geociências <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 08 mar. 2017.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_EvoluçãoMagmáticaMetamórfica.pdf3,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.