Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3781
Title: Análise de demanda em Medicina de Família no Brasil utilizando a Classificação Internacional de Atenção Primária.
Other Titles: Analysis of demand for family medical care in Brazil using the International Classification of Primary Care.
Authors: Landsberg, Gabriel de Araújo Porto
Savassi, Leonardo Cançado Monteiro
Sousa, André Bonamigo de
Freitas, Janaína Miranda Rocha de
Nascimento, Janaína Le Sann
Azagra, Rafael
Keywords: Atenção Primária à Saúde
Serviços de saúde
Acolhimento
Issue Date: 2012
Citation: LANDSBERG, G. A. P. et al. Análise de demanda em Medicina de Família no Brasil utilizando a Classificação Internacional de Atenção Primária. Ciência e Saúde Coletiva. V. 17, p. 3025-3036, 2012. Disponível em: <http://www.scielosp.org/pdf/csc/v17n11/v17n11a18.pdf>. Acesso em: 03 set. 2014.
Abstract: Em vários países, motivos de contatos entre pacientes e a Atenção Primária (APS) são codificados pela Classificação Internacional da Atenção Primária (CIAP-2). Tal instrumento permite avaliar as razões que levam pessoas a buscarem cuidados, sendo útil no planejamento de estratégias para contemplar as necessidades de saúde da população. Objetivo: estudar os principais motivos de consulta na demanda espontânea da atenção primária em município de médio porte brasileiro. Metodologia: considerou-se todos os registros de acolhimento num mês típico de trabalho de três médicos residentes de medicina de família e comunidade. Os dados foram extraídos de banco de dados secundário, classificados com a CIAP-2 e analisados estatisticamente. Resultados: avaliou-se 1222 registros de consultas; 32 motivos representaram 50% dos contatos. As razões mais frequentes de busca por cuidados relacionavamse ao capítulo Geral e inespecífico. Quase 20% das consultas ocorreram por motivos administrativos. Sexo feminino e aumento da idade determinaram maior número de motivos para consultar. Conclusão: conhecer os motivos de consulta por gênero e idade pode ajudar as equipes no enfrentamento dos problemas de saúde apresentados no acolhimento – ponto crítico do acesso à APS.
metadata.dc.description.abstracten: In various countries, motives for contact of patients with Primary Health Care (PHC) is classified by the International Classification of Primary Care (ICPC-2). This instrument enables the assessment of why people seek care, thereby assisting in planning strategies to attend the population’s health needs. The scope of this study was to identify the main reasons for same-day appointments in PHC units of a medium-sized Brazilian city. The methodology used was to examine all records of a typical month of three family practice residents. Data were extracted from a secondary database of same-day appointments during the spring of 2010, classified with ICPC and then statistically analyzed. 1222 records were considered; 32 motives accounted for 50% of contacts. Most common motives were related to the General and Unspecific chapter of the ICPC. About 20% of visits occurred for administrative reasons. Female sex and greater age were determinants of greater motives for consultation. Knowing the motives for appointments by gender and age may help PHC teams in tackling health problems at the critical point of access to PHC.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3781
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012001100019
ISSN: 1413-8123
metadata.dc.rights.license: O periódico Ciência e Saúde Coletiva permite o armazenamento das versões pré-print e pós-print. Fonte: Diadorim <http://diadorim.ibict.br/handle/1/378>. Acesso em: 18 fev. 2014.
Appears in Collections:DEMSC - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AnáliseDemandaMedicina.pdf128,18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.