Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3724
Title: Predição das concentrações plasmáticas de IL-1B, IL-6 e TNF-α por agrupamentos de fatores de risco cardiovascular em adolescentes.
Authors: Silva, Carla Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Renata Nascimento de
Keywords: Doenças cardiovasculares - fatores de risco
Inflamação
Agrupamento
Citocinas
Issue Date: 2014
Citation: SILVA, C. T. Predição das concentrações plasmáticas de IL-1B, IL-6 e TNF-α por agrupamentos de fatores de risco cardiovascular em adolescentes. 2014. 122 f. Dissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Universidade Federal de Ouro Preto, Escola de Nutrição, Ouro Preto, 2014.
Abstract: As doenças cardiovasculares (DCV) são as principais causas de mobi-mortalidade em todo o mundo e estão bem relacionadas a diversos fatores de risco cardiovascular tradicionais (RCV), incluindo obesidade central, resistência à insulina (RI), intolerância à glicose, dislipidemias e hipertensão arterial sistêmica (HAS). A inflamação tem sido associada a muitos destes fatores de risco, apresentando considerável papel na instalação das DCV. Seus mediadores inflamatórios, incluindo as citocinas pró-inflamatórias interleucina 1β (IL-1β), interleucina 6 (IL-6) e fator de necrose tumoral α (TNF-α) desempenham importantes funções associadas ao metabolismo de carboidratos, lipídeos e processo aterosclerótico, sendo consideradas fatores de RCV emergentes. Estudos têm sido desenvolvidos a fim de investigar os agrupamentos desses fatores na fisiopatologia da DCV em crianças e adolescentes, pois sabe-se que sua instalação se inicia precocemente e leva a graves consequências na vida adulta. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi Investigar a associação entre agrupamentos de fatores de risco cardiovascular e IL-1β, IL-6 e TNF-α, em adolescentes. Foi realizado um estudo transversal com 487 adolescentes (236 meninos e 251 meninas) no qual foram obtidas medidas antropométricas e de composição corporal (peso, altura, perímetro da cintura e porcentagem de gordura corporal), calculado o índice de massa corporal (IMC), a relação cintura/estatura (RCE) e o índice de conicidade (Índice C), aferida a pressão arterial e foram determinadas as concentrações plasmáticas de IL-6, IL-1β e TNF-α, concentrações séricas de colesterol total e frações (HDL-c e LDL-c), triacilgliceróis, glicose e insulina e calculado posteriormente o índice HOMA-IR (índice de avaliação da homeostase de resistência à insulina). As variáveis de RCV clínicas e bioquímicas foram incluídas na análise de componentes principais. A associação entre os agrupamentos de fatores de risco cardiovascular e interleucina 6, interleucina 1β e fator de necrose tumoral α, foi obtida através da análise de regressão linear múltipla. As análises foram realizadas separadamente para meninos e meninas, considerando p<0,05 e com auxílio do programa estatístico PASW 18.0. A análise de componentes principais revelou cinco componentes independentes, responsáveis por 80% e 81% de explicação da variação total das 14 variáveis originais em meninos e meninas, respectivamente. Em ambos os sexos, foram encontrados componentes que foram caracterizados por adiposidade, metabolismo de glicose, pressão arterial, HDL/triacilgliceróis e colesterol/LDL. Metabolismo de glicose foi inversamente associado à interleucina 1β, em ambos os sexos (p=0,015 para meninas e p=0,039 para meninos); pressão arterial foi inversamente associada ao fator de necrose tumoral α, em meninas (p=0,003) e, por fim, o componente representado por HDL/triacilgliceróis foi positivamente associado à interleucina 6, em meninas (p=0,01), e à interleucina 1β (p<0,001) e fator de necrose tumoral α (p<0,001), em meninos. Os resultados sugerem que metabolismo de lipídeos possui forte ligação com o processo inflamatório, sendo uma das primeiras alterações presentes no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, ainda na adolescência. Mais estudos são necessários a fim de melhor elucidar as relações encontradas entre metabolismo de glicose, pressão arterial e inflamação, em adolescentes.
metadata.dc.description.abstracten: Cardiovascular diseases (CVD) are a major cause of mobility and mortality worldwide and are well related to several factors of traditional cardiovascular risk (CVR), including central obesity, insulin resistance (IR), glucose intolerance, dyslipidemia and systemic arterial hypertension (SAH). Inflammation has been linked to many of these risk factors, presenting considerable role in the onset of CVD. Inflammatory mediators, including proinflammatory cytokines interleukin 1β (IL-1β), interleukin 6 (IL-6) and tumor necrosis factor α (TNF- α) play important functions associated with the metabolism of carbohydrates, lipids and atherosclerosis, being considered cardiovascular risk factors emerging. Studies have been conducted to investigate the clusters of these factors in the pathophysiology of CVD in children and adolescents, since it is known that the installation begins early and leads to serious consequences in adulthood. In this sense, the aim of this study was to investigate the association between clusters of cardiovascular risk factors and IL-1β, IL-6 and TNF-α in adolescents. A cross-sectional study of 487 adolescents ( 236 boys and 251 girls ) in which anthropometric and body composition (weight, height, waist circumference and percentage of body fat) measurements were obtained, calculated body mass index (BMI) was conducted waist / height ratio (WHR) and conicity index, measured blood pressure and were determined plasma concentrations of IL-6 , IL-1β and TNF-α, serum total cholesterol and its fractions (HDL - c and LDL-c), triglycerides, glucose and insulin, and subsequently calculates the HOMA-IR index (homeostasis assessment of insulin resistance). Clinical and biochemical variable of CVR were included in the principal components analysis. The association between clusters of cardiovascular risk factors and IL-6, IL-1β and TNF-α was obtained by multiple linear regression. Analyses were performed separately for boys and girls, considering p < 0.05 with PASW 18.0 statistical program. The principal components analysis revealed five independent components, accounting for 80 % and 81 % of the explained total variance of 14 original variables in boys and girls, respectively. In both sexes, components that are characterized by adiposity, glucose metabolism, blood pressure, HDL/triglycerides and cholesterol/LDL were found. Metabolism of glucose was inversely related to IL-1β in both sexes (p = 0.015 for girls and p = 0.039 for boys), blood pressure was inversely related to tumor necrosis factor α in girls (p = 0.003) and, finally, the component represented by HDL/triglycerides was positively associated with IL-6 in girls (p=0.01 and IL-1β (p < 0.001) and TNF-α (p < 0.001) in boys. The results suggest that lipid metabolism has a strong link with the inflammatory process, being one of the first changes present in the development of CVD, in adolescence. More studies are needed to elucidate the relationships between glucose metabolism, blood pressure and inflammation in adolescents.
Description: Programa de Pós-Graduação em Saúde e Nutrição. Escola de Nutrição, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3724
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 29/09/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:PPGSN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PrediçãoConcentraçõesPlasmáticas.pdf2,41 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons