Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3723
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFernandes, Gilbertopt_BR
dc.contributor.authorSilva, André Otávio Moreira e-
dc.date.accessioned2014-11-07T13:00:23Z-
dc.date.available2014-11-07T13:00:23Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationSILVA, A. O. M. e. Metodologia de estabilização química de coproduto siderúrgico para uso em lastro de ferrovias. 2013. 138 f. Dissertação (Mestrado em Geotecnia) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3723-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Geotecnia. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA escória de aciaria é um coproduto produzido no processo de fabricação do aço, resultante da agregação de elementos importantes para o processo de geração, que, no entanto, não trazem benefícios para sua aplicação nas mais diversas finalidades quando presentes em quantidades elevadas na composição deste material. Por ser constituída de óxidos como CaO e MgO, o coproduto tem como característica a expansibilidade em função da reação química destes elementos na presença de água. Este fenômeno, observado inúmeras vezes no decorrer do seu tempo de aplicação, vem a limitar o seu uso, razão pela qual são realizadas pesquisas para desenvolvimento de uma metodologia de cura da escória de aciaria no intuito de se controlar o efeito da expansão. O presente trabalho contou com a elaboração, aplicação e avaliação de uma metodologia para a cura do coproduto recém vazado gerado por um conversor LD. Foram avaliados os efeitos gerados pela aplicação desta metodologia quanto às características físicas e mecânicas, resistividade e condutividade elétrica, além do acompanhamento das alterações químicas e mineralógicas ocorridas durante todo o período de aplicação do sistema proposto. Tais avaliações atestaram a eficácia da metodologia definida, que atuou de maneira a estabilizar quimicamente a escória de aciaria, eliminando os inconvenientes ocorridos até então em sua utilização, como a quebra excessiva dos grãos, o que diminui a vida útil lastro, além da queda do desempenho operacional, uma vez que, em decorrência de sua condutividade elétrica, principalmente em períodos chuvosos, é gerada uma falsa ocupação no circuito de bloqueio de linha, levando o Centro de Tráfego Centralizado (CTC) a realizar interrupções e acionar a manutenção de linha. Tornar o coproduto apto à utilização torna menor a demanda por exploração de jazidas naturais, fazendo com que um material que inicialmente seria disposto no ambiente gerando um passivo ambiental seja destinado a um fim nobre por meio da reutilização. Desta forma, o presente trabalho de pesquisa, por meio dos estudos para elaboração da metodologia de cura, sua aplicação, monitoramento periódico e ensaios realizados, credenciou o uso da escória de aciaria como lastro para ferrovias. Sua aplicação trás consigo benefícios econômicos e auxiliam as entidades responsáveis por sua geração e tratamento, a se tornarem referência no que concerne a sustentabilidade e consciência socioambiental.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectFerroviaspt_BR
dc.subjectEngenharia de transportespt_BR
dc.subjectReciclagem - indústriapt_BR
dc.subjectResíduos industriaispt_BR
dc.titleMetodologia de estabilização química de coproduto siderúrgico para uso em lastro de ferrovias.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor, 29/09/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.pt_BR
dc.description.abstractenSteel slag is a coproduct produced in the manufacturing process of steel, resulting from the aggregation of important elements for the generation process, that, however, don’t bring benefits for its application in diverse purposes when present in high amounts in the composition of this material. By being consisted of oxides such as MgO and CaO, the coproduct has as characteristic the expansibility due to the chemical reaction of these elements in the presence of water. This phenomenon, observed numerous times during the application process, comes to limit its use, reason why researches are carried out to develop methodologies for the cure of steel slag in order to control the expansion’s effect. This work included the development, implementation and evaluation of a curing method for the recently leaked coproduct generated by an LD converter. The effects generated by the application of this methodology concerning the physical and mechanical characteristics, electrical resistivity, besides the monitoring of chemical and mineralogical changes that occurred throughout the course of the curing process proposed have been evaluated. Such evaluations have attested he effectiveness of the defined methodology, which acted so as to chemically stabilize the steel slag, eliminating the inconveniences occurred hitherto in its use, such as excessive breakage of the grains, which reduces the ballast’s useful life, besides the decrease of operational performance, since that, due to their electrical conductivity, especially during rainy periods, a false occupation is generated in the circuit of line blocking, leading the Centralized Traffic Center (CTC) to perform outages and trigger the line maintenance. Render the coproduct suitable for use decreases the demand for exploration of natural mineral deposits, causing a material that would be initially disposed in the environment generating an environmental liability, to be destined to a noble purpose through the reuse. Thus, the present research work, through studies to the development of a curing methodology, its applications, the periodic monitoring and the realized testing, have accrediting the use of steel slag as ballast for railroads. Its application brings with it economic benefits and helps the authorities responsible for their generation and treatment to become benchmark regarding sustainability and environmental awareness.-
Appears in Collections:POSGEO - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_MetodologiaEstabilizaçãoQuímica.pdf9,22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons