Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3668
Title: Síntese sobre ofiolitos : evolução dos conceitos.
Other Titles: Synthesis about ophiolites : evolution of concepts.
Authors: Queiroga, Gláucia Nascimento
Suita, Marcos Tadeu de Freitas
Soares, Antônio Carlos Pedrosa
Martins, Maximiliano de Souza
Pinheiro, Marco Aurélio Piacentini
Keywords: Ofiolitos
Geociências
Ophiolites
Issue Date: 2012
Citation: QUEIROGA, G. et al. Síntese sobre ofiolitos : evolução dos conceitos. REM - Revista Escola de Minas, Ouro Preto, v. 65, p. 47-58, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0370-44672012000100007>. Acesso em: 04 set. 2014.
Abstract: Ofiolitos são fragmentos de antigas litosferas oceânicas formados em margens de placa construtivas ou divergentes transformantes. Por meio de extensos falhamentos de empurrão, esses corpos ou parte deles são colocados na crosta continental, dentro de pacotes de rochas dos cinturões orogênicos, em estado sólido, mas podendo estar, ainda, relativamente quentes. Os possíveis ambientes produtores de litosfera oceânica incluem cadeias meso-oceânicas, bacias relacionadas a arcos-de-ilhas juvenis e bacias de retroarco. Ofiolitos de idade fanerozoica são abundantes em cinturões orogênicos ao re¬dor do mundo, enquanto que os remanescentes oceânicos do Pré-Cambriano são pouco comuns e encontram-se distribuídos, principalmente, na Finlândia, Canadá, Marrocos, Arábia Saudita, Egito, Rússia, Brasil e China. Diversos registros de remanescentes oce¬ânicos pré-cambrianos de diferentes idades foram reconhecidos no Brasil. A maioria desses corpos situa-se nas faixas orogênicas brasilianas e registra o consumo dos oce¬anos neoproterozóicos. A partir do que foi exposto, esse trabalho procura sintetizar as principais informações acerca de sequências ofiolíticas, trazendo uma breve revisão de conceitos e classificações ao longo dos quase 200 anos de utilização desse termo.
metadata.dc.description.abstracten: Ophiolites are fragments of the ancient oceanic lithosphere formed at constructive plate margins or transforming divergent plates. Through extensive thrust faults, these bodies or part of them are emplaced into the continental crust, inside rock piles of orogenic belts, in solid state, but these bodies can be relatively warm. The possible environments which produce oceanic lithosphere include meso-oceanic ranges, basins related to juvenile island arcs and retro-arc basins. Ophiolites of the Phanerozoic age are abundant in orogenic belts around the world whilst Precambrian oceanic remnants are less common and are distributed mainly in Finland, Canada, Morocco, Saudi Arabia, Egypt, Russia, Brazil and China. Several registers of Precambrian oceanic remnants of different ages were recognized in Brazil. Most of these bodies are situated in Brazilian orogenic belts and they register the consumption of the Neoproterozoic oceans. This paper aims to synthetize the main information about ophiolitic sequences, bringing a brief review of concepts and classifications along the 200-year use of this term.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3668
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0370-44672012000100007
ISSN: 1807-0354
metadata.dc.rights.license: A Revista Escola de Minas – REM - autoriza o depósito de cópia de artigos dos professores e alunos da UFOP no Repositório Institucional da UFOP. Contato em 12 set. 2013.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_SínteseOfiolitosEvolução.pdf776,9 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.