Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3597
Title: Eco-epidemiologia da doença de Chagas aguda em área amazônica. Município de Abaetetuba, estado do Pará, Brasil, 2008 – 2009.
Authors: Santos, Soraya Oliveira dos
metadata.dc.contributor.advisor: Coelho, George Luiz Lins Machado
Keywords: Doença de Chagas
Amazônia
Epidemiologia
Trypanosoma cruzi
Abaetetuba - PA
Issue Date: 2013
Citation: SANTOS, S. O. dos. Eco-epidemiologia da doença de Chagas aguda em área amazônica. Município de Abaetetuba, estado do Pará, Brasil, 2008 – 2009. 158 f. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: Na Amazônia Brasileira as descrições sobre Doença de Chagas Aguda (DCA) tem se limitado a análise de surtos orais e casos isolados. O Estado do Pará, a partir da sistematização da vigilância da doença de Chagas, registrou entre 2005 e 2012 um número crescente de casos agudos, principalmente na região nordeste do Estado. Para avaliar fatores associados ao risco de ocorrência de DCA foram selecionadas áreas urbanas, rurais e ilhas, no município de Abaetetuba onde foram feitos cortes epidemiológicos entre os anos 2008 e 2009 confrontando-se as informações da casuística registrada pelo Sistema Nacional de Notificação de Agravos (SINAN) no período 2005-2012 com os achados do trabalho de campo. Nos inquéritos realizados foi aplicado um questionário, coleta de amostras biológicas para estudo sorológico e parasitológico, capturas entomológicas em unidades domiciliares e ecótopos naturais para determinar os níveis de infestação, infecção pelo Trypanosoma cruzi e estudo de fonte alimentar em triatomíneos, georreferenciamento das residências, palmeiras e casos humanos, análise ambiental para estratificar o grau de antropização e dados climatológicos. De uma população de 6213 residentes (4,3% da população do município), foram analisadas 4699 amostras, dando uma soroprevalência geral de 2,54 por mil hab. Não foram encontrados triatomíneos domiciliados e dos 250 espécimes capturados em palmeiras, 85,20% foi da espécie Rhodinus pictipes, com uma infectividade de 11,26% que se alimentaram principalmente com sangue de gambá e roedor. A análise multivariada demostrou que a febre, contato com triatomíneos, palmeiras infestadas e velocidade do vento são fatores altamente significativos e associados (RC= 28.7; 14.5; 10.3 e 4.36 respectivamente) ao risco de contrair a doença de Chagas, principalmente na ilha de Ajuaí, área menos antropizada, que no momento da pesquisa apresentava um ciclo enzoótico ativo e estabelecido; no banco de vigilância observou-se associação significante entre a ocorrência de DCA e apresentar edema, febre e alimentar-se com açaí. Os resultados indicam uma epidemiologia da DCA diferenciada entre as áreas de estudo onde a dinâmica de produção do açaí produzido nas ilhas tem relação com a ocorrência dos casos agudos por transmissão oral na área urbana. Estes achados devem ser considerados na formulação das políticas públicas para o controle da doença na região amazônica.
metadata.dc.description.abstracten: In the Brazilian Amazon descriptions of Acute Chagas Disease (ACD) have been limited to oral outbreaks and isolated cases analysis. Between 2005 and 2012, the Pará State, under systematic surveillance of Chagas disease, recorded an increasing number of acute cases, especially in the northwest region. To assess factors associated with the risk of ACD, crosssectional surveys were developed in urban, rural and island areas in Abaetetuba municipality, between 2008 and 2009. Findings in the fieldwork were confronted to the information recorded by the National System of Notifiable Diseases (SINAN) between 2005-2012. Surveys techniques included: a questionnaire, collection of biological samples for serological and parasitological studies, entomological catches in households and natural ecotopes to determine infestation levels, infection by Trypanosoma cruzi and the food source in triatomines; georeferencing was made of households, palm trees and human cases; environmental analysis assessed the degree of anthropization; climate data was included. From a population of 6213 residents (4.3% of the municipality), 4699 samples were analyzed, giving an overall prevalence of 2.54 per thousand inhabitants. Not domiciled triatomines were found and out of 250 specimens captured in palms, 85.20% was Rhodnius pictipes, whose infectivity was 11.26% and fed mainly with possum and rodent blood. Multivariate analysis demonstrated that fever, contact with triatomines, infested palms and wind speed are factors strongly associated (OR = 28.7; 14.5; 10.3 and 4.36 respectively) to the risk of contracting ACD, primarily on the island of Ajuaí, less anthropized area, which at the time of the survey had an active and established enzootic cycle. The surveillance data showed significant association between the occurrence of ACD and the presence of edema, fever and having fed açai. We observed an epidemiology of ACD differentiated between the study sites, where the dynamics of açai produced in the islands has a relationship with the occurrence of acute cases by oral transmission in the urban area. These findings should be considered in the formulation of public policies for the control of Chagas´ disease in the Amazon region.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3597
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a), 11/08/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Permite o uso para fins comerciais. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPCBIOL - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Eco-epidemiologiaDoençaChagas.pdf3,58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons