Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3435
Title: Avaliação da não adesão à terapia antirretroviral de alta eficácia utilizando os registros de dispensação da farmácia em um centro de referência microrregional em DST/HIV/AIDS.
Authors: André, Ana Paula Alves
metadata.dc.contributor.advisor: Veloso, Vanja Maria
Carneiro, Cláudia Martins
Keywords: Antirretrovirais
HIV - vírus
AIDS - doença
Protocolos médicos
Adesão à medicação
Issue Date: 2013
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: ANDRÉ, A. P. A. Avaliação da não adesão à terapia antirretroviral de alta eficácia utilizando os registros de dispensação da farmácia em um centro de referência microrregional em DST/HIV/AIDS. 2013. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: Importantes avanços foram alcançados no Brasil em termos de legislação e acesso universal e gratuito à terapia antirretroviral (TARV) desde a descoberta da AIDS. Especialmente com o advento da terapia antirretroviral de alta eficácia (HAART), a história natural da AIDS foi alterada, mudando o perfil da epidemia e caracterizando-a, nos dias de hoje, como uma doença crônica. Entretanto, o sucesso terapêutico requer níveis elevados de adesão ao tratamento, o que ainda é um grande desafio a ser vencido. Neste contexto, o principal objetivo deste estudo foi avaliar fatores associados a não adesão à TARV.Foram analisados diferentes aspectos socioeconômicos, comportamentais e clínicos de 132 pacientes soropositivos em uso de TARV no período de 01-01-2011 a 31-12-2011 e acompanhados em um centro de referência microrregional na assistência ambulatorial especializada a pessoas que vivem e convivem com HIV/AIDS (PVHA) em Conselheiro Lafaiete-MG. Os dados foram obtidos de registros em prontuários clínicos, da Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM) e das bases de dados SICLOM e SINAN. O critério de adesão ao tratamento foi avaliado por meio do prontuário farmacêutico da UDM, sendo categorizados como aderentes aqueles pacientes que tinham um intervalo entre as dispensações menor que 31,5 dias (95% de adesão). Predominaram indivíduos do sexo masculino (60,61%), com idade média de 43,0 anos, cor da pele parda ou amarela (44,64%), casados (42,52%), que moravam em Conselheiro Lafaiete (53,03%). Menos da metade dos pacientes (40,91%) foram classificados como não aderentes à TARV, uma pequena parcela desses abandonou o tratamento, sendo que a maioria retornou após o abandono. Sobre os fatores relacionados a não adesão, a maioria das variáveis analisadas não estavam associadas, apenas as variáveis registro de falta às consultas e carga viral pós-tratamento foram significativas na análise. Concluiu-se que os pacientes com registro de falta às consultas médicas e carga viral detectável tinham uma maior chance de não aderir ao tratamento.
metadata.dc.description.abstracten: Important advances have been achieved in Brazil in terms of law, free and universal access to antiretroviral therapy (ART) since the AIDS discovery. Especially with the advent of Highly Active Antiretroviral Therapy(HAART), the natural history of AIDS has changed, changing the profile of the epidemic and characterizing it today as a chronic disease. However, therapeutic success requires high levels of adherence to treatment, which is still a major challenge to be overcome. Was analyzed different socioeconomic, behavioral and clinical data of 132 HIV-positive patients on HAART in the period from 01-01-2011 to 31-12-2011 and followed at a micro-regional referral center specializing in outpatient care to people who live with HIV/AIDS (PLWHA) in Conselheiro Lafaiete-MG. Data were obtained from patient records, clinical records in Dispensing Medicines Unit (DMU) and the databases SICLOM and SINAN. The criterion of adherence to treatment was assessed by recording the dispensation of the UDM, being categorized as adherent patients who had an interval between dispensations less than 31.5 days (95% adherence). Most of the patients were male (60.61%), mean age 43.0 years, brown skin color or yellow (44.64%), married (42.52%), living in Conselheiro Lafaiete (53.03%). Less than half of patients (40.91%) were classified as non-adherent to HAART, a small portion of these abandoned the treatment, and more than half returned after this abandonment. About factors related to non-adherence, most variables were not associated, only variables missing medical appointments and viral load after treatment were significant in the analysis. It was concluded that patients with a record of missing medical appointments and detectable viral load had a greater chance of not adhering to treatment.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3435
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo autor(a), 29/01/2014, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que seja citado o autor e licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação desta.
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AvaliaçãoAdesãoTerapia.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons