Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3256
Title: Estudo da evolução do relevo do Quadrilátero Ferrífero, MG– Brasil, através da quantificação dos processos erosivos e denudacionais.
Authors: Salgado, André Augusto Rodrigues
metadata.dc.contributor.advisor: Varajão, César Augusto Chicarino
Keywords: Geoquímica
Geomorfologia
Solos - erosão
Quadrilátero Ferrífero - Minas Gerais
Issue Date: 2006
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia. Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: SALGADO, A. A. R. Estudo da evolução do relevo do Quadrilátero Ferrífero, MG– Brasil, através da quantificação dos processos erosivos e denudacionais. 2006. 125 f. Tese (Doutorado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006.
Abstract: O presente trabalho investiga a evolução do relevo do Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais- Brasil, através da mensuração dos processos erosivos e denudacionais que ocorremem seu interior. A mensuração destes processos foi realizada graças ao uso de duas metodologias: (i) análises físicoquímicas e químicas de águas superficiais que drenama região (atual denudação geoquímica); (ii) mensuração da produçãoin-situdo isótopo cosmogênico 10 Be em sedimentos fluviais (denudação total a longo termo) e em rochas e veios de quartzo superficiais (erosão total a longo termo). Quanto à metodologia utilizada, os resultados obtidos indicam que os diversos métodos utilizados neste trabalho são complementares e permitemuma rica análise geomorfológica. Quanto à geomorfologia, os resultados demonstram que, no interior de um mesmo litotipo, as áreas mais próximas das cabeceiras estão submetidasa processos denudacionais e erosivos de maior intensidade do que aquelas mais próximas dos níveis de base. Comprovamquantitativamente a existência de uma denudação diferencial onde: os quartzitos e itabiritos constituem as rochas mais resistentes; osxistos e filitos, as de resistência mediana; granito-gnaisses deresistência baixa; e os mármores/dolomitos as mais frágeis. Indicam que os topos de vertente são erodidos emuma intensidade inferior que osfundos de vale, fato este que demonstra que o relevo da região está sendo dissecado.
metadata.dc.description.abstracten: This work investigates theevolution of the Quadrilátero Ferríferolandscape, Minas GeraisBrazil, by measuring the erosion and denudation processes that affectthis region. Three methodologieswereused toassess suchprocesses: (i) physical-chemical and chemical analyses of the superficial waters that drain the region (present geochemical denudation); (ii) measurement of the in situ-production of the cosmogenic 10 Be isotope in fluvial sediments(long-termtotal denudation) and in outcroppingrocks and quartz veins (long-termtotal erosion). The results show that the combination of the variousmethods adopted in this work makes a thorough geomorphologic analysis possible. Regarding the geomorphology,the results show thattakinginto consideration the same rock type, the areas next to the headwaters undergo more intense erosion and denudation processes than those ones next to the base levels. A differential denudation is also attested quantitatively:the quartzites and itabirites constitute the most resistant rocks; schists and phyllites are of intermediate resistance; granites-gneisses, of low resistance, and marbles/dolomitesarethe most fragile. The results also indicate that the hilltops are less intenselyeroded that the bottom of the valleys, this demonstrates that the landscape is being dissected.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3256
Appears in Collections:PPGECRN - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_EstudoEvoluçãoRelevo.pdf14,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.