Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3223
Title: Separação seletiva entre a willemita e seus minerais de ganga.
Authors: Coelho, Lucas Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Carlos Alberto
Keywords: Zinco - oxidação
Flotação
Minérios
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: COELHO, L. C. Separação seletiva entre a willemita e seus minerais de ganga. 2009. 83 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 20109.
Abstract: O tratamento de minérios de zinco foi desenvolvido no mundo buscando tecnologia voltada para os sulfetos, pois estes são os mais abundantes. Entretanto, no Brasil, os minerais de zinco mais abundantes são silicatos, o que tem levado pesquisadores a direcionar suas investigações visando buscar as melhorias no desempenho da concentração de minérios oxidados. Esta investigação visou à aplicação de novos sistemas de reagentes para tratar por flotação o minério de zinco com willemita, em etapas de dispersão, sulfetização, depressão de gangas, e flotação do zinco, com intuito de melhorar a recuperação da willemita e diminuir o consumo de reagentes. Esta investigação avaliou os efeitos depressores na flotação, a fim de aumentar tanto a recuperação quanto a seletividade. Os reagentes estudados foram: uma emulsão de amina (Clariant Flotigan 2835-2L),óleo diesel e MIBIC, respectivamente nas proporções 1,0, 0,16 e 0,4, como coletor e espumante; solução de sulfeto de sódio e barrilha como agente ativador e modificador do pH; silicato de sódio como agente dispersante e como depressores: silicato de sódio, dextrina, dicromato de potássio, tanino, amido, carboximetilcelulose (CMC). Para a realização desses estudos, fizeramse necessárias investigações nas etapas de dispersão, sulfetização, flotação de willemita, como também foram realizados ensaios preliminares, com variáveis químicas préselecionadas, para definição de seus níveis de concentração e dosagem. Esse trabalho foi desenvolvido em escala de laboratório e apresentou, dentre outras coisas, um bom desempenho da amina emulsificada, mesmo com baixas concentrações de sulfeto de sódio
metadata.dc.description.abstracten: The treatment of zinc ores was developed looking for technology aimed at the sulfides, because these are the most abundant. However, in Brazil, the zinc silicates are more abundant, which has led researchers todirect their investigations to seek improvements in the performance of the concentration of oxidized ores. This investigation aimed at the implementation of new systems of reagents to float a zinc ore with willemite, in steps of dispersion, sulfidization depression of jeans, and zinc flotation, aiming to improve the recovery ofwillemite and decrease consumption of reagents. This research assessed the effects of depressants onthe flotation, in order to increase both recovery and selectivity. The reagents were: an emulsion of amine (Clariant Flotigan 2835-2L), diesel oil and MIBIC in the proportions 1.0, 0.16 and 0.4 as collector and foaming; solution of sodium sulfide and sodium carbonate as an activator and pH modifier, sodium silicate as dispersant agent and as a depressant: sodium silicate, dextrin, potassium dichromate, tannin, starch, carboxymethylcellulose (CMC). For these studies, were necessary steps in the investigation of dispersion, sulfidization, willemite flotation, but preliminary tests have been performed with chemical variables pre-selected to define their levels of concentration and dosage. This study was conducted in laboratory scale and showed, among other things, a good performance of the amine emulsion, even at low concentrations of sodium sulfide
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3223
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_SeparaçãoSeletivaWillemita.PDF2,07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.