Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3187
Title: Polimorfismo pro12ala do gene do receptor ativado por proliferadores de peroxissomos gama (Pparg) e fatores de risco para doenças cardiovasculares em escolares.
Authors: Bastos, Alínia Quália Araújo
metadata.dc.contributor.advisor: Freitas, Renata Nascimento de
Keywords: Polimorfismo - genética
Sistema cardiovascular - doenças
Fatores de risco
Issue Date: 2010
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: BASTOS, A. Q. A.. Polimorfismo pro12ala do gene do receptor ativado por proliferadores de peroxissomos gama (Pparg) e fatores de risco para doenças cardiovasculares em escolares. 2010. 133 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2010.
Abstract: Estima-se que um terço de todos os óbitos no mundo ocorra devido às doenças cardiovasculares (DCV). As DCV ocorrem como resultado da interação de fatores ambientais e genéticos. Alguns fatores de risco modificáveis associados com as doenças cardiovasculares podem se iniciar já na infância, como, obesidade, hipertensão arterial, dislipidemia, sedentarismo e resistência à insulina. PPARG (gene do receptor ativado por proliferadores de peroxissomo gama) é um gene envolvido no metabolismo energético e do tecido adiposo que possui um polimorfismo relativamente comum, o Pro12Ala, cuja freqüência varia de 2 a 23% em diferentes grupos étnicos, foi originalmente associado com baixo índice de massa corpórea (IMC) e melhor sensibilidade à insulina. Com o objetivo de identificar a associação entre fatores de risco para DCV e o polimorfismo Pro12Ala PPARG, realizamos estudo transversal com alunos do Ensino Fundamental (7 a 14 anos) de Ouro Preto, MG. Foram avaliados parâmetros bioquímicos (colesterol total e frações, triglicérides, glicose, insulina de jejum, resistência à insulina), antropométricos e nutricionais (IMC, circunferência de cintura, pregas cutâneas, percentual de gordura corporal) e clínicos (pressão arterial) e realizada genotipagem dos indivíduos por RFLP-PCR. Os dados foram analisados com o programa SPSS15.0. A genotipagem do polimorfismo Pro12Ala foi realizada para 753 crianças, sendo 52,1% meninas e 47,9% meninos. A frequência do alelo foi de 5,11%. Foi observada freqüência genotípica de 90,1%; 9,7% e 0,2% para os genótipos CC, CG e GG, respectivamente na população geral, cuja distribuição encontra-se em equilíbrio de Hardy-Weinberg. Não houve diferenças estatísticas significativas na distribuição de alelos e genótipos entre meninos e meninas. Foi realizada análise de variância da média para as variáveis contínuas de acordo com o genótipo para a população geral e estratificado por sexo. Comparações entre cada grupo de genótipo e fatores de risco para DVC na população total revelou que indivíduos portadores do alelo polimórfico G (Ala12) apresentam redução significativa nos níveis de HDL colesterol. Após a estratificação por sexo, meninos GG, mas não meninas, continuaram apresentando níveis significativamente menores de HDL colesterol. Estes dados sugerem que meninos carreadores o alelo G podem apresentar risco aumentado de dislipidemia.
metadata.dc.description.abstracten: It is estimated that one third of all deaths worldwide occurs due to cardiovascular diseases (CVD). CVD occur as a result of the interaction of environmental and genetic factors. Some modifiable risk factors associated with cardiovascular disease may begin in childhood, such as obesity, high blood pressure, dyslipidemia, physical inactivity and insulin resistance. PPARG (Peroxisome Proliferator-Activated Receptor Ggamma) is a gene involved in energy metabolism and adipose tissue that has a relatively common polymorphism, the Pro12Ala, whose frequency ranges from 2-23% in different ethnic groups, was originally associated with low body mass index (BMI) and improved insulin sensitivity. Aiming to identify the association of risk factors for CVD and PPARG Pro12Ala polymorphism, we conducted cross-sectional study with elementary school students (7-14 years) of Ouro Preto, Brazil. We evaluated biochemical parameters (total cholesterol, HDL, triglycerides, glucose, fasting insulin, insulin resistance), anthropometric and nutritional (BMI, waist circumference, skinfold thickness, body fat percentage) and clinical (blood pressure) and performed genotyping subjects by PCR-RFLP. Data were analyzed with the program SPSS15.0. Genotyping of Pro12Ala polymorphism was performed for 753 children, 52,1% girls and 47.9% boys. The frequency of allele G was 5.11%. It was observed a genotype frequency of 90,1%; 9,7% and 0,2% for genotypes CC, CG and GG, respectively in the general population, whose distribution is in Hardy-Weinberg equilibrium. There was no statistically significant difference in the distribution of alleles and genotypes between boys and girls. Analysis was performed of the mean variance for continuous variables according to genotype for the general population and stratified for sex. Comparisons between each group of genotype and risk factors for CVD in the overall population showed that individuals carrying the polymorphic allele G (Ala12) showed a significant reduction in HDL cholesterol. After stratification by gender, GG boys but not girls, continued to show significantly lower levels of HDL cholesterol. These data suggest that the G allele children carriers may have increased risk of dyslipidemia.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3187
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PolimorfismoPro12alaGene.pdf1,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.