Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3119
Title: Simulação de moagem implementada a partir do modelo de Austin.
Authors: Silva, André Carlos
metadata.dc.contributor.advisor: Luz, José Aurélio Medeiros da
Keywords: Cominuição - moagem
Simulação - modelamento
Moinhos tubulares
Modelo de Austin
Issue Date: 2003
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: SILVA, A. C. Simulação de moagem implementada a partir do modelo de Austin. 2003. 198 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2013.
Abstract: Dentro do contexto do tratamento de minérios, a etapa de cominuição (britagem e moagem) é quase sempre requerida, seja objetivando a liberação das partículas minerais para as etapas subseqüentes de concentração, ou mesmo a simples adequação granulométrica de massas minerais para a comercialização imediata. Por tratar-se de uma etapa associada a altíssimos custos de investimentos e consumos energéticos, o cálculo e o dimensionamento de moinhos têm sido alvo de pesquisas e estudos por parte de cientistas desde meados do século XIX. A previsão das características do produto de moinhos industriais é um problema no qual tem-se centrado esforços na tentativa de melhorar a qualidade do produto e reduzir os custos operacionais. Existem disponíveis na literatura diversos modelos para a cominuição mineral, destacase, contudo, o modelo de Austin (2002) para a quebra de partículas por impacto. O presente trabalho teve como objetivo implementar o modelo de Austin de forma a averiguar se este podia ser aplicado na moagem em moinhos tubulares revolventes, tendo ciência que os mecanismos de quebra envolvidos em ambos os casos não são em nada parecidos. Uma vez que a abordagem inicial do modelo é para processos em batelada, foi criado um artifício para que o modelo pudesse ser aplicado para processos em fluxo contínuo. Obteve-se resultados interessantes, erros menores que 0,005, para moagens em que o tempo de residência médio tinha uma distribuição estreita
metadata.dc.description.abstracten: Inside the mineral treatment context, the comminution stage (grinding and milling) is almost always required, aim at mineral particle liberation to the subsequent stages of concentration, or even to the simple granulometric adaptation of the mineral mass for the immediate commercialization. As a stage associated with really high investments costs and energy consumption, the mill calculation and dimensioning has been target of researches and studies of scientists since middle of the XIX century. The prevision of the industrial mills product characteristics is a problem in which has been concentrated efforts on the tentative of get better product quality and reduce the operational costs. There are many comminution models in the literature, with emphasis, however, in the Austin's model for mineral impact breakage (2002). The present work has the objective of implement the Austin's model and find out if this model can be applied in the milling in revolving tubular mills, knowing about the differences in the breakage mechanism in the both cases. Once the initial approaching of the model is for batching process, it was created an artifice for the model be able to be used in continuous process. Interesting results was obtained, errors less than 0,005, for mills in which the average residence time has a sharp distribution
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3119
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_SimulaçãoMoagemImplementada.pdf5,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.