Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3112
Title: Estudo da Hovenia dulcis na diabetes e na cicatrização de feridas em coelhos.
Authors: Alvarenga, Luana Farah
metadata.dc.contributor.advisor: Oliveira, Tânia Toledo de
Keywords: Hovenia dulcis
Diabetes
Cicatrização
Flavonóides
Compostos fenólicos
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: ALVARENGA, L. F. Estudo da Hovenia dulcis na diabetes e na cicatrização de feridas em coelhos. 2008. 219 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2008.
Abstract: A diabetes é uma doença crônica não transmissível, que apresenta alterações nos níveis de glicose, triacilglicerol, substâncias cetônicas, colesterol, aldose redutase e glicoproteínas acídicas na circulação sanguínea, dentre outras. Diabetes foi induzida em coelhos por aloxano e no final de 28 dias, após tratamentos, foram avaliados parâmetros plasmáticos e hematológicos. As feridas de pele ocorrem por ataque de vírus, bactérias, fungos, choques mecânicos, na diabetes ou por alteração da microcirculação periférica , dentre varias causas. Feridas foram induzidas por HCl 20% em etanol, e após tratamento, foram avaliados parâmetros plasmáticos, hematológicos e histológicos. A Hovenia dulcis, uva-do-Japão, é uma árvore da família Rhamnaceae utilizada na medicina tradicional chinesa contra intoxicação alcoólica e para tratar diabetes, dentre outras utilizações. Formulações à base dos seus frutos e um flavonóide foram utilizadas no tratamento de diabe tes e à base de suas cascas e ácido tânico, no tratamento das feridas. De acordo com os resultados obtidos, o extrato dos frutos e o flavonóide reduziram a glicemia em 25% e 47%, aumentaram os níveis de insulina em 55% e 126% e reduziram os de triacilglicerol em 28% e 43%, respectivamente. Na cicatrização o ácido tânico acelerou o processo cicatricial de forma equivalente à sulfadiazina de prata (controle) e o extrato das cascas retardou o processo possívelmente pela presença de substâncias irritativas ou formação de corpo estranho.
metadata.dc.description.abstracten: Diabetes is not transmissible a chronic illness, it modify the glucose levels, triacilglicerol, ketonics substances, cholesterol, aldose redutase, acidics glycoproteins, the sanguineous circulation. Diabetes was induced in rabbits for alloxan. It had been treated during 28 days and evaluated plasmáticos and hematológicos parameters. The skin wounds occur for attack of virus, bacteria, fungos, mechanical shocks, diabetes, modification of the peripheral microcirculation. Wounds had been induced for HCl 20% in rabbits. It had been evaluated plasmáticos, hematológicos and histológicos parameters. The Hovenia dulcis, japonese raisintree (Rhamnaceae) is used in Chinese traditional medicine to treat liver diseases and diabetes. Its fruits and flavonóide, had been used in the treatment of diabetes. Its root bark and acid tanic had been used in the treatment of the skin wounds. The extract of the fruits and flavonóide had reduced the glicemy in 25% and 47%. They had increased insulina in 55% and 126% and reduced triacilglicerol in 28% and 43%, respectively. The acid tanic accelerated healing of skin wounds equal Sulfadiazina de Prata (Control) and the root bark harmed the healing because of irritatives substances or stranges bodies.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3112
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EstudoOuveniaDulcis.pdf4,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.