Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3030
Title: Avaliação espacial da perda de solo por erosão pela equação universal de perda do solo (EUPS) – pilha de estéril sul – Carajás/PA.
Authors: Gomes, Leonardo Leopoldo
metadata.dc.contributor.advisor: Sobreira, Frederico Garcia
Keywords: Pilha de estéril
Equação universal de perda de solo
Sistema de informação geográfica
Sedimentação depósitos
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geotécnica. Núcleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: GOMES, L. L. Avaliação espacial da perda de solo por erosão pela equação universal de perda do solo (EUPS) – pilha de estéril sul – Carajás/PA. 2012. 171 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Geotécnica) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2012.
Abstract: Na atualidade, a mensuração do volume de sedimento a ser gerado por uma pilha de estéril é realizada comumente utilizando-se taxas médias, que variam entre 250 a 2.000 m3/ha/ano, sendo o volume anual de sedimento a ser gerado por uma pilha de estéril estimado pelo produto entre a referida taxa e a área de ocupação da pilha. O resultado será o volume total esperado de sedimento a ser carreado, e, consequentemente, retido por alguma estrutura com esse fim. Porém, a utilização dessa taxa média merece uma série de ressalvas, já que não leva em consideração fatores como: intensidade da chuva, proteção vegetal, forma do relevo e geometria do depósito de estéril. Fatores que estão diretamente ligados à geração de sedimento. Diante dessa realidade, o presente trabalho teve o objetivo de trazer, para o campo da mineração, um dos mais consagrados modelos matemáticos, para a predição do sedimento gerado pela erosão hídrica, conhecido por Equação Universal da Perda do Solo (EUPS). Para aplicação do modelo, a Equação Universal da Perda do Solo (EUPS) foi associada a um Sistema de Informação Geográfica (SIG). Os resultados obtidos com a utilização desse modelo foram considerados satisfatórios, tiveram seus valores condizentes com a revisão literária realizada, o que faz seu uso ser recomendado para estudos futuros.
metadata.dc.description.abstracten: Today the measurement of sediment´s volume generate by waste dumps is calculate through media rates were this ranges is between 250 to 2000 m3/ha/year, where the annual volume of sediment to be generated in waste dump is calculated by product between the “Rate media” times Waste dumps footprint´s. The result will be the total sediments volume generated, were it probable will be transported to a sediment´s barrier, we must be careful with this method logy ,because it is not consider very important factors how; Rain intensity , Cover vegetation, topography and geometry of waste dump, this is very important parameters for good estimative. Looking for this problem, this research brought to the mining industry the most reliable mathematics methods to estimate sediment´s generation caused by hydric erosion, USLE (Universal Soil Less Equation), this method associated with GIS (Geographical Information System), The results obtained using this model were very satisfactory, values were consistent with the literature review conducted, and its use is recommended for future studies.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/3030
Appears in Collections:PPGEG - Mestrado profissional (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ AvaliaçãoEspacialPerda.pdf34,48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.