Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2999
Title: Ciliados planctônicos e epibentônicos do Rio das Velhas e tributários, MG : ecologia e uso potencial para bioindicação da qualidade das águas.
Authors: Mendonça, Henrique Sávio Santos de
metadata.dc.contributor.advisor: Sant'Anna, Eneida Maria Eskinazi
Keywords: Ciliados
Bioindicadores biológicos
Sistemas lóticos
Sistema sapróbio
Protargol
Issue Date: 2012
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Biomas Tropicais. Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente, Instituto de Ciências Exatas e Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: MENDONÇA, H. S. S. de. Ciliados planctônicos e epibentônicos do Rio das Velhas e tributários, MG : ecologia e uso potencial para bioindicação da qualidade das águas. 2012. 256 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Biomas Tropicais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2012.
Abstract: A bacia hidrográfica do rio das Velhas sofre grandes impactos antrópicos como intensa atividade mineradora e altas cargas de efluentes domésticos e industriais ao longo de todo o seu percurso. Utilizando-se da comunidade de protistas ciliados planctônicos como objeto de estudo, o presente trabalho objetivou principalmente conhecer as respostas estruturais desta comunidade frente às variações nos níveis de poluição hídrica de trechos da bacia do rio das Velhas durante os períodos de chuva (out/2009) e seca (jul/2010) utilizando o Sistema Sapróbico. Os resultados da qualidade das águas na rede amostrada, constituída por 23 estações de coleta, foram compilados a partir da base de dados do IGAM (2009, 2010). Foi estudada a comunidade de ciliados planctônicos e epibentônicos do rio das Velhas e tributários, MG, Brasil por meio do estudo qualitativo e quantitativo da comunidade distribuídas nas regiões do alto, médio e baixo curso do rio. Utilizou-se para os ciliados planctônicos a técnica de impregnação quantitativa pelo proteinato de prata denominada QPS – Quantitative Protargol Stain e observações in natura para os epibentônicos, fazendo-se uso de técnicas de impregnação por prata na identificação dos mesmos. Foram identificadas 45 espécies de protistas ciliados planctônicos, sendo 35 em nível de espécie e 10 em nível de gênero; 32 táxons de ciliados epibentônicos, dos quais 28 foram identificados em nível de espécie, sendo que uma é espécie nova (Strobilidium longicinetium nov. sp.) e outra (Diaxonella trimarginata) constitui um novo registro para a região neotropical. A densidade média de ciliados planctônicos e riqueza de epibentônicos foi em geral menor do que o observado em outros sistemas tropicais e temperados. A variação das densidades apresentou correlação positiva com o incremento da poluição orgânica. Elas foram mais intensas entre as estações do final do alto curso e início do médio curso, porção da bacia com maior atividade antrópica. As classes mais especiosas e que apresentaram maiores valores de densidade foram Olygohymenophorea e Spirotrichea, em ambos os períodos de estudo. Os índices de diversidade (Shannon Wiener e o inverso de Simpson) demonstraram a correlação com as variações da poluição entre as estações, com destaque às estações próximas as cabeceiras. A utilização do Sistema Sapróbico possibilitou a obtenção das valências de saprobidade dos táxons planctônicos e epibentônicos, indicando os táxons: ótimos, bons, regulares, ruins e impróprios para a bioindicação. A classificação das estações a partir do índice sapróbidade mostrou-se correlacionada com as variações da poluição orgânica, sendo assim, eficiente na avaliação da qualidade das águas. Desta forma estes resultados serão um consistente subsídio na proposição de novas metodologias para o Programa de Biomonitoramento da Qualidade das Águas a ser realizado na bacia do alto rio das Velhas (MG).
metadata.dc.description.abstracten: Velhas River watershed of the suffers major human impacts such as intense mining activity and high loads of domestic and industrial waste throughout its journey. Using the community of planktonic ciliate protists as an object of study, this study aimed to know the answers ahead of this community structural changes in the levels of water pollution from portions of the Velhas River basin during periods of rain (Oct/2009 ) and dry (Jul/2010) using the saprobic system. The results of water quality in the sampled network, consisting of 23 sampling stations were compiled from the database IGAM (2009, 2010). The ciliates respond to changes in the aquatic environment generating information indicative of the quality of water, being a fundamental tool for bioindication of environmental degradation in the basin. We studied the community of planktonic and epibentonics ciliates of Velhas River and tributaries, MG, Brazil by means of qualitative and quantitative study of the community distributed in regions of high, middle and lower reaches of the river. Ímpregnation technique (QPS - Quantitative Protargol Stain) was used for the quantitative analyses and observations in nature for epibentonics, making use of silver impregnation techniques in identification. It was identified 45 species of planktonic protists ciliates, 35 species-level and 10 at the genus level, 32 taxa of ciliates epibentonics, of which 28 were identified at the species level. On the whole, one is a new species and other one is a new record for the Neotropical region. The values for the average density and richness of planktonic ciliates epibentonics were lower than those observed for tropical and temperate rivers. The variation of the thickness presented positive correlation with the increase in pollution. They were strongest among the seasons of the high end of the beginning of the course and medium-haul portion of the basin with greater human activity. The richer classes and with higher density values were Olygohymenophorea and Spirotrichea in both collection periods. The community of ciliates, as well as some taxa analyzed individually, suffered significant variations with changes in pollution levels measured from the Saprobic Index based on physical and chemical variables. Two diversity indices, Shannon and Wiener inverse of Simpson, were also evaluated and did not show the correct correlation with the changes in pollution between the stations, especially at stations near the headwaters. The use of the system allowed the collection of saprobic valences of planktonic and epibentonics ciliates, indicating the taxa: excellent, good, fair, bad, bad and unfit for bioindication. The classification of stations from Saprobic Index was significantly correlated with the variations of organic pollution and was effective in assessing water quality. Thus this report will serve as input in proposing methodologies for the Biomonitoring Program of Water Quality to be held by groups of technical excellence, the basin of the Upper Velhas River (MG).
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2999
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CiliadosPlanctônicosEpibentônicos.PDF6,94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.