Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2834
Title: Estudo da influência da temperatura de laminação a quente de acabamento sobre a estrutura e propriedades magnéticas de aços GNO com 2,0 e 3,0% Si.
Authors: Paolinelli, Sebastião da Costa
metadata.dc.contributor.advisor: Cota, André Barros
Keywords: Laminação - metalurgia
Textura
Cisalhamento
Propriedades magnéticas
Engenharia de materiais
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais. Rede Temática em Engenharia de Materiais, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: PAOLINELLI, S. da C. Estudo da influência da temperatura de laminação a quente de acabamento sobre a estrutura e propriedades magnéticas de aços GNO com 2,0 e 3,0% Si. 2008. 139 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Materiais) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2008.
Abstract: Foram avaliados os efeitos da temperatura de laminação a quente de acabamento sobre a estrutura e propriedades magnéticas de aços siliciosos de Grão Não Orientado-GNO com 2,0 e 3,0% Si, através da laminação em laboratório em temperaturas variadas e processamento até o recozimento na espessura final. Foi estudada a recristalização do material laminado a frio para complementar este trabalho. Para os dois materiais, com 2,0 e 3,0%Si, o acréscimo no tamanho de grão resultante do acréscimo da temperatura de laminação provoca um benefício na indução a 5000A/m, devido principalmente, à melhoria da textura cristalográfica: redução da fração volumétrica da fibra γ e acréscimo da fração da fibra η. No entanto, a partir de determinado valor do tamanho de grão do material laminado a quente-BQ, a perda magnética a 1,5T/60Hz começa a aumentar. Este aumento é devido à diminuição do tamanho de grão final provocado pelo aumento do número de sítios de nucleação com o aumento da formação de bandas de cisalhamento quando o tamanho de grão da BQ aumenta. Ocorre uma degradação da orientação cristalográfica com o crescimento de grão, representada pela diminuição da razão das frações volumétricas das fibras η/γ, a qual impossibilita a obtenção simultânea do valor mais alto de indução com o valor mais baixo de perda magnética, alcançados no material com 2,0%Si. O comportamento dos dois materiais com 2,0 e 3,0%Si, com respeito ao acréscimo da temperatura de laminação a quente e seus efeitos sobre estrutura e propriedades magnéticas, pode ser considerado praticamente o mesmo.
metadata.dc.description.abstracten: The effect of the hot band grain size variation, promoted by the variations of hot rolling finishing temperature, in final structure and magnetic properties was investigated for 2.0 and 3.0% Si non-oriented silicon steels. It was found that the increase of the hot band grain size increases the occurrence of shear bands and promotes an increase of Goss and Cube texture components fractions and a reduction of γ fiber fraction, improving the magnetic induction. By other side, the final grain size is reduced when the hot band grain size overcomes 200µm, deteriorating the core loss values. The reduction of final grain size was explained by the increase of the number of nuclei at the beginning of the recrystallization caused by the increase of shear bands in deformed material. The deterioration of the texture observed in the study of evolution of the structure with the grain growth after primary recrystallization, became impossible to obtain simultaneously the best values of magnetic core loss and induction for 2.0% Si steel. The influence of the hot rolling temperature on structure and magnetic properties can be considered the same for the 2.0 and 3.0% Si steels.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2834
Appears in Collections:REDEMAT - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_ EstudoInfluênciaTemperatura.PDF19,31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.