Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2617
Title: Impacto do tratamento com Benznidazol na evolução da doença de Chagas experimental - análise imunopatológica e funcional.
Authors: Caldas, Ivo Santana
metadata.dc.contributor.advisor: Bahia, Maria Terezinha
Keywords: Doença de Chagas
Benznidazol
Imunopatologia
Issue Date: 2011
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: CALDAS, I. S. Impacto do tratamento com Benznidazol na evolução da doença de Chagas experimental - análise imunopatológica e funcional. 2011. 136 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Abstract: Considerando as controvérsias sobre a eficácia do tratamento específico com Benznidazol (Bz) na prevenção ou redução das lesões cardíacas crônicas, este projeto propôs avaliar a influência do tratamento específico na evolução da cardiopatia chagásica, utilizando como modelo experimental cães infectados por cepas do Trypanosoma cruzi sensíveis e resistentes ao Bz. As avaliações imunopatológicas e clínicas foram realizadas utilizando: (i) a avaliação da área ocupada pela inflamação e pela fibrose no músculo cardíaco (ii) avaliação dos níveis de expressão mRNA para citocinas no tecido cardíaco; (iii) avaliação da resposta proliferativa e morte por apoptose de células mononucleares do sangue periférico (CMSP) e quantificação da produção de citocinas no sobrenadante das CMSP dos animais ao longo da infecção; (iv) avaliação das possíveis interferências do tratamento com Bz sobre a evolução clínica da cardiopatia experimental, através da detecção das alterações eletrocardiográficas, em cães chagásicos tratados e não tratados. Nossos resultados mostraram que o tratamento específico induziu 100% de cura nos animais infectados pela cepa Berenice-78, e que não houve cura parasitológica entre os infectados pelas cepas VL-10 e AAS. O tratamento específico, de maneira geral, preveniu as lesões cardíacas dos animais curados, bem como as alterações eletrocardiográficas. De forma interessante, entre os animais não curados foi observado um padrão de resposta variável de acordo com a população do T. cruzi. Nos animais infectados pela cepa AAS foi detectada redução significativa do processo inflamatório e da fibrose no tecido cardíaco acompanhado de ausência de alterações eletrocardiográficas. De forma diferente, entre os animais infectados pela cepa VL-10, o tratamento não foi eficaz em reduzir tanto as lesões cardíacas quanto as alterações eletrocardiográficas. Os parâmetros imunológicos avaliados durante as fases aguda e crônica da infecção foram marcadamente influenciados tanto pela cepa do parasito quanto pelo tratamento específico. Foi possível correlacionar a intensidade das lesões cardíacas e a produção de imunoglobulinas (IgG, IgG1, IgG2) no soro e de citocinas (TNF-, IFN- e IL-10) no sobrenadante de CMSP, além da expressão de mRNA dessas citocinas no tecido cardíaco dos animais submetidos ou não à quimioterapia com o Bz. De forma geral, nossos resultados contribuirão para uma melhor compreensão do benefício do tratamento específico na evolução clínica e nos mecanismos imunopatológicos envolvidos na doença de Chagas.
metadata.dc.description.abstracten: Based on the divergences concerning the efficacy of anti-Trypanosoma cruzi treatment with Benznidazol (Bz) in the prevention and reduction of cardiac chronic lesions, the aim of this study was evaluate the influence of Bz in the evolvement of the Chagas cardiopathy using dog models infected with Bz-resistent and – susceptible strains of parasites. Clinical and immunopathology parameters were performed through evaluation of the: (i) inflammation and fibrosis area in cardiac muscle; (ii) mRNA expression of cytokines in cardiac tissue; (iii) proliferative response, apoptosis and quantification of cytokines in peripheral blood mononuclear cells (PBMC) and their supernatant, respectively; and (iv) interferences of Bz on the clinical evolving thought electrocardiography (ECG) alterations in infected dogs treated or not with Bz. Our data showed that Bz-treatment induced 100% of cure in animals infected with Berenice-78 strain and absence of cure in those infected with VL-10 and AAS strains of parasite. In the presence of cure, there were prevention of cardiac lesions and ECG alterations and, among not cured animals, it was observed a variable pattern of immunopathology and clinical aspects according to the T. cruzi genetic population. Interestingly, AAS strain was associated with reduction of inflammatory infiltration and fibrosis in heart tissue as well as absence of ECG alterations while VL-10 strain was not able to ameliorate these parameters. Immune aspects evaluated during acute and chronic phases were influenced by parasite strains and by Bz-treatment. Following this, intensity of cardiac lesions was correlated with high serum production of immunoglobulins (IgG, IgG1, IgG2) and with the release and expression of cytokines (TNF-, IFN- e IL-10) in CMSP supernatant and cardiac tissue, respectively, in those animals submitted or not to Bz-treatment. In summary, our data will contribute to define the benefits of Bz-treatment to the clinical evolving as well as to comprehend the immunopahtological mechanisms associated with Chagas disease.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2617
Appears in Collections:PPCBIOL - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_ImpactoTratamentoBenznidazol.PDF3,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.