Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2545
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSilva, Carlos Antônio dapt_BR
dc.contributor.authorMorais, Alexandre de Aparecida-
dc.date.accessioned2013-03-13T22:34:16Z-
dc.date.available2013-03-13T22:34:16Z-
dc.date.issued2006-
dc.identifier.citationMORAIS, A. de A. Estudo fenomenológico do mecanismo de obstrução do fluxo de aço do distribuidor para o molde no início do lingotamento contínuo de placas. 2006. 188 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Materiais) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2545-
dc.description.abstractEste estudo abordou o mecanismo de solidificação, (conhecido como “obstrução de partida / troca de distribuidor”), da primeira porção de aço líquido do distribuidor para o molde, (lingoteira), dentro do sistema de canal refratário, denominado válvula gaveta. O vazamento do aço líquido do distribuidor para o molde é regulado por uma válvula central refratária com orifício calibrado no formato de uma placa que “abre – fecha” dentro de uma faixa de controle regulando o fluxo de aço líquido. Tal processo visa controlar as condições de escoabilidade do metal a ser lingotado continuamente. Entretanto, em função de alguns fatores tais como a temperatura do aço líquido, temperatura do canal refratário, abertura e aquecimento da válvula gaveta, no início deste vazamento ocorre, ocasionalmente, uma solidificação rápida e prematura (um congelamento), obstruindo o fluxo de aço do distribuidor para o molde, o que gera uma significativa perda de produtividade, além de outros transtornos operacionais. Visando compreender de forma mais clara a ocorrência deste fenômeno (ainda relativamente pouco estudado), fez-se uma abordagem a partir da: - Caracterização do fenômeno de “entupimento”, (solidificação => obstrução), do canal de alimentação do distribuidor para o molde no início de lingotamento, através de levantamentos, observações e análises das ocorrências; - Realização de modelagem numérica termo-fluidodinâmica visando avaliar a sensibilidade do processo de solidificação do aço em relação às condições operacionais, a partir da comparação com os resultados experimentais; - Realização de medições sistematizadas de temperatura na região de estudo, antes e durante a passagem do aço líquido, utilizando pirômetro ótico, termopares e câmera de vídeo termográfica, visando compreender o perfil térmico nesta região que leva ao processo de solidificação prematura, (congelamento) da primeira porção de aço vazado do distribuidor para o molde. Concluindo, as aná lises realizadas acima permitiram avanços no diagnóstico do mecanismo de obstrução, através de um maior conhecimento da variação térmica da região do canal de alimentação distribuidor – molde e a elaboração de propostas operacionais para mitigar o problema, que podem ser estendidas a outros vazamentos de metal líquido via canais refratários.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais. Rede Temática em Engenharia de Materiais, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.subjectAçopt_BR
dc.subjectMetalurgiapt_BR
dc.subjectSolidificaçãopt_BR
dc.subjectEngenharia de materiaispt_BR
dc.subjectIndústriapt_BR
dc.titleEstudo fenomenológico do mecanismo de obstrução do fluxo de aço do distribuidor para o molde no início do lingotamento contínuo de placas.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.description.abstractenThe foccus of this work is the phenomenon known as “start freezing blockage” of the first batch of liquid steel flowing from tundish to mold through the slide gate system of a continuous casting machine. The flow rate is set by adjusting the position of the refractory sliding gate but in some instances, due to factors such as liquid steel temperature, refractory pouring channel temperature, slide gate opening and others, a premature and quick freezing of steel is observed. That leads to loss of productivity and other operational problems. There is little study on this phenomenon some consider this is inherent in the nature of process. In order to improve understanding of this problem the following approach was taken: - Reporting of the operational conditions during heats when starting freezing was observed; characterization of the frozen logs - Thermo-fluidynamic numerical modeling of the pouring channel system for a variety of steel grades and pre-heating conditions; comparison with plant data - Temperature measurements through thermocouples embedded in the slide gate system and optical pyrometers; comparison with numerical predictions. The present work has the objective of analysis the mechanism of start freezing blockage. The phenomenon is shown to be grade sensitive and strongly dependent of thermal history and process variability. The results and methodology can extended to similar casting problems.-
Appears in Collections:REDEMAT - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EstudoFenomenológicoMecanismo.pdf9,2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.