Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2527
Title: Polpa de açaí modula a produção de espécies reativas de oxigênio por neutrófilos e a expressão gênica de enzimas antioxidantes em tecido hepático de ratos.
Authors: Guerra, Joyce Ferreira da Costa
metadata.dc.contributor.advisor: Pedrosa, Maria Lúcia
Keywords: Diabetes
Especies reativas de oxigênio
Neutrófilos
Stress oxidativo
Açaí
Issue Date: 2011
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: GUERRA, J. F. da C. Polpa de açaí modula a produção de espécies reativas de oxigênio por neutrófilos e a expressão gênica de enzimas antioxidantes em tecido hepático de ratos. 2011. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Abstract: Açaí (Euterpe oleracea Mart.) recentemente foi identificado como uma fonte promissora de antioxidantes naturais. O estresse oxidativo e a redução dos mecanismos de defesa antioxidante são fatores importantes no desenvolvimento das complicações do diabetes. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar o possível efeito protetor da polpa de açaí sobre a produção de espécies reativas de oxigênio (ERO) por neutrófilos e sobre o sistema de defesa antioxidante hepático em ratos controle e diabéticos. Ratas Fischer foram divididas em 4 grupos de 8 animais de acordo com o tratamento recebido, Controle (C), Açaí (A), diabético (D), e diabético + açaí (DA). O diabetes foi induzido por uma única injeção intraperitoneal de estreptozotocina (35mg/kg de peso corporal) no primeiro dia do experimento. Os grupos C e D receberam dieta padrão (AIN-93), os grupos A e DA receberam dieta padrão acrescida com 2% da polpa de açaí. Ao final de 4 semanas os animais foram anestesiados e eutanasiados. A suplementação da dieta com 2% da polpa de açaí por 30 dias aumentou os níveis de mRNA para γ-glutamilcisteína sintetase (γ-GCS) e glutationa peroxidase (GPx) no tecido hepático, aumentou o conteúdo de glutationa total e reduziu a produção de EROs por neutrófilos em ratos controle. Os ratos diabéticos apresentaram redução na expressão de mRNA que codificam para a Zn-superóxido dismutase (Zn-SOD), GPx and γ-GCS e aumento nos níveis de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e proteínas carboniladas quando comparado aos ratos controle. A suplementação com a polpa de açaí não alterou a expressão de enzimas antioxidantes em ratos diabéticos, no entanto apresentou efeito protetor, através da redução da peroxidação lipídica e aumento de glutationa total no fígado desses animais. Esses resultados sugerem que a polpa de açaí pode modular a produção de ROS por neutrófilos a apresentar efeito favorável sobre o sistema de defesa antioxidante hepático.
metadata.dc.description.abstracten: Açai (Euterpe oleracea Mart.) has recently been identified as a promising source of natural antioxidants. Because increased oxidative stress and impaired antioxidant defense mechanisms are important factors in the development of diabetic complications, the present study was undertaken to evaluate the possible protective effects of açai on the production of reactive oxygen species (ROS) by neutrophils and on the liver antioxidant defense system in control and streptozotocin-induced diabetic rats. Female Fischer rats were divided into four groups, control (C), açai (A), diabetic (D), diabetic + açai (DA). Diabetes was induced by a single intraperitoneal injection of streptozotocin (35 mg/kg body weight). Animals in groups C and D were fed a standard diet (AIN-93); those in groups A and DA were given the standard diet with 2% (w/w) açai pulp added for 30 days. Supplementation of the diet with 2% açai for 30 days was found to increase levels of mRNA for gamma-glutamylcysteine synthetase (γ-GCS) and glutathione peroxidase (GPx) in liver tissue, to increase the glutathione (GSH) content of the liver and to decrease ROS production by neutrophils. Compared to control animals, diabetic rats exhibited lower levels of mRNA coding for Zn-superoxide dismutase (Zn-SOD), GPx and γ-GCS and higher levels of thiobarbituric acid-reactive substances (TBARS) and carbonyl proteins in hepatic tissues. Although açai supplementation did not change the level of expression of mRNAs coding for antioxidant enzymes in diabetic rats, it showed a protective effect, decreasing lipid peroxidation and increasing GSH content in the liver. These findings suggest that açai can modulate ROS production by neutrophils and that it has a significant favorable effect on the liver antioxidant defense system.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2527
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PolpaAçaíModula.PDF1,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.