Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2475
Title: Significação ontológica da experiência estética : a contribuição de Mikel Dufrenne.
Authors: Henriques, José Carlos
metadata.dc.contributor.advisor: Furtado, José Luiz
Keywords: Arte - filosofia
Filosofia contemporânea
Fenomenologia
Dufrenne, Mikel, 1910 - crítica e interpretação
Estética
Issue Date: 2008
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Departamento de Filosofia, Instituto de Filosofia, Artes e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: HENRIQUES, J. C. Significação ontológica da experiência estética : a contribuição de Mikel Dufrenne. 2008. 174 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2008.
Abstract: O presente trabalho visa apresentar o caminho percorrido por Mikel Dufrenne, em sua obraprima – Phénoménologie de l’expérience esthétique, em defesa da significação ontológica da experiência estética. Após situar o pensamento do autor no contexto geral do movimento fenomenológico, investiga-se a releitura que este faz do conceito de intencionalidade, ponto de partida que lança nova luz sobre as relações que, na experiência, se travam entre sujeito e objeto. Em seguida, apresenta-se a análise da percepção estética em seus três momentos constitutivos - presença, representação e sentimento -, descobrindo-se este último como ponto culminante de toda a experiência estética e como anúncio hipotético de sua significação ontológica. Por fim, apresentam-se os argumentos que garantem a plausibilidade à hipótese ontológica, firmando-se a idéia de que esta não autorizaria a construção de uma ontologia justificante. No final do último capítulo, como abertura de horizontes da pesquisa, são descritos os desenvolvimentos posteriores da hipótese que, sempre mais, direcionaram o pensamento de Dufrenne rumo à tentativa de esboçar uma filosofia da Natureza.
metadata.dc.description.abstracten: The work seeks to present the road traveled by Mikel Dufrenne, in his masterpiece, Phénoménologie de l'expérience esthétique, in defense of the ontological signification of the aesthetic experience. After placing the author's thought in the general context of the phenomenological movement, is investigated the new interpretation that this does of the intentionality concept, starting point that throws new light about the relationships that, in the experience, they are locked between subject and object. Soon afterwards, he comes the analysis of the aesthetic perception in their three constituent moments - presence, representation and sentiment -, discovered this last one as summit of all the aesthetic experience and as hypothetical announcement of her ontological sense. Finally, they come the arguments that guarantee the plausibility to the ontological hypothesis, establishing the idea that this would not authorize the construction of an ontology. In the end of the last chapter, as opening of horizons of the research, they are described the subsequent developments of the hypothesis that, always plus, they addressed the Dufrenne’s thought heading for the attempt of sketching a philosophy of the Nature
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2475
Appears in Collections:PPGEFA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_SgnificaçãoOntológicaExperiência.pdf962,19 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.