Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2451
Title: Associação da proteína ligante de retinol 4 (RBP-4) e da resistência à insulina com a obesidade em escolares do ensino fundamental de Ouro Preto, Minas Gerais.
Authors: Castro, Ana Paula Pereira
metadata.dc.contributor.advisor: Coelho, George Luiz Lins Machado
Keywords: Epidemiologia
Insulina
Adolescência - obesidade
Issue Date: 2010
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: CASTRO, A. P. P. Associação da proteína ligante de retinol 4 (RBP-4) e da resistência à insulina com a obesidade em escolares do ensino fundamental de Ouro Preto, Minas Gerais. 2010. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2010.
Abstract: A prevalência mundial da obesidade infantil vem apresentando um rápido aumento nas últimas décadas, sendo caracterizada como uma verdadeira epidemia mundial. Uma das complicações decorrente da obesidade é a resistência à insulina, e entender os processos que levam a esta condição é importante para compreender e ter ações preventivas para o surgimento do diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. O tecido adiposo é capaz de secretar várias adipocinas que estão relacionadas com a resistência à insulina, uma delas é a proteína ligante do retinol 4 (RBP4). Estudos em camundongos mostraram que a RBP4 atua na via de sinalização da insulina inibindo a fosforilação da PI3K e suprimindo a translocação celular do GLUT-4. Alguns trabalhos envolvendo a RBP4 têm sido realizados em indivíduos eutróficos e obesos, e os resultados são bastante controversos. Foi realizado um estudo caso-controle aninhado a um estudo transversal, com o objetivo de avaliar a frequência da resistência à insulina em escolares de 7 a 14 anos residentes na cidade de Ouro Preto, e o perfil da proteína ligante de retinol 4 (RBP4) nesta população. A amostra foi composta por 222 escolares, 137 (60,4%) casos e 90 (39,6%) controles. Os casos e controles foram classificados de acordo com o percentual de gordura corporal mensurado pela bioimpedância tetrapolar. O HOMA-IR foi utilizado para avaliação da resistência à insulina. A insulina de jejum foi dosada pelo método da quimioluminescência e a RBP4 sérica pelo ELISA sandwich. A resistência à insulina foi observada em 24 escolares (10,8%). O percentual de escolares com alterações da RBP4 e da insulina de jejum foi 25% e 8,5%, respectivamente. Mediante a análise da regressão logística, as variáveis que melhor explicaram a ocorrência da obesidade nesta população foram a RBP-4 alta (OR: 3,11; IC: 1,46-6,55) e HOMA-IR alto (OR: 4,92 IC: 1,32-18) para p<0,05. O sexo masculino mostrou ser um marcador de risco (OR: 2,81; IC: 1,51-5,21) (p< 0,05). Os níveis séricos médios da RBP4 foram maiores nos indivíduos com renda familiar baixa, nas meninas que haviam passado pela menarca e naqueles com percentual de gordura corporal elevado (p< 0,05). Após o ajuste para sexo, idade e HDL-c, os fatores que melhor explicaram a variabilidade da resistência à insulina nesta população foram o triglicerídeo alterado (OR: 3,65; IC: 1,39- 9,60) e o percentual de gordura corporal elevado (OR: 5,09; IC: 1,39-18,59) para p<0,05. Concluímos que na população analisada a RBP-4 esteve associada com o percentual de gordura corporal, entretanto não foi capaz de explicar a resistência à insulina.
metadata.dc.description.abstracten: The worldwide prevalence of childhood obesity has shown a rapid increase in recent decades, characterized as a truly global epidemic. One of the complications arising from obesity is insulin resistance, and understand the processes that lead to this condition is important to understand and take preventive actions for the emergence of type 2 diabetes and diseases cardiovasculares.O adipose tissue is capable of secreting several adipocytokines that are related to insulin resistance, one of them is the retinol binding protein 4 (RBP4). Studies in mice showed that RBP4 acts in the insulin signaling pathway by inhibiting the phosphorylation of PI3K and suppressing the cellular translocation of GLUT-4. Some studies involving RBP4 have been conducted in normal and obese individuals, and the results are quite controversial. We conducted a casecontrol study nested in a cross-sectional study aimed to assess the frequency of insulin resistance in schoolchildren 7-14 years living in the city of Ouro Preto, and the profile of retinol binding protein 4 (RBP4) in this population. The sample comprised 222 students, 137 (60.4%) cases and 90 (39.6%) controls. The cases and controls were classified according to the percentage of body fat measured by tetrapolar bioelectrical impedance. HOMA-IR was used to assess insulin resistance. The fasting insulin concentration was measured by the method of chemiluminescence and RBP4 serum by sandwich ELISA. Insulin resistance was observed in 24 students (10.8%). The percentage of students with changes in RBP4 and fasting insulin was 25% and 8.5% respectively. By logistic regression analysis, the variables that best explained the occurrence of obesity in this population were high RBP-4 (OR: 3.11 CI: 1.46 to 6.55) and HOMA-IR level (OR: 4,92 CI: 1.32 to 18) for p <0.05. The male proved to be a risk marker (OR: 2.81 CI: 1.51 to 5.21) (p <0.05). The mean serum levels of RBP4 were higher in subjects with low family income, in girls who had passed the menarche and those with high body fat percentage (p <0.05). After adjusting for sex, age and HDL-c, the factors that best explained the variability of insulin resistance in this population were the amended triglyceride (OR: 3.65 CI: 1.39 to 9.60) and percentage of fat high body (OR 5.09, CI: 1.39 to 18.59) for p <0.05. We conclude that the population analyzed RBP-4 was associated with percentage of body fat, but was unable to explain the resistance to insulin.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2451
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AssociaçãoProteínaLigante.PDF1,56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.