Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2450
Title: Modelagem tridimensional de depósitos minerais.
Authors: Ferreira, Marlon Sarges
metadata.dc.contributor.advisor: Curi, Adilson
Keywords: Jazidas minerais - avaliação econômica
Mineração - métodos computacionais
Lavra de minas
Economia mineral
Minas e mineração
Issue Date: 2006
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: FERREIRA, M. S. Modelagem tridimensional de depósitos minerais. 2006. 111 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006.
Abstract: A quantidade e qualidade de um corpo mineral influenciam diretamente na decisão de investimento de um empreendimento mineiro. O presente estudo está direcionado a parte quantitativa do corpo de minério e seus respectivos métodos de cálculos de volumes. Para uma avaliação confiável, é imprescindível o número mínimo de informações, como mapa e seções geológicas suportadas por furos de sondas, perfis geofísicos, amostragens e etc. Antigamente, esses dados eram guardados em forma analógica e exigiam uma extensa área para armazenamento dos mesmos. Hoje, esses dados armazenam-se em banco de dados digitais mais seguros contra qualquer tipo de depreciação, tanto temporal, quanto pessoal. Métodos computacionais de geração de sólido em três dimensões (Algoritmo de Dijkstras`s) proporcionaram o cálculo de volumes de cincos tipos de depósitos minerais distintos: maciço hidrotermal de ouro, laterita niquelífera, enriquecimento supergênico de manganês, depósito tabular fosfático, e por fim, depósito de ouro tipo lode. Os modelos foram suportados apenas por interpretações verticais. As seções horizontais foram usadas na validação dos mesmos. A interatividade do processo permitiu a confecção dos modelos num período relativamente curto em relação aos métodos antigos. A partir dos estudos de caso observou-se que nos depósitos concordantes (fosfático e manganesífero) a modelagem é mais simples, necessitando apenas das seções verticais. Por outro lado, nos depósitos discordantes (tipo lode e maciço hidrotermal) é inevitável uma avaliação das seções horizontais devido à variação da espessura, direção, rompimento do corpo e etc. A ferramenta computacional evoluiu de modo que, atualmente, permite aos pesquisadores qualquer alteração do modelo geológico em curtos períodos de acordo com avanço da pesquisa. Salientando que cada tipo de depósito é tratado de forma peculiar para a melhor utilização da ferramenta.
metadata.dc.description.abstracten: The amount and quality of a mineral body influence directly in the decision of the investment in a mining enterprise. The present study is directed the quantitative part of the ore body and its respective methods of volumes calculations. For a trustworthy evaluation, it is essential a minimum number of information, as map and geologic sections supported by punctures of sounding leads, geophysical profiles, samplings and etc. In the past, these data were kept in analogical form and demanded an extensive area for storage of the same ones. Nowadays, these data are stored in a safe digital data base against any type of depreciation, secular, how much in such a way personal. Computational methods of solid generation in three dimensions (Algorithm of Dijkstras `s) had provided the volumes calculation of five types of distinct mineral deposits: hidrotermal gold, nickeliferous laterite, supergene enrichment of the manganese, phosphatic tabular deposit, and finally, gold deposit type lode. The models had been supported only by vertical interpretations. The horizontal sections had been used in the validation of the same ones. The interactivity of the process allowed the confection of the models in a relatively short period related to the old methods. In case studies observed that in concordant deposits (supergene enrichment of the manganese and phosphatic deposit) to modeling is very simple, requiring only the vertical sections. Moreover, in deposits discordant (type lode and massive hydrothermal) is inevitable assessment of horizontal sections due to variation in thickness, strike and collapse of the body. The computational tool evolved in way that, currently, it allows the researchers to do any alteration of the geologic model in short periods advance of the research. Pointing out that each type of deposit is dealt with peculiar form for the best use of the tool.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2450
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ModelagemTridemensionalDepósitos.pdf7,27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.