Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2417
Title: Arranjos de vida : direito e relações entre senhores e escravos - termo de Mariana, 1850-1888.
Authors: Meyer, Marileide Lázara Cassoli
metadata.dc.contributor.advisor: Gonçalves, Andréa Lisly
Keywords: Escravidão - Brasil
Escravos - liberdade
Brasil - história - Lei do Ventre Livre - 1871
Issue Date: 2010
Publisher: Programa de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: MEYER, M. L. C. Arranjos de vida : direito e relações entre senhores e escravos - termo de Mariana, 1850-1888. 2010. 150 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2010.
Abstract: A partir principalmente da década de 1980, muitos dos estudos históricos relacionados à história do trabalho e dos trabalhadores no Brasil elegeram as fontes judiciais como informantes preciosos, não somente da criminalidade ou dos mecanismos jurídicos como também da percepção e das noções de direito e de justiça que foram construídas por senhores, por escravos e por libertos acerca do domínio senhorial nos séculos XVIII e XIX. Este trabalho tem por objetivo analisar as percepções de direitos e de justiça, no universo escravista do Termo de Mariana, nas três últimas décadas da escravidão no Brasil, analisando regionalmente as acomodações ou as resistências que foram construídas a partir de uma intervenção cada vez mais marcante do Estado Imperial nas relações entre senhores e escravos via leis, e, sobretudo, a partir da Lei do Ventre Livre em 1871.
metadata.dc.description.abstracten: Mainly from the 80’s, many of the historical studies related to the history of work and workers in Brazil elected judicial sources as high valued informers, not only relating to criminality or relating to the legal mechanisms but also relating to the perception and the concepts of Law and justice that were established by landlords, slaves and free slaves during the eighteenth and nineteenth centuries. This paper aims at the analysis of perceptions of rights and justice in the slave universe of Termo de Mariana, in the last three decades of slavery in Brazil, analyzing regionally the accommodation or resistance that were construed from an increasingly intervention of the Estado Imperial in the slavery and landlords relations via laws, and, especially, from the Lei do Ventre Livre in 1871.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2417
Appears in Collections:PPGHis - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ArranjosVidaDireito.pdf895,74 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.