Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2397
Title: Caracterização tecnológica no aproveitamento do rejeito de minério de ferro.
Authors: Gomes, Marcos Antônio
metadata.dc.contributor.advisor: Pereira, Carlos Alberto
Keywords: Minérios de ferro
Determinação mineralógica
Minas e mineração - resíduos industriais
Tratamento de minérios
Resíduos industriais
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: GOMES, M. A. Caracterização tecnológica no aproveitamento do rejeito de minério de ferro. 2009. 89 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2009.
Abstract: Este trabalho investigou a possibilidade de se produzir concentrado de minério de ferro que atendesse às especificações químicas de pellet feed para utilização em alto forno a partir do rejeito estocado na barragem I, proveniente da usina de tratamento de minério da mina de Córrego do Feijão. O volume estimado com o fim da vida útil da barragem, previsto para 2010, é de 20 Mt. Na caracterização tecnológica das amostras, estão apresentadas análises granulométricas por peneiramento a úmido, análises químicas por espectrometria de plasma, e análise mineralógica por difração de raios-X. De posse das análises de caracterização foram executados ensaios tecnológicos. Foram realizados ensaios de concentração magnética, deslamagem, classificação e flotação em escala de bancada. De acordo com a distribuição granulométrica dos finos do minério de ferro, 91,79% das partículas encontra-se abaixo de 0,150mm e 58,81% abaixo de 0,045mm. A amostra apresenta teores médios (calculado) de 48,08% de Fe, 20,58% de SiO2, 3,16% de Al2O3. Os minerais de ferro identificados na amostra global foram hematita, martita, magnetita e goethita. Os minerais de ganga identificados foram quartzo, gibbisita e caolinita. A qualidade química e recuperação em massa atendem a premissa do trabalho, mesmo sem maiores otimizações. A melhor opção de concentração estudada consistiu na utilização de separação magnética. O concentrado apresentou teor de Fe de 67,54%, SiO2 de 1,50% para uma recuperação em massa de 68,00% e metalúrgica de 90,81%.
metadata.dc.description.abstracten: In this work is presented the characterization of the fines, stocked in I dam as tailing, proceeding from the ore treatment iron of the plant of the Córrego do Feijão mine, that in the year of 2008 had been generated 1,479,157 t. In the technological characterization of the samples, are presented size distribution by humid sieving, chemical characterization by plasma spectrometry, and mineralogical characterization by X-ray diffraction. Of ownership of the technological characterization had been executed technological assays. Rehearsals in bench scale for magnetic concentration, desliming, classification and flotation. It was observed that 91.79% of sample particles were -0,150mm and 58.81% -0,045mm. The sample presents average grade (calculated) 48.08%, 20.58% and 3.16% of the Fe, SiO2 and Al2O3, respectively. The iron minerals of identified in the global sample had been hematite, martite, magnetite and goethite. The gangue minerals identified had been quartz, gibbisite and caolinite. The chemical quality and mass recovery obtained in the present work can be considered as satisfactory regarding the objectives on the research. The best option of studied concentration consisted of the use of magnetic separation. The concentrate presented grade of Fe of 67.54%, SiO2 of 1.50% and mass and metallurgical recovery of 68.00% and 90.81%, respectively.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2397
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoTecnológicaAproveitamento.pdf4,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.