Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/2349
Title: Influência da mineralogia na etapa de separação da lama vermelha no processo Bayer.
Authors: Avelar, Angela Nair
metadata.dc.contributor.advisor: Costa, Geraldo Magela da
Keywords: Minério de ferro
Bauxita
Hematita
Mineração Rio do Norte - Pará
Mineração Paragominas - Pará
Issue Date: 2011
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: AVELAR, A. N. Influência da mineralogia na etapa de separação da lama vermelha no processo Bayer. 2011. 113 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2011.
Abstract: Neste trabalho foi realizado um estudo de caracterização mineralógica em amostras bauxitas de forma a permitir uma melhor quantificação das espécies de ferro presentes nos minérios originais e nas lamas vermelha obtidas a partir da digestão alcalina em escala de laboratório. Esta caracterização permitiu identificar um correlação entre a composição mineralógica e o desempenho na etapa de sedimentação da lama vermelha. As amostras utilizadas nesse trabalho são provenientes de Trombetas (Mineração Rio do Norte) e de Paragominas (Mineração Paragominas S.A.) localizadas no Pará também uma amostra de Gana. Os ensaios de digestão alcalina foram realizados a 145°C e pressão de 5,0 Kgf/cm 2 . Tanto as amostras iniciais quanto as lamas geradas na digestão foram caracterizadas por microscopia ótica, microscopia eletrônica de varredura, análise termogravimétricas, análises químicas, difração de raios X e espectroscopia Mössbauer A quantificação das fases majoritárias existentes em todas as amostras foi realizada com a combinação dos resultados obtidos por estas técnicas. A espectroscopia Mössbaue possibilitou a comprovação da existência de dois tipos de goethita nas amostras iniciais Para algumas amostras ocorreu a conversão de goethita para hematita. Observou-se um correlação linear satisfatória (R 2 ~0.90, n = 9) entre a velocidade de sedimentação e o teores de goethita com maiores substituições isomórficas e/ou menores tamanhos d partícula. Desta forma, sugere-se que a presença desse tipo de goethita tem efeito negativo na velocidade de sedimentação.
metadata.dc.description.abstracten: A mineralogical characterization of several bauxites was undertaken in order in order to improve the quantification of all iron-bearing species occurring in the beneficiated ores and in the red mud obtained from the alkaline digestion tests carried out on laboratory scale. A correlation between the mineralogical composition and the settling rate of red mud was derived. The samples used in this work were from Trombetas (MRN) and Paragominas (Mineração Paragominas S.A.) located in the Para State and one sample from Ghana. The alkaline digestions were done at 145°C and pressure of 5.0 kgf/cm 2 . Both the initial samples and the red mud generated in these digestions were characterized by optical microscopy, scanning electron microscopy, thermogravimetric analysis, chemical analysis, X-ray diffraction and Mössbauer spectroscopy. The quantification of the major phases was made by combining the results obtained by these techniques. The Mössbauer results allowed the identification of two types of goethite in the initial samples. For some samples it was observed the conversion of goethite to hematite during the digestion. A satisfactory linear correlation (r 2 ~ 0.90, n =9) between the red mud settling and the concentration of goethite with higher isomorphic substitutions and / or smaller particle sizes was observed. Thus, it is suggested that the presence of this type of goethite has a negative effect on the settling rate.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2349
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_InfluênciaMineralogiaEtapa.pdf8,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.