Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2267
Title: Influência antrópica nas características hidrossedimentológicas e geoquímicas da bacia do ribeirão Caraça, Quadrilátero Ferrífero, MG.
Authors: Mendes, Milene Aparecida Monteiro
metadata.dc.contributor.advisor: Leite, Mariangela Garcia Praça
Keywords: Geoquímica
Bacias hidrográficas - Minas Gerais
Quadrilátero Ferrífero - MG
Ribeirão Caraça - Catas Altas -MG
Issue Date: 2007
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: MENDES, M. A. M. Influência antrópica nas características hidrossedimentológicas e geoquímicas da bacia do ribeirão Caraça, Quadrilátero Ferrífero, MG. 2007. 90 f. Dissertação (Mestrado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2007.
Abstract: A bacia hidrográfica do ribeirão Caraça, com pouco mais de 120km2, localiza-se no Município de Catas Altas, no Estado de Minas Gerais, Brasil. Apesar de existirem registros de presença humana desde 1708, não foi realizado até o momento nenhum trabalho ambiental de caracterização de seu meio físico. Visando sanar esta lacuna, a presente pesquisa procurou realizar um estudo das características hidrossedimentológicas e geoquímicas na bacia hidrográfica do ribeirão Caraça e, concomitantemente, avaliar a influência antrópica nos recursos hídricos da região. Inicialmente, foi realizado um estudo do padrão pluviométrico da região, que norteou a definição dos períodos de chuva e seca, fundamentais para a programação das coletas e medições. Assim, foram realizados dois períodos de campo, o primeiro entre os meses de agosto e setembro referentes à estação seca de 2005 e o segundo no mês de março de 2006, referente à estação chuvosa. Para a determinação da vazão, foram monitorados 21 pontos no ribeirão Caraça e seus principais tributários, 24 para o estudo hidroquímico, 18 para o estudo de sedimentos e 7 para análise de coliformes fecais. Desta forma, para caracterizarão da qualidade das águas foram realizados exames microbiológicos e analisados parâmetros hidroquímicos, sendo eles: temperatura, pH, Eh, turbidez, condutividade elétrica, sólidos totais dissolvidos (STD), alcalinidade, oxigênio dissolvido (OD), sulfato (SO4=), cloreto (Cl-), metais principais e metais traço. Já para o estudo dos sedimentos foram escolhidos aqueles elementos que refletissem a assinatura geoquímica das rochas e que pudessem retratar a geologia local. Paralelamente, foi realizada uma análise temporal onde se procurou delimitar e identificar a cobertura e uso da terra na bacia do ribeirão Caraça nas últimas quatro décadas. Os resultados obtidos permitiram se efetuar a compartimentação da bacia em 3 áreas, com características distintas. Na área A1, isenta em quase sua totalidade de interferência antrópica por abranger a totalidade do Parque Natural do Caraça, os únicos valores potencialmente prejudiciais à saúde se restringem ao alumínio na água. Esses teores anômalos estão associados às fontes litogênicas locais. Foi detectada a presença de bactérias do grupo coliformes, uma vez que não há lançamento de esgoto, acredita-se que a principal fonte de contaminação seria a presença de animais nessa área. A área A2, ainda parcialmente preservada, nota-se um aumento de solo exposto, relacionado principalmente com a presença de minerações. Os elementos maiores Fe e Mn apresentaram concentrações elevadas nas águas e sedimentos à jusante da mina de dunito/serpentinito Francisco III. Os elementos maiores (Ca, Fe, Mg e Mn) e metais traço (Co, Cr, Cu, Ni, V e Zn) analisados nos sedimentos foram considerados anômalos para a bacia, podendo estar relacionados com litologia local. Já a presença de coliformes identificados deve-se principalmente a presença de criação de gado. A área A3 é a porção mais degradada da bacia. Nela, o grande aumento de solo exposto está relacionado principalmente com aglomerados urbanos, áreas de pastagem e agricultura. Há uma clara influência das atividades antrópicas na vazão monitorada no córrego Moinho de Olício, devido ao lançamento de efluentes da mineração e da retirada de água para abastecimento urbano. A presença de coliformes nas amostras está relacionada com o lançamento de esgoto. Concentrações altas de Fe e Mn foram identificadas nas águas e sedimentos à jusante da barragem de rejeitos oriundos da mineração de ouro Córrego do Sítio. Cabe ainda destacar que este trabalho constituiu-se numa fase inicial de avaliação da região, identificando as principais atividades antrópicas e o reflexo das mesmas na quantidade e qualidade dos recursos hídricos existentes. Espera-se que os resultados desta pesquisa sirvam de base para futuros estudos ambientais e, até mesmo, para projetos de gestão da bacia.
metadata.dc.description.abstracten: The hydrographic basin of Caraça stream, with little more than 120 km2, is located in the city of Catas Altas, in the state of Minas Gerais, Brazil. Although there are records of human presence since 1708, so far no environmental work of its physical features has been made. Aiming to fill this blank, the present research tried to carry out a study on the anthropogenic influence in the hydrosedimentological and geochemical characteristics of the Caraça stream basin and simultaneously to evaluate the anthropic influence in the hydric resources of the region. Initially, a study of the pluviometric standards of the region was made to orientate the definition of the periods of rain and draught, essential to program the collects and measurements. Thus, two periods of fields were carried out; the first between the months of August and September relative to the draught season of 2005 and the second in March 2006, relative to the rainy season. For the flow ratio determination, 21 stations were monitored along the stream and some of its tributaries, 24 for the hydrochemical study, 18 for sediment study and 7 for feces bacteria analysis. This way, to characterize the quality of the water microbiological analyses were carried out together with hydrochemical parameters: temperature, pH, Eh, turbidity, electrical conductivity, total dissolved solids (STD), alkalinity, dissolved oxygen (OD), sulfate (SO4=), chloridedo (Cl-), main metals and trace metals. For the sediment characterization we chose the elements which represent the geochemical signatures, reflecting the local geology. In parallel, a temporal analysis was made in order to limit and identify the cover and use of the land in Caraça stream basin over the past four decades. The results allowed us to divide the basin in three areas, with distinct characteristics. In the area A1, whose main characteristic is the absence of anthropogenic influence, only Al was above the allowed value according to the Brazilian legislation (CONAMA 357/05). These anomalous contents are associated to local lithogennic sources. Feces bacteria were also detected and their occurrence may be explained by the presence of animals in the area. In area A2, partially preserved, there is an increase in the soil exposure, connected mainly with the presence of mining companies. The major elements Fe and Mn are in high contents in the water and sediments upstream the Francisco III mine (dunite/serpentinite). Ca, Fe, Mg, Mn and trace elements (Co, Cr, Cu, Ni, V e Zn) may be considered to occur in anomalous values in the area, and may be related with the local lithology. The presence of feces bacteria is due to cattle in the region. Area A3 is the most destroyed portion of the basin. In it, the increase of the soil exposure is due to agriculture, grazing lands and agriculture. There is a clear anthropogenic influence on the monitored flow ratio in the Moinho de Olício stream, due to effluent discharges from the mining plants and water supply for the small cities. The occurrence of feces bacteria in water samples is related to sewage. High concentrations of Fe and Mn were found in water and sediments upstream the tailing dam of the gold mining company in the Sítio stream. It is important to observe that this work took place in an initial phase of evaluation of the region, identifying the main anthropic activities and their reflection in the quality and quantity of existing hydric resources. It is hoped that the results of this research serve as reference for further environmental studies and even for projects of management of the basin.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2267
Appears in Collections:PPGECRN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_InfluênciaAntrópicaCaracterísticas.pdf5,52 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.