Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2262
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSarmanho, Arlene Maria Cunha-
dc.contributor.authorSouza, Flávio Teixeira de-
dc.date.accessioned2013-02-20T15:49:23Z-
dc.date.available2013-02-20T15:49:23Z-
dc.date.issued2005-
dc.identifier.citationSOUZA, F. T. Análise teórico-experimental de sistemas aporticados com elementos perfurados em perfis formados a frio - Racks. 2005. 104 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2005.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2262-
dc.description.abstractOs sistemas de armazenagem industrial são amplamente utilizados em depósitos, uma vez que permitem o melhor aproveitamento do espaço e permitem fácil acesso às cargas armazenadas. Os sistemas são constituídos com perfis formados a frio, estando então sujeitos aos fenômenos de instabilidade característicos de seções de paredes esbeltas e deste tipo de estrutura. Além disto, as colunas possuem perfurações ao longo do comprimento que visam a montagem através de ligações encaixadas e/ou parafusadas que influenciam no seu comportamento. Existem diversos tipos de sistemas, que variam em função do tipo de carga armazenada. Entre eles tem-se o sistema drive-in, que se caracteriza por alta densidade de armazenagem, proporcionada pela ausência de vigas transversais. Isto faz com que sua estabilidade nesta direção seja obtida através da fixação da base e da ligação das colunas com a viga longarina existente no topo da estrutura. As recomendações de normas existentes não prevêem a avaliação do sistema drive-in. Neste trabalho foi realizado um estudo teórico-experimental do sistema drive-in, com uma análise de seu comportamento global e com a avaliação da interação entre seus diversos componentes. Os resultados experimentais são comparados com resultados numéricos, que consideram parâmetros como a influência da fixação da base e a rigidez das ligações entre a longarina e a coluna e entre o braço e a coluna.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPrograma de Pós Graduação em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.subjectEngenharia civilpt_BR
dc.subjectEstruturas metálicaspt_BR
dc.subjectPesquisa experimentalpt_BR
dc.subjectAnálise numéricapt_BR
dc.subjectCivil Engineeringpt_BR
dc.titleAnálise teórico-experimental de sistemas aporticados com elementos perfurados em perfis formados a frio - Racks.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.description.abstractenIndustrial Storage Racks are used in warehouses, because they improve the space occupation, and let easy access to the products. They are built with cold formed profiles, and presents the instability phenomena like local and distortional modes, common in thin-walled members. The uprights of these structures shows holes to make easy the assemblage. There are various types of racks, that fit to the product to be stored. Among them, we find the drive-in system. This system has high storage density, due to the absence of beams in down-aisle direction, and the rigidly in this direction is due to the base fixity and the beam-column connection rigidly. There aren’t standard prescriptions to analysis and design of drive-in systems. This work shows a theoretical-experimental evaluation of this kind of structure, where the global behavior and the interaction among the components are evaluated. The experimental data are compared with numerical results, and parameters like the influence of base fixity and beam to column connection rigidly are considered in the analysis.-
Appears in Collections:PROPEC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÂO_AnáliseTeóricoExperimentalSistemas.pdf18,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.