Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2208
Title: Análise bioestratigráfica, paleoecológica e sedimentológica das bacias terciárias do Gandarela e Fonseca - Quadrilátero Ferrífero - Minas Gerais, com base nos aspectos palinológicos e sedimentares.
Authors: Maizatto, José Ricardo
metadata.dc.contributor.advisor: Gomes, Newton Souza
Keywords: Paleontologia estratigráfica
Palinologia
Geologia estratigráfica
Paleoecologia
Paleobiologia
Issue Date: 2001
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia. Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: MAIZATTO, J. R. Análise bioestratigráfica, paleoecológica e sedimentológica das bacias terciárias do Gandarela e Fonseca - Quadrilátero Ferrífero - Minas Gerais, com base nos aspectos palinológicos e sedimentares. 2001. 249 f. Tese (Doutorado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) - Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2001
Abstract: A análise palinológica das rochas pertencentes às bacias de Fonseca e Gandarela revelou os seguintes aspectos: Bacia de Fonseca • Foram identificadas duas zonas palinológicas e duas unidades cronoestratigráficas: Zona Retibrevitricolpites triangulatus (Eoceno Superior) e Zona Dacrydiumites florinii (Oligoceno). • Durante o Neoeoceno vigoraram climas tropicais, e a partir do Oligoceno verificou-se uma mudança para condições climáticas subtropicais. • As variações fenotípicas apresentadas pela microalga Botryococcus braunii foram associadas às condições estressantes do ambiente. Bacia do Gandarela • De acordo com a análise do padrão de distribuição de palinomorfos, realizada no intervalo entre o Neoeoceno ao Eomioceno, foram observadas concentrações elevadas nas porções mais rasas da bacia. Os grãos de pólen de angiospermas e gimnospermas apresentaram uma distribuição mais ampla, quando comparada com a distribuição dos esporos de pteridófitas, devido a sua maior capacidade de flutuação. A análise sedimentológica revelou os seguintes aspectos: Bacia de Fonseca • Foram definidas cinco fácies sedimentares relacionadas à depósitos de canal meandrante, meandro abandonado e lagoa de cheia. Bacia do Gandarela • Foram descritas sete fácies sedimentares associadas à depósitos lacustres e de fluxos de detritos. Entre o Neoeoceno e o Eomioceno ocorreram variações na direção do aporte sedimentar, identificadas através da migração dos depocentros. Sobre o tectonismo: • A atividade tectônica nas duas bacias foi mais intensa durante o Oligoceno, sendo responsável pela geração de falhas normais sindeposicionais e altos e baixos estruturais.
metadata.dc.description.abstracten: The palynological analysis of sedimentary rocks from Fonseca and Gandarela basins revealed: Fonseca basin • Two palynological biozones and two chronostratigraphic units were identified: Retibrevitricolpites triangulatus Zone (Late Eocene) and Dacrydiumites florinii (Oligocene). • During the late Eocene occurred tropical climates and the Oligocene was characterized by change to subtropical climates. • Phenotypic variations showed by microalga Botryococcus braunii were associated to environmental stress conditions. Gandarela basin • High concentrations of palynomorphs were observed in the shallowest area of the Gandarela basin according to pattern of the palynomorphs distribution, concerning to interval between the late Eocene to the early Miocene. The angiosperm and gimnosperm pollen grains showed a wider distribution than fern spores, due to their buoyancy capacitiy. In relation to sedimentological analysis: Fonseca basin • Five sedimentary facies were defined and associated to meander channel, oxbow lake and pond deposits. Gandarela basin • Seven sedimentary facies were identified and related to debris flows and lacustrine deposits. Changes in the direction of sedimentary flux occurred during the period between the late Eocene and the early Miocene, based on the migration of depocenters. About tectonic aspects: • The tectonic activity in the both basins was intense during the Oligocene epoch and it was identified by sindepositional normal faults and horst and graben structures.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2208
Appears in Collections:PPGECRN - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_AnáliseBiostratigráficaPaleoecológica.pdf12,34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.