Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2180
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, Cornélio de Freitaspt_BR
dc.contributor.authorSantos, Anselmo Rogério Lage-
dc.date.accessioned2013-02-15T18:48:57Z-
dc.date.available2013-02-15T18:48:57Z-
dc.date.issued2008-
dc.identifier.citationSANTOS, A. R. L. Caracterização e tratabilidade de efluentes gerados em cabines de pintura de indústria moveleira. 2008. 102 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2008.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2180-
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi determinar meios eficientes e viáveis de tratar efluentes líquidos gerados na cabine de pintura de uma indústria moveleira fabricante de móveis de madeira. Desta forma, foi feito um estudo sobre os principais parâmetros para determinar o tratamento mais adequado a ser empregado. Os tratamentos realizados foram: físicoquímico e biológico. O teste físico-químico foi feito pelo processo de floculação/decantação e o teste biológico foi feito com a utilização de lodos anaeróbios em reator UASB. O teste, com a utilização de lodos provenientes de uma estação de tratamento de esgoto doméstico, consistia em adaptar o mesmo com a introdução do efluente industrial. A adaptação do lodo iniciou-se com introdução de esgoto doméstico, e após estabilização do reator, acompanhada pelos valores de DQO total, foram introduzidas porcentagens maiores de efluente industrial. Assim, foi caracterizada a eficiência do reator em termos de DQO com introdução de 0%, 5%, 10%, 20%, 30%, 50%, 70%, 90% e 100% de efluente da indústria de móveis. O início do processo houve aquecimento do afluente devido às baixas temperaturas no período, mas após o fim do inverno, o processo ocorreu em temperatura ambiente. O Tempo de Detenção Hidráulica foi alterado gradativamente, iniciando-se o processo com um TDH = 20h até atingir o TDH = 10h, tempo este mantido até o final. As concentrações médias de DQO afluente e DQO efluente foram de, 1611mg/L e 427mg/L, respectivamente e a remoção média de DQO foi de 74%. Assim, foram obtidos valores de DQO efluente dentro dos limites de lançamento disposto no art. 29 da Deliberação Normativa conjunta n° 1 de 2008 do COPAM/CERH-MG. Com o lodo já adaptado e adição de 100% de efluente industrial, foi introduzido um pós-tratamento com lodo aeróbio para aumentar a eficiência do tratamento anterior. A concentração média de DQO obtida no tratamento aeróbio foi de 85,5 mg/L, valor este dentro dos limites de lançamento de efluentes disposto no art. 29 da Deliberação Normativa do COPAM/CERH-MG. Com estes dados, verificou-se que o tratamento biológico anaeróbio é possível e que com a adição de 70% efluente industrial e 30% esgoto doméstico obteve-se maior eficiência no tratamento, e ainda que um pós-tratamento aeróbio, mesmo não sendo necessário pode ser empregado para aumentar a eficiência de remoção de DQO.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.subjectBiodegradabilidadept_BR
dc.subjectEfluente da indústria de móveispt_BR
dc.subjectRecursos hídricospt_BR
dc.subjectTratamento biológicopt_BR
dc.subjectSaneamentopt_BR
dc.titleCaracterização e tratabilidade de efluentes gerados em cabines de pintura de indústria moveleira.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.description.abstractenThe objective of this study was to determine viable and efficient ways of treating the wastewater generated in the dyeing hood of a wood furniture industry. In this study it was assessed both the physical-chemical and biological processes of treatment. The physical-chemical process tested was flocculation/sedimentation while the biological treatment consisted of an anaerobic step (Upflow Anaerobic Sludge Bed Reactor – UASB) followed by an aerobic post-treatment (aeration tank). For anaerobic treatment the sludge (inoculum) collected from a sewage treatment plant was first acclimated to the industrial wastewater by feeding the reactor with typical raw sewage and increasing amount of the dyeing hood effluent. The UASB reactor was initially fed only raw sewage (produced by the university campus) and once the reactor was stable (constant chemical oxygen demand (COD) for at least 5 days) the feed conditions was changed to increase the amount of industrial effluent. In this way the reactor was progressively fed 5%, 10%, 20%, 30%, 50%, 70% 90% and 100% of the effluent from the wood furniture industry. At the beginning of the treatment the influent to the reactor was heated due to the low ambient temperatures, however after the end of winter the treatment occurred at ambient temperature. The hydraulic retention time (HRT) was gradually decreased from 20h to 10h which was kept constant throughout the treatment. The average influent and effluent COD of UASB reactor were 1,611 mg/L and 427 mg/L, respectively, resulting in an average COD removal of 74%. Therefore the anaerobic treatment alone was able to comply with the Minas Gerais state environmental legislation (DN 1/2008 of COPAM/CERH) as far as the COD parameter is concerned. As far as the aerobic post-treatment is concerned, the results showed that the average COD concentration of the aeration tank was 85,5 mg/L during the period the UASB reactor was fed 100% industrial effluent. This result shows the aerobic step improves the effluent quality and makes the overall effluent fully comply with the environmental legislation. The data gathered in this research showed that the anaerobic treatment produced the best results regarding the COD removal when the UASB reactor was fed 70% industrial effluent and 30% raw sewage. In addition, the post-treatment significantly improved the effluent quality and, thereby, could be employed as post-treatment for this type of industrial wastewater.-
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoTratabilidadeEfluentes.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.