Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2149
Title: Bioprospecção do potencial farmacêutico de duas espécies de fungos do solo do cerrado mineiro.
Authors: Moreira, Betânia Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor: Takahashi, Jacqueline Aparecida
Keywords: Química dos produtos naturais
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: MOREIRA, B. T. Bioprospecção do potencial farmacêutico de duas espécies de fungos do solo do cerrado mineiro. 2009. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2009.
Abstract: Produtos naturais são definidos como metabólitos secundários ou derivados produzidos por organismos em resposta a um estímulo externo como mudanças nutricionais, infecções e competições. Os fungos são conhecidos como produtores de uma grande variedade de metabólitos secundários e, apesar de muitas vezes ser desconhecido o papel dessas substâncias nesses organismos, esses compostos apresentam grande importância na medicina, na indústria e na agricultura. Muitas substâncias produzidas por fungos, ou seus derivados químicos, são utilizadas no tratamento de doenças pelo homem. Como exemplo pode-se citar os antibióticos – lactâmicos penicilinas e cefalosporinas, os antifúngicos da classe das equinocandinas, as estatinas, substâncias redutoras do colesterol sanguíneo e o imunossupressor ciclosporina A. Nesse trabalho, foi realizado o estudo de bioprospecção de metabólitos secundários dos fungos filamentosos Clonostachys rosea f catenulata e Penicillium brasilianum, isolados de solo do cerrado mineiro. Do extrato do fungo Clonostachys rosea f catenulata foram isolados uma mistura de triacilgliceróis, o ergosterol e uma mistura de ácidos graxos livres. Já do extrato do fungo Penicillium brasilianum foram isolados o poliol manitol, os meroterpenos austina e dehidroaustina e o ácido penicílico. Os extratos obtidos e as substâncias isoladas foram submetidos aos testes de atividade antibacteriana e anticolinesterásica. Apesar de os extratos terem apresentado atividade antibacteriana, das substâncias puras isoladas, somente o ácido penicílico foi ativo contra os microrganismos testados. Em relação ao teste de atividade anticolinesterásica, o ácido penicílico foi também a única substância ativa. Com o objetivo de avaliar a melhor condição de obtenção de substâncias com atividade antibacteriana, foi realizado para o fungo Penicillium brasilianum, um estudo de variação nutricional e das condições de fermentação. O fungo foi cultivado em três diferentes meios de cultura (meio de cultura líquido complexo, caldo batata dextrosado e arroz) e em duas condições diferentes de cultivo (com e sem agitação). Os extratos obtidos foram submetidos ao teste de atividade antibacteriana, sendo que, entre todas as condições testadas, o cultivo em caldo de batata dextrosado mostrou-se o mais promissor.
metadata.dc.description.abstracten: Natural products are defined as secondary metabolites or derived products, produced by organisms in response to external stimuli such as nutritional changes, infections and competitions. Fungi are well known as producers of a great variety of secondary metabolites. These compounds present great importance in the medicine, industry and agriculture, although the role of these substances in these organisms is not completely known. Substances produced by fungi, or their chemical derivates, are normally used in the therapeutic by mankind. For example, the –lactam antibiotics penicillins and cephalosporins, the antifungal compounds of the candins group, the statins, substances that effectively low serum cholesterol levels and the immunosuppressive agent cyclosporin A. In this work, bioprospection of secondary metabolites of the filamentous fungi Clonostachys rosea f catenulata and Penicillium brasilianum isolated from the Cerrado soil of Minas Gerais state was studied. From the extract of the fungus Clonostachys rosea f catenulata were isolated a mixture of triacylglycerols, ergosterol and a mixture of fatty acids. From the extract of the fungus Penicillium brasilianum there were isolated the polyol mannitol, the meroterpens austin and dehidroaustin and penicillic acid. The extracts and isolated substances were tested for the antibacterial activity and for acetylcholinesterase inhibition. Although the extracts have shown antibacterial activity, from the isolated pure substances, only the penicillic acid was active against the tested microorganisms. Considering the acetylcholinesterase inibition activity, penicillic acid was also the only active substance. A study of varying nutritional and fermentation conditions was carried out for the fungus Penicillium brasilianum with the objective of evaluating the best condition for producing substances with antibacterial activity. The fungus was grown in three different culture media (complex liquid medium, potato dextrose broth and rice) and in two different conditions of cultivation (with and without agitation). The extracts were tested for the antibacterial activity assay. Among all the conditions tested, the culture in potato dextrose broth revealed the most promising one.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2149
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_BioprospecçãoPotencialFarmacêutico.pdf7,38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.