Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2143
Title: Avaliação biofarmacotécnica IN VITRO de formas farmacêuticas sólidas orais de liberação imediata contendo fármacos pouco solúveis
Authors: Silveira, Gleiciely Santos
metadata.dc.contributor.advisor: Mosqueira, Vanessa Carla Furtado
Keywords: Dissolução
Avaliação biofarmacêutica
Fármacos de baixa solubilidade
Carbamazepina
Furosemida
Formas farmacêuticas sólidas orais
Issue Date: 2009
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
Citation: SILVEIRA, G. S. Avaliação biofarmacotécnica IN VITRO de formas farmacêuticas sólidas orais de liberação imediata contendo fármacos pouco solúveis. 2009. 172 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) – Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2009.
Abstract: O estudo biofarmacêutico de formas farmacêuticas sólidas administradas por via oral (FFSO) contendo fármacos puco solúveis é de suma importância para subsidiar a dispensação farmacêutica. Embora a intercambialidade entre medicamentos genéricos e referência seja prevista pela legislação brasileira, existem relatos sobre a busca de redução dos custos terapêuticos por pacientes que fazem a substituição por produtos similares ou magistrais. As variações entre as formulações e as tecnologias de fabricação dessas FFSO podem provocar alterações nas etapas de liberação e dissolução do fármaco gerando deferenças na sua absorção e resposta terapêutica. As características físico químicas do fármaco como solubilidade e permeabilidade intestinal também são importantes para prever seu comportamento in vivo. Os fármacos classificados como pouco solúveis pelo Sistema de Classificação Biofarmacêutica (SCB), classes II e IV, tem a velocidade e a extensão de sua absorção significamente afetada pelas características da formulação. Os estudos de dissolução in vitro, permitem utilizar as características do fármaco e a simulação de condições fisiológicas do trato gastrintestinal (TGI) para avaliar a sua cinética de liberação comparando deiferentes formulações e estimando seu comportamento in vivo. O presente trabalho objetiva realizar avaliação biofarmacotécnica de medicamentos genéricos, similares, magistrais e referência, contendo fármacos pertencentes às classes II (carbamazepina) e IV (furosemida) do SCB, avaliando sua qualidade e as características de liberação in vitro simulando diferentes líquidos biológicos quando à sua constituição e pH. Os experimentos consistiram na análise dos parâmetros farmacopéicos para avaliar a qualidade de um produto genérico, similar magistral e o referência contendo furosemida e carbamazepina (exceto magistral). Todos os produtos cumpriram os requisitos mínimos que qualidade preconizados pelas farmacopéias. Os estudos de dissolução possibilitam verificar se a liberação dos fármacos ocorre em quantidade e tempo adequados à sua absorção, por meio dos parâmetros de eficiência e cinética de dissolução, análise estatística e cálculo dos fatores de diferença e similaridade. Para avaliar a liberação do fármaco em decorrência das alterações do pH e da constituição de líquidos do TGI foram traçados perfis de dissolução de furosemida (ácido fraco) nas seguintes meios: água, tampões fosfato pH 5,8, a acetado pH4,6. Os resultados obtidos indicaram diferenças na velocidade e quantidade de furosemida liberada entre os produtos avaliados e para omesmo produto em meios diferentes sugerindo que a libaração do fármaco pode ser afetada pelo pH do TGI. Os estudos de dissolução para carbamazepina (base fraca) foram realizados utilizando os seguintes meios: solução aquosa de lauril sulfato de sódio a 1%, tampão fosfato pH 5,8 e suco gátrico simulado sem pepsina pH 1,2. Os resultados obtidos indicam qua a velocidade e quantidade de carbamazepina liberada pode ser afetada pela constituição dos líquidos do TGI, mas não varia significamente devido às mudanças no Ph. Dentre os produtos analisados, o similar apresentou resultados de dissolução significamente maiores que o referência. Estas observações podem subsidiar discursões sobre alterações clínicas importantes, como maior incidência de efeitos adversos, quando são administrados produtos contendo carbamazepina que se dissolvem in vitro mais rapidamente que o referência.
metadata.dc.description.abstracten: The study of biopharmaceutics parameters of solid oral dosage forms (FFSO) containing low solubility drugs is extremely important to support the pharmaceutics dispensing. Although the interchangeability between generic medicines and reference is provided by Brazilian legislation, there are reports about the search for reduction in therapy cost for patients who are replaced with similar products or magisterial. The variations between the formulations and techonologies for manufacturing these FFSO can cause changes in the stages of release and dissolution of drugs generating differences in drug absorption and therapeutic results. The physical and chemical properties of drug solubility and intestinal permeability (Class II and IV) has the tax and extent ao its absorption significantly affected by the characteristics of the formulation. The studies of drug in vitro dissolution, is based in drug characteristics and simulation of physiological condutions of the gastrointestinal tract (TGI) to assess the kinetics of drug release comparing disserent formulations and estimating its behavior in vitro. This study aims to achieve biopharmaceutics evaluation of generic, similar, magisterial and reference medicines cantaining drugs belonging to classes two (carbamazepine) and four (furosemide) of Biopharmaceutics Classification System, assessing their quality and characteristics of in vitro release simulating different biological liquids its constitution and pH. The experiments consisted of pharmacopeia parameters analysis to assess the quality of a generic, similar, and masgisterial and reference products containing furosemide and carbazepine (magisterial exception). All products meet the minimum standards of quality recommended by Brazilian's pharmacopoeia. The dissolution studies make possible to verify whether the release of drugs is adequate in quantity and time of its absorption by means of the parameters of efficiency and kinetics of dissolution, statistical analysis and calculation of the factors of difference and similarity. To assess the release of the drug as a result of changes in pH and the formation of the net TGI profiles were drafted for the dissolution of furosemide (weak acid) in the following resources in speed and amount of furosemide released between products and the dissolution results of the same product in different media suggesting that the release of the drug can be affected by pH og TGI. The carbamazepine (weak base) studies for the dissolution were performed using the following methods: aqueous solution of sodium lauryl sulfate to 1%, phosphate buffer ph 5,8 and simulated gastric fluis without pepsin pH 1,2. The results indicate that the tax and amount of released carbamazepine can be affected by the constitution of the TGI net, but does not vary significantly due to changes in pH. Among the produsts tested, the similar results showed that its dissolution is significantly higher than the reference. These observations could support important discussions on clinical changes, such as higher incidence of carbamazepine side effects, when administered by immediate release dosage forms that dissolve in vitro faster than reference product.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/2143
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AvaliaçãoBiofarmacotécnicaVitro.pdf1,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.