Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/1932
Title: Ocorrência de ferropirosmalita nas brechas mineralizadas do depósito dE Au-Cu-(±ETR-U) de Igarapé Bahia, província mineral de Carajás.
Other Titles: Occurrence of ferropyrosmalite in the mineralizated breccias from Igarapé Bahia Au-Cu-(±REE-U) deposit, Carajás mineral province.
Authors: Tazava, Edison
Oliveira, Claudinei Gouveia de
Gomes, Newton Souza
Keywords: Ferropyrosmalite
Igarapé Bahia deposit
Carajás Mineral Province
Ferropirosmalita
Depósito Igarapé Bahia
Issue Date: 1999
Citation: TAZAVA, E.; OLIVEIRA, C. G. de; GOMES, N. S. Ocorrência de ferropirosmalita nas brechas mineralizadas do depósito dE Au-Cu-(±ETR-U) de Igarapé Bahia, província mineral de Carajás. Revista Brasileira de Geociências, v. 29, n. 3, p. 345-348, set. 1999. Disponível em: <http://sbgeo.org.br/pub_sbg/rbg/vol29_down/2903/2903345.pdf>. Acesso em: 26 nov. 2012.
Abstract: Nos últimos anos, diversos trabalhos têm reportado a presença de minerais da série da pirosmalita [(Fe,Mn)8Si6O15(OH,CI)10] em depósitos de sulfetos maciços vulcano-exalativos e depósitos de Fe-Mn metamorfizados. Neste trabalho, apresentamos uma descrição inédita da ferropirosmalita no depósito de Au-Cu-(±ETR-U) de Igarapé Bahia, localizado no distrito auro-cuprífero da Província Mineral de Carajás. Admite-se que esse depósito foi gerado por processos similares àqueles envolvidos na génese dos depósitos da classe óxidos de ferro-(Au-Cu-U-ETR) do tipo Olympic Dam. A ferropirosmalita descrita ocorre sob dois contextos: í) associada a veios e vênulas carbonáticas; e ii) associada a brechas heterolíticas compostas por fragmentos de formação ferrífera bandada, metavulcânicas básicas e matriz rica em magnetita, calcopirita, bornita, pirita, siderita, minerais ricos em urânio e elementos terras raras, anfibólio, stilpnomelana, clorita e quartzo. O crescimento da ferropirosmalita teria envolvido a substituição de minerais ricos em ferro (clorita, magnetita e siderita), controlado pela introdução de fluidos magmáticos ricos em cloro. A percolação dos fluidos foi induzida pela permeabilidade elevada das brechas e também pela descontinuidade ao longo das paredes de vênulas carbonáticas. O modo de ocorrência da ferropirosmalita e o seu rescimento em equilíbrio com anfibólio (ferro-hornblenda actinolítica) são sugestivos de crescimento metassomático para o mineral, supostamente sob condições térmicas na transição das fácies xisto verde/anfibolito. A ferropirosmalita descrita no depósito de Au-Cu-(±ETR-U) de Igarapé Bahia representa assim um exemplo pouco comum da formação desse mineral sob condição hidrotermal/magmática.
metadata.dc.description.abstracten: In the last years, several works report the presence of pyrosmalite mineral series [(Fe,Mn)8Si6O15(OH,C1)10] commonly associated with volcanic exhalative massive sulphide or Fe-Mn metamorphosed deposits. In this paper, we present the inedit occurrence of ferropyrosmalite in the Au-Cu (+REE-U) of Igarapé Bahia deposit, located in the Au-Cu district of the Carajás Mineral Province. We consider the Igarapé Bahia mineralization as being related to the génesis of iron-oxide class deposit, like the Olympic Dam type. Ferropyrosmalite occurs in two different contexts: i) associated with carbonate veins; ii) associated with heterolithic breccias, composed by BIF and mafic metavolcanic fragments imersed in a magnetite, chálcopyrite, bornite, pyrite, carbonates (calcite to siderite), uranium and REE minerais, and gold, -rich matrix. The growth of ferropyrosmalite is probably due to the substitution of iron rich minerais (chlorite, magnetite and siderite), controled by magmatic fluid influx rich in chlorine. The permeability of breccias and the discontinuity of veins favour fluid percolation. The mode of occurrence of ferropyrosmalite and its relation with amphibole (ferro-hornblende-actinolite) indicate metasomatic growth of the former under temperatures in the transition of greenschist/amphibolite fácies. The ferropyrosmalite of the Igarapé Bahia deposit represents an uncommom type of occurrence linked to hydrothermal/magmatic conditions.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/1932
ISSN: 21774382
metadata.dc.rights.license: A Revista Brasileira de Geociências, permite que o Repositório Institucional da Universidade Federal de Ouro Preto deposite uma cópia eletrônica dos artigos publicados por esse periódico em que ao menos um dos autores faça parte da comunidade cientifica da Universidade Federal de Ouro Preto. Fonte: Licença concedida pelo Periódico em 16 dez. 2013.
Appears in Collections:DEGEO - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_OcorrênciaFerropirosmalitaBrechas.pdf2,98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.