Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/18137
Title: As contribuições da pedagogia de projetos para o ensino e a aprendizagem de língua como prática social em discursos de alunos.
Authors: Coelho, Rosemary Cândido
metadata.dc.contributor.advisor: Brasileiro, Ada Magaly Matias
Pimenta, Viviane Raposo
Keywords: Pedagogia de projetos
Ensino
Aprendizagem
Linguagem e línguas - estudo e ensino
Linguagem e línguas - aspectos sociais
Issue Date: 2023
metadata.dc.contributor.referee: Brasileiro, Ada Magaly Matias
Pimenta, Viviane Raposo
Soares, Ivanete Bernadino
Bovo, Ana Paula Martins Corrêa
Citation: COELHO, Rosemary Cândido. As contribuições da pedagogia de projetos para o ensino e a aprendizagem de língua como prática social em discursos de alunos. 2023. 162 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2023.
Abstract: Esta pesquisa situa-se na interface entre Educação e Linguística Aplicada e busca articular as temáticas Pedagogia de Projetos com ensino e aprendizagem de língua. O objetivo é elucidar como a Pedagogia de Projetos pode contribuir para o ensino e a aprendizagem de língua como prática social, considerando os discursos dos alunos como principal fonte de dados. Nasce da vivência da pesquisadora como orientadora de projetos na Educação Básica, entendendo que é preciso que o que é ensinado na escola faça sentido para os estudantes e professores e contribua para que eles possam agir no mundo, considerando a sua vida pessoal, o exercício da cidadania e o mundo do trabalho (PIMENTA, 2018). Assim sendo, essa proposição científica, de cunho explicativo e qualitativo, traz como bases teóricas as contribuições de Dewey (1979), Bender (2014), Hernandez (1998), Micotti (2009) e Albuquerque (2020), para as discussões sobre Pedagogia de Projetos e, paralelamente, os estudos de Bakhtin (2003), Rojo (2012, 2013), Kleiman (1995), Soares (1998 e 2021), Brasileiro (2017), Kersch; Guimarães (2012), para sustentar a abordagem sociocultural de língua, bem como uma perspectiva de ensino e aprendizagem desta como prática social. Além desses autores, constrói-se diálogo com Freire (1996) e Libâneo (2004) para a discussão de fatores educacionais que cercam o tema. Na pesquisa documental, foi constituído um corpus de 137 discursos testemunhais, composto por bilhetes, declarações e depoimentos nas modalidades oral, escrita e multimodal, que foram encaminhados por 64 alunos a 5 professores coordenadores de 11 projetos. As quantificações foram necessárias para que pudéssemos apresentar uma visão representativa panorâmica do trabalho realizado por meio da Pedagogia de Projetos. Para a análise dos dados, optamos por elencar eixos temáticos (SÓL, 2014) por acreditarmos que qualquer tentativa de categorização a priori das unidades discursivas elencadas pode ir de encontro com o que acreditamos sobre o processo de ensino-aprendizagem e de fazer pesquisa na área da Linguística Aplicada. A análise interpretativista e qualitativa das unidades discursivas apontam para o fato de o trabalho nas aulas de línguas por meio de propostas inovadoras como é o caso da Pedagogia de Projetos pode contribuir para i) a melhoria na interação professor-aluno; ii) o reconhecimento do aluno como sujeito ativo do processo de aprendizagem; iii) a ressignificação do espaço da sala de aula; iv) a associação da aula de língua á realidade socialmente vivida pelos alunos; v) a resolução de problemas de forma interdisciplinar; vi) a inclusão de alunos no processo educativo; vii) a flexibilidade do professor para replanejar ações, tempos e espaços relacionados às aulas de línguas; viii) a apropriação do objeto de ensino da aula de língua; e ix) os desdobramentos de projetos escolares para projetos futuros.
metadata.dc.description.abstracten: This research is situated at the interface between Education and Applied Linguistics and seeks to articulate the themes of Project Pedagogy with language teaching and learning. The objective is to elucidate how Project Pedagogy can contribute to teaching and learning language as a social practice, considering students' discourses as the main source of data. It arises from the researcher's experience as a project teacher in Basic Education, understanding that what is taught at school needs to make sense to students and teachers and contribute to their being able to act in the world, considering their personal life, the exercise of citizenship and the world of work (PIMENTA, 2018). Therefore, this scientific proposition, of an explanatory and qualitative nature, brings as theoretical bases the contributions of Dewey (1979), Bender (2014), Hernandez (1998), Micotti (2009) and Albuquerque (2020), to discussions about Project Pedagogy and, in parallel, the studies of Bakhtin (2003), Rojo (2012, 2013), Kleiman (1995), Soares (1998 and 2021), Brasileiro (2017), Kersch; Guimarães (2012), to support the sociocultural approach to language, as well as a perspective of teaching and learning languages as a social practice. In addition to these authors, a dialogue is built with Freire (1996) and Libâneo (2004) to discuss educational factors surrounding the topic. In the documentary phase, a corpus of 137 testimonial discourses was created, consisting of notes, statements and testimonials messages in oral, written and multimodal formats, which were sent by 64 students to 5 teachers who coordinated 11 projects. The quantifications were necessary so that we could present a general representative view of the work carried out through Project Pedagogy. For data analysis, we chose to list thematic axes (SÓL, 2014) because we believe that any attempt at a priori categorization of the listed discursive units may be in line with what we believe about the teaching-learning process and research in the area. of Applied Linguistics. The interpretive and qualitative analysis of the discursive units points to the fact that work in language classes through innovative proposals such as Project Pedagogy can contribute to i) improving teacher-student interaction; ii) the recognition of the student as an active subject of the learning process; iii) the redefinition of the classroom space; iv) the association of the language class with the reality socially experienced by students; v) solving problems in an interdisciplinary way; vi) the inclusion of students in the educational process; vii) the teacher's flexibility to replan actions, times and spaces related to language classes; viii) the appropriation of the teaching object of the language class; and ix) the ramifications of school projects for future projects.
Description: Programa de Pós-Graduação em Letras. Departamento de Letras, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/18137
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 06/02/2024 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:POSLETRAS - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_ContribuiçõesPedagogiaProjetos.pdf2,34 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons