Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/17449
Title: Encruzilhada : perspectivas circenses e a vivência Iuna de Capoeira Angola.
Authors: Thiago, Tábatta Iori
metadata.dc.contributor.advisor: Bortolini, Neide das Graças de Souza
Dulci, Luciana Crivellari
Keywords: Circo social
Capoeira Angola
Decolonialidade
Encruzilhada
Issue Date: 2023
metadata.dc.contributor.referee: Bortolini, Neide das Graças de Souza
Dulci, Luciana Crivellari
Souza, Alda Fátima de
Silva, Edson Moreira da
Cavalcante, Alex Beigui de Paiva
Citation: THIAGO, Tábatta Iori. Encruzilhada: perspectivas circenses e a vivência Iuna de Capoeira Angola. 2023. 164 f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) – Instituto de Filosofia, Arte e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2023.
Abstract: Esta pesquisa investiga o cruzamento entre as práticas pedagógicas decoloniais advindas de projetos sociais da Capoeira Angola de Mestre Primo (Grupo Iuna - BH/MG) e as práxis de Circo Social. A partir de um diálogo com artistas circenses através de um Mapeamento online, foi realizado um mapeamento em torno de vidas circenses nas perspectivas de colonialidade, ou ainda difundidos nas artes circenses, ou decolonialidade, com um recorte para o aprofundamento dos possíveis riscos diversos que permeiam o universo do circo. Junto a esses estudos se contextualizam as origens e trajetória das artes circenses e do Circo Social, com o objetivo de entender o quanto os fundamentos decoloniais e antirracistas da Capoeira Angola, difundida por Mestre Primo e pelo Grupo Iuna, são potentes inspirações para as práticas libertárias do ensino no contexto do Circo Social. É registrada a origem e o trabalho do Grupo Iuna na periferia do Bairro Saudade em Belo Horizonte. Em suma, essa pesquisa dedica-se à reflexão acerca da encruzilhada de saberes que pode auxiliar no enfrentamento do risco social que a maioria das crianças e jovens dos projetos de Circo Social enfrentam.
metadata.dc.description.abstracten: This research seeks to investigate the intersection between decolonial pedagogical practices arising from social projects of Capoeira Angola by Mestre Primo (Grupo Iuna - BH/MG) and the practices of Circo Social. Based on a dialogue with circus artists through an online Mapping, an attempt was made to map paradigms based on patterns of coloniality still widespread in circus arts, with a focus on deepening the possible diverse risks that permeate the universe of the circus. Together with these clippings, the origins and trajectory of the circus arts and the Social Circus are contextualized. With the aim of understanding how much the decolonial and anti-racist foundations of Capoeira Angola spread by Mestre Primo and Grupo Iuna are powerful inspirations for the pedagogical practices of teaching in the context of Circo Social, it tells about the origin and work of Grupo Iuna on the outskirts of Bairro Saudade in Belo Horizonte. It is dedicated to reflecting on how this crossroads can help in facing social risk and in reducing damage and marks generated by the poor, violent and unequal daily life that most children and young people who attend Social Circus projects face.
Description: Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas. Departamento de Artes, Instituto de Filosofia, Arte e Cultura, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/17449
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 24/08/2023 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:PPGAC - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_EncruzilhadaPerspectivaCircenses.pdf2,55 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons