Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16922
Title: Diversidade da comunidade de macroinvertebrados bentônicos no reservatório de Volta Grande, Bacia do Baixo Rio Grande.
Other Titles: Diversity of the benthic macroinvertebrates community in the Volta Grande reservoir, Lower Rio Grande Basin.
Diversidad de la comunidade de macroinvertebrados benónicos en el embalse Volta Grande, Cuenca del Bajo Río Grande.
Authors: Camargo, Paulo Ricardo da Silva
Barbosa, Newton Pimentel de Ulhôa
Cardoso, Antônio Valadão
Assis, Paulo Santos
Pelli, Afonso
Keywords: Interações ecológicas
Diversity index
Zoobentos
Issue Date: 2022
Citation: CAMARGO, P. R. da S. Diversidade da comunidade de macroinvertebrados bentônicos no reservatório de Volta Grande, Bacia do Baixo Rio Grande. Research, Society and Development, v. 11, n. 7, artigo e51711730213-1, jun. 2022. Disponível em: <https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30213>. Acesso em: 15 mar. 2023.
Abstract: A comunidade de macroinvertebrados bentônicos é composta por alguns organismos mais sensíveis e outros mais resistentes as mudanças ambientais. Nesse sentido, são utilizados como bioindicador. O presente trabalho teve como objetivo verificar a diversidade de espécies local (diversidade alfa) da comunidade de macroinvertebrados em dois trechos da Bacia do Baixo Rio Grande com composição de substrato distintos. O estudo ocorreu em dois pontos da Bacia do Baixo Rio Grande. No ponto 1 foram coletadas amostras de sedimentos ao longo de doze meses, onde foram calculados o índice de diversidade dos parâmetros riqueza (S), abundância, dominância, diversidade de ShannonWiener (H'), diversidade de Simpson (D') e equitabilidade (J) e por meio da análise não paramétrica Kruskal-Wallis foram comparados entre todos os meses do ano e também estação chuvosa e de estiagem. No ponto 2 foram coletados substratos artificiais e foram calculados os índices de diversidade, compreendendo também as estações chuvosas e de estiagem. No ponto 1 não houve diferença significa entre as estações chuvosas e de estiagem, mas apresentou diferenças entre a abundância e equitabilidade entre todos os meses amostrados. No ponto 2 foi evidenciado que o valores dos índices de diversidades se apresentaram maiores nos meses de estiagem. Em síntese, foi inferido que as comunidades bentônicas podem estar sob o reflexo da homogeneização ambiental resultantes das atividades antrópicas. Portanto, esses índices de diversidades podem ser uma ferramenta adequada para compreender o ambiente, e assim fomentar decisões mitigadoras em prol da conservação das espécies mais assertivas.
metadata.dc.description.abstracten: The benthic macroinvertebrate community is composed of some organisms that are more sensitive and others more resistant to environmental changes. In this sense, they are used as a bioindicator. The present work aimed to verify the local species diversity (alpha diversity) of the macroinvertebrate community in two stretches of the Lower Rio Grande Basin with distinct substrate composition. The study was carried out at two sites on the Rio Grande. At point 1, sediment samples were collected over a period of twelve months, where the diversity index of the parameters richness (S), abundance, dominance, Shannon-Wiener diversity (H'), Simpson diversity (D') and equitability (J) were calculated and through the non-parametric Kruskal-Wallis analysis were compared between all the months of the year, as well as the rainy and dry seasons. At point 2, artificial objects were calculated and diversity indices were calculated, also including the rainy and estimation seasons. In point 1 there was no significant difference between the rainy and dry seasons, but there were differences in abundance and evenness between all months sampled. In point 2 it was evident that the diversity index values were higher during the dry season. In summary, it was inferred that the benthic communities may be under the reflex of environmental homogenization resulting from anthropic activities. Therefore, these diversity indices can be an adequate tool to understand the environment, and thus promote more assertive mitigation decisions in favor of the conservation of species.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16922
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30213
ISSN: 2525-3409
metadata.dc.rights.license: Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - AtribuiçãoNãoComercial 4.0 Internacional. Fonte: PDF do artigo.
Appears in Collections:DEMET - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_DiversidadeComunidadeMacroivertebrados.pdf457,27 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.