Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16269
Title: Por uma formação ética e estética de mulheres-professoras a partir do conceito de alteridade perante a diferença.
Authors: Diniz, Margareth
Keywords: Formação docente
Inclusão
Issue Date: 2021
Citation: DINIZ, M. Por uma formação ética e estética de mulheres-professoras a partir do conceito de alteridade perante a diferença. Currículo sem Fronteiras, v. 21, n. 1, p. 114-140, jan./abr. 2021. Disponível em: <http://www.curriculosemfronteiras.org/vol21iss1articles/diniz.pdf>. Acesso em: 06 jul. 2022.
Abstract: O presente artigo problematiza a formação docente em relação à subjetividade, à alteridade e à diferença, especialmente relacionada às pessoas com deficiência e às políticas inclusivas. Ao abordar a trajetória das pessoas com deficiência e as concepções segregadoras que as marcaram ao longo de décadas, destaco a formação docente para a inclusão considerando o tripé, buscando dispositivos que o alcancem e rompam com modelos standards que invisibilizam e segregam o sujeito. O referencial teórico acerca da relação com o saber cunhada por Bernard Charlot atravessa o trabalho, concebendo o sujeito em relação consigo mesmo, com o mundo e com os outros, mediados pela cultura e pela linguagem, incidindo em mobilizações que perpassam a formação docente. A Conversação, introduzida pela Psicanálise, utilizada aqui como metodologia de pesquisa, possibilita às mulheres-professoras a invenção de novas saídas para lidar com o mal- estar, somada às visitas aos museus brasileiros, constituindo-se, assim, em dispositivos de intervenção. O resultado desse trabalho visa à constituição de uma experiência singular, promovendo efeitos de deslocamento físico e psíquico em mulheres-professoras em relação à arte e à cultura no projeto intitulado formação ética e estética de mulheres-professoras em uma experiência de alteridade.
metadata.dc.description.abstracten: This article discusses teacher education in relation to subjectivity, alterity and difference, especially related to people with disabilities and inclusive policies. In adressing the trajectory of people with disabilities and the segregating concepts that have marked them for decades, I highlight the teacher training for inclusion considering the tripod, looking for devices that reach and break with standard models that make the subject invisible and segregate, The theoretical framework about the relationship with knowledge coined by Bernard Charlot runs through the work, conceiving the subject in relation to himself, with the world and with others, mediated by culture and language, focusing on mobilizations that permeate teacher training. Conversation, introduced by Psychoanalysis, used here as a research methodology, allows women-teacher to invente new ways to deal with malaise, in addition to visits to Brazilian museums, thus constituting intervention devices. The result of this work aims at the constitution of a singular experience, promoting effects of physical and psychic displacement in women teachers in relation to art and culture in the project entitled ethical and aesthetic training of women teachers in an experience of otherness.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/16269
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.35786/1645-1384.v21.n1.7
ISSN: 1645-1384
metadata.dc.rights.license: O periódico Currículo sem Fronteiras permite e estimula autores a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial. Fonte: Currículo Sem Fronteiras <http://artigos-csf.org/index.php/csf/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 13 abr. 2022.
Appears in Collections:DEEDU - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_FormaçãoÉticaEstética.pdf380,09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.