Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/15184
Title: A paisagem e o geopatrimônio na região leste do Quadrilátero Ferrífero, MG.
Authors: Nascimento, Stênio Toledo
metadata.dc.contributor.advisor: Castro, Paulo de Tarso Amorim
Keywords: Geodiversidade
Geopatrimônio
Geoconservação
Paisagens - proteção
Issue Date: 2022
metadata.dc.contributor.referee: Castro, Paulo de Tarso Amorim
Costa, Adivane Terezinha
Mansur, Katia Leite
Nolasco, Marjorie Cseko
Azevedo, Úrsula Ruchkys de
Citation: NASCIMENTO, Stênio Toledo. A paisagem e o geopatrimônio na região leste do Quadrilátero Ferrífero, MG. 2022. 158 f. Tese (Doutorado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2022.
Abstract: Nas últimas décadas, os trabalhos que tratam do tema do geopatrimônio vêm aumentando e diversificando a temática em relação aos elementos que podem fazer parte deste conjunto de locais de interesse. Neste estudo, a paisagem é o foco de um trabalho que busca avaliar o geopatrimônio na região leste do Quadrilátero Ferrífero (QFe) a partir da definição de critérios e métodos de análises que permitam o reconhecimento das estruturas naturais da paisagem, suas interações e a organização do espaço. Para isso, partiu-se da hipótese de que diferentes elementos da paisagem podem auxiliar na definição de locais de interesse geomorfológico e/ou geológico sob a perspectiva da geodiversidade, geoconservação e geoturismo. O QFe é uma importante província mineral, localizada na região central do Estado de Minas Gerais, cuja diversidade geológica e geomorfológica formam paisagens que traz para região um reconhecimento nacional e internacional. A geodiversidade foi quantificada a partir de 123 diferentes elementos abióticos das seguintes classes: litologia, unidades geológicas, idades geológicas, densidade de lineamentos, declividade, orientação das vertentes, densidade de drenagens e ocorrências minerais. A escala de trabalho, de 1:50.000, e o teste de tamanhos de grid, de 250 x250 metros, foram fundamentais para a determinação da geodiversidade local e permitiram o conhecimento regional da área de estudo. O trabalho de campo foi realizado de forma complementar para a avaliação da geodiversidade e identificação das paisagens. Na segunda etapa do trabalho foi desenvolvido um dos objetivos deste estudo: apresentar metodologia para avaliação da paisagem seguindo os conceitos e parâmetros que permitem a avaliação do geopatrimônio. Além da revisão de literatura, foi utilizado o método Delphi na consulta por e-mail em 2020 a 76 especialistas na temática do geopatrimônio realizada em duas etapas para determinação de quais critérios e suas relevâncias para avaliação do geopatrimônio em relação a paisagem. Foi, então, criado o do “Protocolo de inventariação para paisagens como geopatrimônio” que foi então aplicado a 73 locais de interesse geomorfológico (LIGe) na região leste do QFe, a partir dos quais foi possível reconhecer diferentes paisagens e diferentes pontos de observação destas. Por fim, esses locais foram agrupados em seis unidades que receberam o nome de acordo com a região, a saber: Unidade Caraça, Unidade Bento Rodrigues, Unidade Antônio Pereira, Unidade Mariana, Unidade Rio das Velhas e Unidade Ouro Preto. Estas unidades configuram um patrimônio paisagístico na região, já conhecida por duas rotas turísticas de relevância nacional: o Caminho dos Diamantes e Nos Passos de Dom Viçoso, relacionas à história da mineração e pela religiosidade. O trabalho cumpriu seu objetivo ao definir os critérios de avaliação e a determinação do conjunto patrimonial da paisagem no QFe. É importante ressaltar a necessidade de maior divulgação deste patrimônio paisagístico, pois apesar de conter áreas protegidas legalmente, como Reserva Particular de Patrimônio Natural – Santuário do Caraça, Parque Natural Municipal das Andorinhas e Parque Estadual do Pico do Itacolomi, grande parte da região passou e ainda passa por processos antrópicos que modificam a paisagem, processos relacionados a mineração e as ocupações urbanas irregulares.
metadata.dc.description.abstracten: In the last decades, the works that deal with the theme of geoheritage have been increasing and diversifying the theme in relation to the elements that can be part of this set of places of interest. In this study, the landscape is the focus of a work that seeks to evaluate the geoheritage in the eastern region of the Quadrilátero Ferrífero (QFe) from the definition of criteria and analysis methods that allow the recognition of natural landscape structures, their interactions and the organization of space. For this, it started from the hypothesis that different elements of the landscape can help in the definition of places of geomorphological and/or geological interest from the perspective of geodiversity, geoconservation and geotourism. The QFe is an important mineral province, located in the central region of the State of Minas Gerais, whose geological and geomorphological diversity forms landscapes that bring national and international recognition to the region. Geodiversity was quantified from 123 different abiotic elements of the following classes: lithology, geological units, geological ages, lineament density, slope, slope orientation, drainage density and mineral occurrences. The working scale, of 1:50,000, and the test of grid sizes, of 250 x250 meters, were fundamental for the determination of the local geodiversity and allowed the regional knowledge of the study area. Fieldwork was carried out in a complementary way for the assessment of geodiversity and identification of landscapes. In the second stage of the work, one of the objectives of this study was developed: to present a methodology for evaluating the landscape following the concepts and parameters that allow the evaluation of the geoheritage. In addition to the literature review, the Delphi method was used in the email consultation in 2020 to 76 experts on the topic of geoheritage carried out in two stages to determine which criteria and their relevance for the assessment of geoheritage in relation to the landscape. The “Inventory protocol for landscapes as geoheritage” was then created, which was then applied to 73 places of geomorphological interest (LIGe) in the eastern region of the QFe, from which it was possible to recognize different landscapes and different observation points of these areas. Finally, these locations were grouped into six units that were named according to the region, namely: Caraça Unit, Bento Rodrigues Unit, Antônio Pereira Unit, Mariana Unit, Rio das Velhas Unit and Ouro Preto Unit. These units constitute a landscape heritage in the region, already known for two tourist routes of national relevance: Caminho dos Diamantes and Nos Passos de Dom Viçoso, related to the history of mining and religiosity. The work fulfilled its objective by defining the evaluation criteria and the determination of the landscape heritage set in the QFe. It is important to mphasize the need for greater dissemination of this landscape heritage, because despite having legally protected areas, such as the Reserva Particular de Patrimônio Natural – Santuário do Caraça, Parque Natural Municipal das Andorinhas e Parque Estadual do Pico do Itacolomi, a large part of the region passed and it still goes through anthropic processes that modify the landscape, processes related to mining and irregular urban occupations.
Description: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/15184
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 29/08/2022 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPGECRN - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_PaisagemGeopatrimônioRegião.pdf18,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons