Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13321
Title: Dynamics and determinants of export diversification in Brazil from 2003 to 2013.
Other Titles: Dinâmica e determinantes da diversificação das exportações brasileiras no período de 2003 a 2013.
Authors: Oliveira, Heder Carlos de
Jegu, Elodie
Santos, Venussia Eliane
Keywords: Economic growth
Dados em painel dinâmico
Crescimento econômico
Issue Date: 2020
Citation: OLIVEIRA, H. C. de; JEGU, E.; SANTOS, V. E. Dynamics and determinants of export diversification in Brazil from 2003 to 2013. Economia e Sociedade, Campinas, v. 29, n. 1 (68), p. 29-51, jan./abr. 2020. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ecos/a/grNQfyWqmC9VNswS834syqz/?lang=en>. Acesso em: 24 maio 2021.
Abstract: Brazil was successful in diversifying its export package from the 1960s to the beginning of the twenty-first century. However, this performance has been more ambiguous over the last decade. This study explores the literature on the impact of export diversification on economic growth and the determinants of successful diversification. More specifically, it analyzes the dynamics of Brazilian export diversification between 2003 and 2013. The results suggest that, overall, exports momentarily concentrated in 2004, 2008 and 2012, but rejoiced from a diversification spike in 2005. Southern and Southeastern states are found to have more diversified exports, but Central-West and Northeastern states have experienced higher diversification rates since 2006. Via a dynamic panel data analysis, using System General Methods of Moments estimation method, including all Brazilian states, past diversification performances, education, patents per capita, credits and public investments are found to be significant determinants of Brazilian export diversification.
metadata.dc.description.abstracten: Durante o período de 1960 até o início do século XXI, o Brasil apresentou um processo de diversificação das exportações do país de forma satisfatória. No entanto, essa performance tem sido bastante ambígua no decorrer das últimas décadas. Esse artigo, além de explorar a literatura que trata da relação entre diversificação das exportações e crescimento econômico, analisa os determinantes da diversificação das exportações brasileiras no período de 2003 a 2013. Para atingir os objetivos do artigo, foi utilizada a metodologia de Painel Dinâmico para os estados brasileiros. Os resultados indicam que, em geral, as exportações brasileiras concentraram-se momentaneamente nos anos de 2004, 2008 e 2012, mas tiveram um ligeiro processo de diversificação no ano 2005. Os estados do Sul e Sudeste são aqueles que apresentam maior diversificação dos produtos exportados, mas os estados do Centro-Oeste e Nordeste experimentam, desde o ano de 2006, altas taxas de diversificação das suas pautas de exportação. Além disso, os resultados econométricos indicam que as variáveis de educação, patentes per capitas, acesso ao crédito e investimentos públicos, demonstraram relação positiva e significativa com o processo de diversificação da economia brasileira no período estudado.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13321
metadata.dc.identifier.doi: https://doi.org/10.1590/1982-3533.2020v29n1art02
ISSN: 1982-3533
metadata.dc.rights.license: Este artigo está sob os termos da Licença Creative Commons-Atribuição 4.0 Internacional. Fonte: o PDF do artigo.
Appears in Collections:DEECO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_DynamicsDeterminantsExport.pdf1,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.