Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13302
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorArcipreste, Cláudia Mariapt_BR
dc.contributor.advisorGuimarães, Irce Fernandes Gomespt_BR
dc.contributor.authorFerreira, Anna Marys Saraiva-
dc.date.accessioned2021-06-29T15:40:29Z-
dc.date.available2021-06-29T15:40:29Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationFERREIRA, Anna Marys Saraiva. Unidades básicas de saúde em Light Steel Frame: requisitos de qualidade. 2020. 134 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Engenharia das Construções) - Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13302-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em Engenharia das Construções. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractCom a expansão da construção civil nas últimas décadas e o aumento da concorrência houve o acirramento da competitividade das empresas da construção, que tendem a melhorar a eficácia das entregas, buscarem a máxima satisfação dos clientes e a melhoria contínua dos seus processos construtivos para obter um diferencial. Deste modo, os novos empreendimentos procuram por diferentes soluções que aperfeiçoem os métodos e processos construtivos, ou seja, que utilizem de sistemas construtivos racionalizados, como o Light Steel Frame (LSF). Caracterizado por ser um sistema industrializado e de concepção racional; distinto pelo uso de perfis formados a frio (PFF) de aço galvanizado para compor a estrutura e por subsistemas que proporcionam uma construção industrializada e a seco. Neste contexto, coloca-se a questão central da pesquisa: quais seriam os requisitos de qualidade indispensáveis no processo de concepção das Unidades Básicas de Saúde (UBS), que atendam às necessidades do governo e colaboradores da Equipe de Saúde da Família (ESF)? Este trabalho é uma pesquisa exploratória sobre três (UBS) em LSF. Aliou-se a teoria à prática e realizou-se uma pesquisa de campo in loco, utilizando-se dos instrumentos: entrevista não estruturada, análise documental e registros fotográficos das obras situadas numa cidade do Estado de Minas Gerais. Foi utilizado ferramentas da qualidade como: Diagrama de Afinidades, Lista de verificação e o método Quality Function Deployment (QFD) para análise e tratamento dos dados. Pesquisou-se três UBS do tipo I, localizadas em bairros distintos. Os resultados apontam que só há racionalização construtiva do sistema LSF se este for considerado desde a concepção do projeto, com ênfase na otimização dos seus componentes (métodos, processos e materiais). Para tal, deve-se utilizar de estratégias como a compatibilização entre projetos, identificando, analisando e solucionando as interferências, de modo a evitar imprevistos, retrabalhos no canteiro de obras ou avarias. Foram levadas em consideração, apenas, a análise documental, as notas de campo da pesquisa in loco, as inspeções visuais e as entrevistas, não sendo realizada nenhuma medição, teste ou averiguação técnica que pudessem apontar se os itens estão ou não em conformidade com as normas de desempenho. Sugere-se que a empresa construtora possa ter esses relatos em seu banco de dados, e modificá-los em projetos futuros, não somente nas UBS, mas em todos os empreendimentos a serem executados, a fim de evitar ocorrências que possam inferir na qualidade e nas vantagens construtivas do LSF.É essencial para uma melhor gestão da qualidade em projetos que estes sejam incorporados às atividades de concepção e processos dos diferentes agentes interessados na avaliação da qualidade (construtoras ou agentes de políticas públicas) e também que se deve transformar os requisitos em possíveis indicadores, ou índices que possam ser mensuráveis e gerenciados, para assegurar a conformidade, ou não conformidade, das UBS em relação aos requisitos dos usuários. A principal contribuição deste trabalho é a relação dos requisitos de qualidade para os usuários: o governo e a Equipe de Saúde da família.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/us/*
dc.subjectUnidades básicas de saúdept_BR
dc.subjectLight Steel Framept_BR
dc.subjectRequisitos de qualidadept_BR
dc.subjectAdministração em projetospt_BR
dc.titleUnidades básicas de saúde em Light Steel Frame : requisitos de qualidade.pt_BR
dc.typeDissertacaopt_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 14/06/2021 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeArcipreste, Cláudia Mariapt_BR
dc.contributor.refereeGuimarães, Irce Fernandes Gomespt_BR
dc.contributor.refereeSouza, Flávio Teixeira dept_BR
dc.contributor.refereeMazon, Ana Amélia Oliveirapt_BR
dc.description.abstractenWith the expansion of civil construction in recent decades and increased competition, the competitiveness of construction companies has intensified, which tend to improve the efficiency of deliveries, seek maximum customer satisfaction and the continuous improvement of their construction processes to obtain a differential. In this way, new ventures look for different solutions that improve construction methods and processes, that is, that use rationalized construction systems, such as the Light Steel Frame (LSF). Characterized by being an industrialized system and of rational design; distinguished by the use of cold formed profiles (PFF) of galvanized steel to compose the structure and by subsystems that provide an industrialized and dry construction. In this context, the central question of the research arises: what would be the indispensable quality requirements in the design process of the Basic Health Units (UBS), which meet the needs of the government and collaborators of the Family Health Team (ESF)? This work is an exploratory research on three (UBS) in LSF. The theory was combined with practice and a field research was carried out in loco, using the instruments: unstructured interview, document analysis and photographic records of the works located in a city in the state of Minas Gerais. Quality tools such as: Affinity Diagram, Checklist and the Quality Function Deployment (QFD) method were used for data analysis and treatment. Three type I BHUs were researched, located in different neighborhoods. The results show that there is only a constructive rationalization of the LSF system if it is considered from the conception of the project, with an emphasis on the optimization of its components (methods, processes and materials). To this end, strategies such as compatibility between projects should be used, identifying, analyzing and solving interferences, in order to avoid unforeseen events, rework on the construction site or breakdowns. Only the documental analysis, the field notes of the onsite research, the visual inspections and the interviews were taken into consideration, with no measurement, test or technical investigation being carried out that could indicate whether the items are in compliance with the performance standards. It is suggested that the construction company may have these reports in its database, and modify them in future projects, not only in the UBS, but in all the projects to be carried out, in order to avoid occurrences that may infer the quality and in the constructive advantages of LSF. It is essential for better quality management in projects that these are incorporated into the design activities and processes of the different agents interested in quality assessment (construction companies or public policy agents) and also that the requirements must be transformed in possible indicators, or indices that can be measured and managed, to ensure the compliance, or non-compliance, of the UBS in relation to the requirements of the users. The main contribution of this work is the list of quality requirements for users: the government and the ESF.pt_BR
Appears in Collections:MECOM - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_UnidadesBásicasSaúde.pdf4,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons