Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/13151
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGonçalves, Andréa Lislypt_BR
dc.contributor.authorJardim, Ana Cristina Magalhães-
dc.date.accessioned2021-03-18T12:43:11Z-
dc.date.available2021-03-18T12:43:11Z-
dc.date.issued2020pt_BR
dc.identifier.citationJARDIM, Ana Cristina Magalhães. Processos de nobilitação e o modo de viver à lei da nobreza de uma família mineira: Vila Rica - 1736-1820. 2020. 387 f. Tese (Doutorado em História) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/13151-
dc.descriptionPrograma de Pós-Graduação em História. Departamento de História, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.pt_BR
dc.description.abstractA presente tese buscou analisar a trajetória nobilitante de Bernardo da Silva Ferrão (1688-1764), e teve, como principais fontes, seu Processo de Habilitação à Ordem de Cristo (Mesa de Consciência e Ordens, de 1723 a 1729) e de Familiar do Santo Ofício (Tribunal da Santa Inquisição de Lisboa, de 1736 a 1743). A pesquisa teve por objetivo mais amplo compreender como um sujeito histórico, como Bernardo da Silva Ferrão, ascendeu na sociedade corporativa e estamental do Antigo Regime. Natural do reino, filho e neto de oficiais mecânicos, prestou “valorosos” serviços ao monarca no Alentejo, em Pernambuco, no Rio de Janeiro, em Montevidéu e, por fim, em Minas Gerais, onde fixou residência com sua família, o que permite compreender o sentido do que a historiografia vem denominando como Monarquia Pluricontinental. As demais fontes disponíveis, dentre as quais estão petições da administração ultramarina portuguesa, embargos e testamentos, levaram ao estudo do chamado “modo de viver à lei da nobreza” na Vila Rica do século XVIII, com todas as peculiaridades da América portuguesa. Por fim, analisou-se as redes clientelares traçadas por Bernardo da Silva Ferrão, por sua esposa, Francisca de Seixas da Fonseca, seus filhos, com as carreiras que desenvolveram no reino ou na colônia, os casamentos de suas filhas e a trajetória de alguns netos, como José Carlos Mairink da Silva Ferrão, que se envolveu na Revolução Pernambucana de 1817, ou Maria Doroteia Joaquina de Seixas, conhecida como “Marília de Dirceu”.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectMaria Doroteia Joaquina de Seixaspt_BR
dc.subjectNobrezapt_BR
dc.subjectFamíliapt_BR
dc.subjectBiografiapt_BR
dc.titleProcessos de nobilitação e o modo de viver à lei da nobreza de uma família mineira : Vila Rica - 1736-1820.pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.rights.licenseAutorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 13/11/2020 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.pt_BR
dc.contributor.refereeGonçalves, Andréa Lislypt_BR
dc.contributor.refereeAntunes, Álvaro de Araújopt_BR
dc.contributor.refereeAlmeida, Carla Maria Carvalho dept_BR
dc.contributor.refereeKantor, Írispt_BR
dc.contributor.refereeFurtado, Júnia Ferreirapt_BR
dc.description.abstractenThe present thesis sought to analyze the noble trajectory of Bernardo da Silva Ferrão (1688-1764), and had, as main sources, his Process of licenses to the Order of Christ (Table of Consciousness and Orders, from 1723 to 1729) and a Family Member of the Holy Office (Court of the Holy Inquisition of Lisbon, from 1736 to 1743). The research had a broader objective to understand how a historical subject, like Bernardo da Silva Ferrão, ascended in the corporate and state society of the Old Regime. Born in the kingdom, son and grandson of mechanical officers, he rendered “valuable” services to the monarch in Alentejo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Montevideo and, finally, in Minas Gerais, where he took up residence with his family, which allows understand the meaning of what historiography has been calling Pluricontinental Monarchy. The other available sources, among which are petitions from the Portuguese overseas administration, embargoes and wills, led to the study of the so-called “way of living under the law of nobility” in Vila Rica in the 18th century, with all the peculiarities of the tropics. Finally, we analyzed the client networks established by Bernardo da Silva Ferrão, his wife, Francisca de Seixas da Fonseca, their children, with the careers they developed in the kingdom or in the colony, the weddings of their daughters and the trajectory of some grandchildren, such as José Carlos Mairink da Silva Ferrão, who was involved in the Pernambuco Revolution of 1817, or Maria Doroteia Joaquina de Seixas, known as “Marília de Dirceu”.pt_BR
Appears in Collections:PPGHis - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_ProcessosNobilitaçãoModo.pdf4,01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons