Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/jspui/handle/123456789/12885
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAttílio, Luccas Assis-
dc.date.accessioned2020-10-24T16:49:43Z-
dc.date.available2020-10-24T16:49:43Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.citationATTÍLIO, L. A. Efeito da financeirização sobre a produtividade do trabalho. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 38, n. 3, p. 145-162, set./out. 2019. Disponível em: <http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/Enfoque/article/view/42995>. Acesso em: 27 set. 2020.pt_BR
dc.identifier.issn1984-882X-
dc.identifier.urihttp://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/12885-
dc.description.abstractNesse artigo investiga-se o impacto da financeirização sobre a produtividade do trabalho em uma amostra de 71 economias em desenvolvimento entre os anos 1993 e 2016. Utiliza-se a definição de financeirização relativa às empresas, na qual as firmas estariam adotando a estratégia de maximizing shareholder value. Dois importantes fatos são vistos na amostra: em primeiro lugar, observa-se uma desaceleração no crescimento da produtividade do trabalho ao longo dos anos. Posteriormente, percebe-se que o valor de mercado das empresas em proporção com o PIB – proxy da financeirização - se elevou no mesmo período. Por meio de dados em painel, evidencia-se a influência negativa da financeirização sobre a produtividade da mão-de-obra.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsabertopt_BR
dc.subjectCrescimento econômicopt_BR
dc.titleEfeito da financeirização sobre a produtividade do trabalho.pt_BR
dc.title.alternativeEffect of financialization on labor productivity.pt_BR
dc.typeArtigo publicado em periodicopt_BR
dc.rights.licenseO periódico Enfoque: Reflexão Contábil é publicado sob o modelo Acesso Aberto e permite a qualquer um a leitura e download, bem como a cópia e disseminação de seu conteúdo de acordo com as políticas de copyright Creative Commons Attribution 3.0. Fonte: Enfoque: Reflexão Contábil <http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/Enfoque/about/submissions#authorGuidelines>. Acesso em: 21 ago. 2020.pt_BR
dc.description.abstractenIn this paper we investigate the impact of financialization on labor productivity in a sample of 71 developing economies between 1993 and 2016. We use the definition of financialization for companies, in which firms are adopting the strategy of maximizing shareholder value. Two important facts are seen in the sample: first, there is a slowdown in labor productivity growth over the years. Subsequently, we realized that the market value of the companies in proportion to the GDP - proxy for financialization - rose during the same period. Through panel data, it is presented the negative influence of financialization on labor productivity.pt_BR
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.4025/enfoque.v38i3.42995pt_BR
Appears in Collections:DEECO - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_EfeitoFinanceirizaçãoProdutividade.pdf592,12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.