Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11835
Title: Desenvolvimento e validação de métodos analíticos espectrométrico em plasma bovino para aplicação na confecção de dispositivos de liberação controlada de progesterona.
Authors: Reigosa, Isis de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Brandão, Humberto de Mello
Mosqueira, Vanessa Carla Furtado
Keywords: Progesterona
Plasma sanguíneo
Espectometria
Issue Date: 2019
metadata.dc.contributor.referee: Sales, José Nélio de Sousa
Soares, Jaqueline dos Santos
Brandão, Humberto de Mello
Citation: REIGOSA, Isis de Freitas. Desenvolvimento e validação de métodos analíticos espectrométrico em plasma bovino para aplicação na confecção de dispositivos de liberação controlada de progesterona. 2019. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) – Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.
Abstract: A progesterona é um importante hormônio na reprodução de bovinos normalmente quantificado por radioimunoensaio. A cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massa é uma alternativa que tem sido usada com menor frequência, que elimina os riscos associados ao manuseio de material radioativo. No presente estudo foi desenvolvido e validado métodos de cromatografia líquida acoplada a espectrometria de massas para a determinação dos níveis de progesterona em plasma bovino e meio aceptor (etanol: água 62,5: 37,5 v/v), com acetado de medroxiprogesterona como padrão interno. E avaliouse a cinética de liberação de P4 incorporada em PCL. As amostras foram preparadas utilizando extração por precipitação proteica, e os extratos foram injetados diretamente no sistema cromatográfico. A separação cromatográfica foi realizada com pré-coluna Vanguard C18 e coluna BEH-C18 1,7µm e 100mm de comprimento usando metanol e gradiente de solução aquosa de ácido fórmico a 0,1% como fase móvel com taxa de fluxo de 0,3 ml / min. Utilizou-se fonte electrospray no modo positivo. Monitoramento de reação múltipla para o íon precursor quantificador de P4 (m / z 315) de m / z 97,0; e para IS (m / z 387,2) de m / z 327,0. Boa linearidade foi observada ao longo das faixas de concentração com uma regressão linear (1/x) nas duas matrizes. O método desenvolvido para matriz plasma bovino foi comparado com resultados de radioimunoensaio. As técnicas obtiveram alta correlação (i.e. 0,959) e não foi detectada diferença na média dos resultados comparando as duas técnicas de quanticação de progesterona (P <0,05). O método altamente seletivo proposto para quantificar P4 não requer derivatização de amostras, que é uma etapa corriqueira para a quantificação de hormônios esteróides. A cinética de liberação da P4 em PCL foi de 1ª ordem. Portanto, foi desenvolvido um método em CLUEEM/EM/ESI sensível, seletivo e reprodutível para quantificação de P4 em duas matrizes que é capaz de substituir o RIE. Também foi feito um piloto da liberação de P4 em PCL que pode servir como base para futuras etapas de desenvolvimento de dispositivos intravaginais de P4 com PCL.
metadata.dc.description.abstracten: Progesterone is an important parameter in bovine reproduction normally quantified by radioimmunoassay. Liquid chromatography coupled to mass spectrometry is an alternative that has been used much less frequently, which eliminates the risks associated with the handling of radioactive material. In the present study, liquid chromatography coupled to mass spectrometry for the determination of progesterone levels in bovine plasma and acceptor medium (ethanol: water 62.5: 37.5 v / v) with medroxyprogesterone acetate internal standard. And to evaluate the release kinetics of P4 incorporated in PCL. The samples were prepared using protein precipitation extraction technique, and the extracts were injected directly into the chromatographic system. Chromatographic separation was performed with Vanguard C18 pre-column and BEH-C18 column 1.7μm and 100mm length using methanol and aqueous solution gradient of 0.1% formic acid as mobile phase with flow rate of 0.3 ml / min. The electrospray source was used in the positive mode. Multiple reaction monitoring for the P4 quantification precursor ion (m/z 315) of m / z 97.0; and for IS (m/z 387.2) m/z 327.0. Good linearity was observed along the concentration bands with a linear regression (1/x) in the two matrices. The method developed for bovine plasma matrix was compared with radioimmunoassay results. The techniques obtained high correlation (i.e., 0.959) and no difference was detected in the mean of the results comparing the two progesterone quantification techniques (P<0.05). The highly selective method proposed here for quantification of P4; does not require derivatization of samples, which is a common step for the quantification of steroid hormones. The release kinetics of P4 in PCL was of the first order. Therefore, a sensitive, selective and reproducible UPLC MS/MS-ESI method was developed for P4 quantification in two matrices that is able to replace the RIE. A pilot for the release of P4 in PCL has also been made, which can serve as a basis for future stages of development of intravaginal P4 devices with PCL.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. CIPHARMA, Escola de Farmácia, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11835
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 19/11/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite a adaptação.
Appears in Collections:CIPHARMA - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_DesenvolvimentoValidaçãoMétodos.pdf1,52 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons