Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11694
Title: Abundância e distribuição de elementos metálicos em águas integrantes da Unidade de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos Caratinga, sub-bacia do rio Doce.
Authors: Soares, Tatiana Luiza
metadata.dc.contributor.advisor: Roeser, Hubert Mathias Peter
Keywords: Rio Caratinga - MG
Água - contaminação por metais
Bacia do rio Doce - MG
Água - qualidade
Bacia hidrográfica
Issue Date: 2019
metadata.dc.contributor.referee: Roeser, Hubert Mathias Peter
Horn, Adolf Heinrich
Santiago, Aníbal da Fonseca
Citation: SOARES, Tatiana Luiza. Abundância e distribuição de elementos metálicos em águas integrantes da Unidade de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos Caratinga, sub-bacia do rio Doce. 2019. 134 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) – Núcleo de Pesquisas e Pós-Graduação em Recursos Hídricos, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2019.
Abstract: Este estudo foi realizado na Unidade de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos Caratinga (UPGRH DO5). Seu principal objetivo foi contribuir para a ampliação do diagnóstico ambiental dessa região, através da avaliação da abundância e distribuição espaço-temporal dos elementos metálicos presentes nos corpos hídricos integrantes dessa unidade. O estudo envolveu a coleta de amostras de água em 21 pontos ao longo da unidade durante duas campanhas, realizadas em junho de 2017 (estação seca) e fevereiro de 2018 (estação chuvosa). As amostragens compreenderam 11 pontos no rio Caratinga, 4 pontos em afluentes do rio Caratinga, 2 pontos no rio Doce e 4 pontos em outros tributários do rio Doce. O teor dos elementos metálicos foi determinado por espectrometria de emissão atômica com plasma acoplado indutivamente (ICPOES). A partir dos resultados obtidos, foi o comportamento das espécies metálicas foi avaliado através de diagramas de correlação, diagramas Eh-pH e diagramas ‘bumerangue’. Os dados de concentração observados foram ainda comparados aos limites determinados pela Resolução CONAMA n°357/2005, de modo a avaliar o nível de qualidade desses corpos d’água. Realizouse também uma análise da série histórica de dados de monitoramento do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), a fim de melhor compreender a dinâmica de distribuição dos metais na UPGRH DO5. Nas amostras de água analisadas, 12 elementos metálicos foram observados acima do limite de quantificação, sendo que, dentre esses, apenas cobre, alumínio, ferro e manganês apresentaram concentrações acima dos padrões estabelecidos pela Resolução CONAMA n°357/2005 para a classe 2. Foi possível observar que a maior parte dos elementos metálicos verificados nas águas do rio Caratinga esteve relacionada à litologia da região (predominantemente baseada em tonalitos, granitos e gnaisses). Entretanto, a maioria desses elementos foram enriquecidos por influência antrópica. No rio Caratinga, as influências antrópicas de maior destaque foram a urbanização e a agricultura, verificadas, por exemplo, através do comportamento de elementos como sódio e potássio. Já nos demais corpos hídricos, a principal influência antrópica percebida ocorre através da supressão da vegetação em razão de atividade agropecuária, refletida por elevadas taxas de erosão na região. Percebeu-se ainda, através da série histórica, que espécies de maior potencial tóxico, como cádmio, chumbo, cromo, zinco e arsênio, não são observadas com frequência na UPGRH DO5.
metadata.dc.description.abstracten: This study was carried out at the ‘Unidade de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos Caratinga’ (UPGRH DO5). The aim of this research was to contribute to expand an environmental diagnosis of the region, through the evaluation of abundance and spatiotemporal distribution of metallic elements present in waters from water bodies of this unit. This involved the collection of water samples at 21 points along the unit during two campaigns, conducted in June 2017 (dry season) and February 2018 (rainy season). The samples were collected from 11 points of Caratinga river, 4 points of tributaries of Caratinga river, 2 points of Doce river and 4 points of other tributaries of the Doce river. The content of metallic elements was determined by inductively coupled plasma atomic emission spectrometry (ICP-OES). Then, the behavior of the metallic species was evaluated through correlation diagrams, Eh-pH diagrams and boomerang diagrams. The data obtained were compared to the limits determined by the Resolução CONAMA no. 357/2005, in order to evaluate the quality level of these water bodies. An analysis of the historical monitoring data of the IGAM’s (‘Instituto Mineiro de Gestão das Águas’) was also carried out in order to understand the metal distribution dynamics in UPGRH DO5. In the analyzed water samples, 12 metal elements were observed above the quantification limit and, among them, only copper, aluminum, iron and manganese reveled concentrations above the standards established by the Resolução CONAMA no. 357/2005 for class 2. It was possible to observe that most of the metallic elements verified in the waters of Caratinga river are related to the region’s lithology, which is predominantly based on tonalites, granites and gneisses. However, most of those elements were enriched by anthropic influence. On Caratinga river, the most important anthropic influences were urbanization (verified in elements such as sodium) and agriculture (eg, potassium behavior). On the other water bodies, the main anthropic influence occurs through vegetation suppression due to agricultural activity, reflected by high erosion levels in the region. Through the historical monitoring data, higher toxic potential species, such as cadmium, lead, chromium, zinc and arsenic, are not frequently observed in UPGRH DO5.
Description: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. Núcleo de Pesquisas e Pós-Graduação em Recursos Hídricos, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11694
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 01/08/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PROAMB - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AbundânciaDistribuiçãoElementos.pdf9,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons