Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11345
Title: Internacionalização da educação superior no Brasil: a mobilidade estudantil em uma Universidade Federal mineira
Authors: Schultz, Jaqueline Pinheiro
metadata.dc.contributor.advisor: Baeta, Odemir Vieira
Keywords: Internacionalização da educação superior
Mobilidade estudantil
Universidade Federal de Ouro Preto
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Louback, Rita de Cassia Barbosa
Santos, Adilson Pereira dos
Zuin, Debora Carneiro
Citation: SCHULTZ, Jaqueline Pinheiro. Internacionalização da educação superior no Brasil: a mobilidade estudantil em uma Universidade Federal mineira. 2018. 152 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional-PROFIAP/UFV) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2018.
Abstract: A internacionalização da educação superior é uma realidade e uma tendência mundial, intensificada pela globalização. Entretanto, os níveis de internacionalização e os objetivos almejados com esse processo variam de acordo com as instituições e seus países de origem. Uma das principais atividades relacionadas à cooperação acadêmica internacional é a mobilidade de estudantes, a qual já existe desde antes da Idade Média, mas se intensificou nos últimos anos. No Brasil, o tema internacionalização das universidades tornou-se definitivamente uma pauta importante com o Programa Ciência sem Fronteiras, aumentando a visibilidade do país no exterior. Dessa forma, as parcerias bilaterais já existentes se intensificaram e se ampliaram, fazendo com que as instituições buscassem alternativas para se adaptarem a essa nova realidade. Considerando que a mobilidade de alunos de graduação se mantém principalmente por meio dos acordos bilaterais, independentemente da existência de programas governamentais temporários, entende-se que estudar o processo de mobilidade acadêmica internacional de uma instituição é importante para conhecer sua política de internacionalização e melhorar suas estratégias, o que foi feito neste trabalho tendo-se como referência a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Para isso, este estudo apresenta como pergunta de pesquisa: como institucionalizar e consolidar a política de internacionalização da UFOP no que tange à mobilidade estudantil de graduação? A partir da percepção dos alunos que participaram do programa de mobilidade internacional na UFOP, foi feita uma análise da política de internacionalização da UFOP quanto à mobilidade de estudantes de graduação referente ao período de 2014 a 2017. Por meio da análise de conteúdo dos dados coletados, utilizando-se das teorias relativas à internacionalização da educação superior e da teoria institucional, em sua perspectiva sociológica, foram identificadas potencialidades e fragilidades da política de internacionalização da UFOP no que se refere à mobilidade estudantil de graduação e ações para intensificar a institucionalização desta política na instituição foram propostas.
metadata.dc.description.abstracten: The internationalization of higher education is a reality and a global trend, intensified by globalization. However, the levels of internationalization and the objectives pursued with this process vary according to the institutions and their countries of origin. One of the main activities related to international academic cooperation is student mobility, which has existed since before the Middle Ages, but has intensified in recent years. In Brazil, the theme of internationalization in the universities has definitely become an important agenda with the Science without Borders Program, increasing the visibility of the country abroad. Therefore, existing bilateral partnerships intensified and expanded, making institutions seek alternatives to adapt to this new reality. Considering that student mobility is developed mainly through bilateral agreements, regardless of the existence of temporary governmental programs, it is understood that studying the process of international academic mobility of an institution is important to know its internationalization policy and to improve its strategies. In this study, it was done having as reference the Federal University of Ouro Preto (UFOP), by answering the following research question: how to institutionalize and consolidate the UFOP internationalization policy regarding mobility of undergraduate students? Based on the perception of the students who participated in the international mobility program at UFOP, it was made an analysis of the UFOP internationalization policy regarding student mobility, in relation to the period from 2014 to 2017. Through the content analysis of the data collected, using theories related to the internationalization of higher education and institutional theory, in its sociological perspective, the potentialities and weaknesses of UFOP's internationalization policy regarding the undergraduate student mobility were identified and actions to intensify the institutionalization of this policy in the institution were proposed
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11345
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pela autora em 24/05/2019, com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons, que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho, desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:Dissertações defendidas em outras Instituições

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_InternacionalizaçãoEducaçãoSuperior.pdf3,35 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons