Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11332
Título: As condições da classe trabalhadora em atividades características do turismo : especificidades e tendências socioprodutivas.
Título(s) alternativo(s): The conditions of workers in the characteristic activities of the tourism : socio-productive specificities and trends.
Autor(es): Alves, Kerley dos Santos
Martoni, Rodrigo Meira
Palavras-chave: Trabalho produtivo
Saúde do trabalhador
Productive labor
Worker´s Health
Data do documento: 2019
Referência: ALVES, K. dos S.; MARTONI, R. M. As condições da classe trabalhadora em atividades características do turismo : especificidades e tendências socioprodutivas. Rosa dos Ventos – Turismo e Hospitalidade, v. 11, n. 1, p. 211-223, jan./mar. 2019. Disponível em: <http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/rosadosventos/article/viewFile/6020/pdf>. Acesso em: 19 mar. 2019.
Resumo: O presente artigo teve por objetivo contribuir para a discussão aplicada ao tema do trabalho no campo do turismo, ao analisar as interações estabelecidas a partir dos processos de produção, distribuição, troca e consumo. Focando a hierarquização socioprodutiva organizada e gestada para a produção de mais valor de forma direta e indireta, são apresentados e discutidos os conceitos de trabalho útil produtivo e de trabalho útil improdutivo, com o intuito de apontar as relações sociais dominantes naqueles espaços caracterizados por vantagens comparativas. A partir dessa reflexão e da observação direta participante, com o uso de questionários estruturados, buscou-se lançar luz nas condições de trabalho e de saúde dos sujeitos ocupados nas Áreas Características do Turismo [ACT’s], apontando as possibilidades e limites de ações reguladoras do trabalho frente não somente ao Estado, mas, fundamentalmente, à sociabilidade regulada, cada vez mais, pelo mercado. Aponta-se que as condições laborativas no setor de serviços turísticos são definidas de acordo com certas condições que permitem a exploração da força de trabalho em termos relativos e/ou absolutos, gerando seu desgaste desde uma perspectiva bio-psico-social.
Resumo em outra língua: This article aims to contribute to the discussion about work in the field of tourism by analyzing the labor interactions established within the production, distribution, exchange and consumption processes. With focus on socio-productive hierarchy organized and created in order to add more direct and indirect value, we present and discuss the concepts of useful productive and unproductive labor with aim at pointing out the dominant social relations in those spaces characterized by ‘comparative advantages’. Through reflection and direct participant observation, with the use of structured questionnaires, we sought to highlight the labor and health conditions of workers in the characteristic areas of the tourism industry, by pointing out the possibilities and limits of labor regulatory actions before not only the State, but fundamentally the sociability increasingly regulated by the market. It is pointed out that the labor conditions in the tourism sector are defined according to certain conditions that allow labor exploitation in relative and/or absolute terms, thus generating bio-psycho-social wear.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11332
DOI: http://dx.doi.org/10.18226/21789061.v11i1p211
ISSN: 2178-9061
Licença: Os trabalhos publicados na Revista Rosa dos Ventos estão sob licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Revista Rosa dos Ventos <http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/rosadosventos/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 03 fev. 2017.
Aparece nas coleções:DETUR - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_CondiçõesClasseTrabalhadora.pdf972,12 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.