Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/1120
Title: Comportamento físico–químico do berilo a altas temperaturas.
Other Titles: Physico–chemical behaviour of beryl at high temperature.
Authors: Polli, Gabriel de Oliveira
Sabioni, Antônio Claret Soares
Ferreira, Ana Claudia Mousinho
Dereppe, Jean Marie
Roeser, Hubert Mathias Peter
Keywords: Tratamento termoquímico
Difusão
Berilo
Água-marinha
Goshenita
Issue Date: 2006
Citation: POLLI, G. de O. et al. Comportamento físico–químico do berilo a altas temperaturas. Revista Brasileira de Geociências, v. 36, n. 4, p. 593-602, dez. 2006. Disponível em: <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/article/view/9303/8782>. Acesso em: 13 jul. 2012.
Abstract: O tratamento térmico é amplamente utilizado em variedades de berilo com o objetivo de melhorar ou modificar a cor natural e, portanto, agregar valor ao mineral-gema. Na aplicação do tratamento térmico deve-se levar em consideração mudanças cristaloquímicas do mineral, de modo a não produzir modificações indesejáveis e irreversíveis. Foram investigadas propriedades físico–químicas de 383 amostras de berilo amarelo, azul, incolor, rosa e verde, provenientes de 16 depósitos de MG, PB, RN e CE, das quais 239 amostras coloridas e incolores foram submetidas a tratamento térmico e 2 incolores a tratamento termoquímico ou por difusão. Mudança e/ou uniformização da cor foram possíveis nos ensaios térmicos. Até temperaturas de 800oC ou 900oC aproximadamente, dependendo da variedade e/ou depósito, as amostras de berilo mantêm as suas composições químicas e propriedades físicas macroscopicamente inalteradas. Entretanto, a partir dessas temperaturas e/ou com tempos de tratamentos prolongados, ocorreu uma possível transformação de fase do berilo, que se torna branco e translúcido, com aspecto de porcelana.
metadata.dc.description.abstracten: The thermal treatment is thoroughly used in beryl varieties with the objective to get better qualities of stones, or to modify the natural colour and, therefore, to get higher value for the gemstone. During the application of thermal treatment crystal chemistry changes of the mineral should be taken into account, so that not undesirable and irreversible modifications are produced. The physical and chemical qualities of 383 samples of yellow, blue, colourless, rose and green beryl were examined. The samples come from 16 different deposits from the Brazilian States of Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte and Ceará. About 239 coloured and colourless samples were submitted to thermal treatments, and two colourless samples of goshenite were submitted to thermo-chemical or diffusion treatments. Change and/or uniformity of the colours were possible by means of the thermal treatments. For temperatures inferior to 800oC or 900oC, and depending on the variety and/or deposit, the beryl samples maintain their chemical compositions and physical properties macroscopically unchanged. However, at higher temperatures or in cases of longer treatment time, a possible phase transformation of the beryl occurred, which turns white and translucent, such as porcelain aspect.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/1120
ISSN: 03757536
metadata.dc.rights.license: Os trabalhos publicados na Revista Brasileira de Geociências são de uso gratuito, com atribuições próprias, para aplicações cientifico-educacionais e não-comerciais. Fonte: Revista Brasileira de Geociências <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/about/submissions#copyrightNotice>. Acesso em: 08 mar. 2017.
Appears in Collections:DEFIS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ComportamentoFísicoQuímico.pdf1,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.