Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11127
Title: Respostas cardiorrespiratórias induzidas pela educação física escolar.
Other Titles: Cardiorespiratory responses induced by school physical education.
Authors: Moura, Samara Silva de
Santos, Tássia Mara Silva dos
Aguiar, Giovana
Coelho, Daniel Barbosa
Oliveira, Lenice Kappes Becker
Keywords: Demanda física
Resposta respiratória
Resposta cardiovascular
Physical demand
Cardiovascular response
Issue Date: 2018
Citation: MOURA, S. S. de et al. Respostas cardiorrespiratórias induzidas pela educação física escolar. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde, Vitória, v. 20, n. 1, p. 41-48, jan./mar. 2018. Disponível em: <http://periodicos.ufes.br/RBPS/article/view/20607>. Acesso em: 20 fev. 2019.
Abstract: Introdução: A promoção do estilo de vida ativo na escola se fundamenta pelo fato de que é o local onde as crianças ou adolescentes experimentam a prática do exercício físico sem restrições de formação, sexo e raça. Objetivo: O presente estudo objetivou avaliar o impacto das aulas de Educação Física Escolar (EFE) em 23 escolares. As variáveis avaliadas foram: consumo máximo de oxigênio (O2max), pressão arterial (PA), frequência cardíaca (FC) e capacidade pulmonar, nos momentos pré, durante e logo após as aulas de EFE (aula de peteca e futebol). Resultados: Os valores de O2max não foram diferentes em ambos os sexos. Para a FC, em ambos os sexos houve aumento no momento pós em comparação com o pré e durante as aulas EFE. Na variável PA sistólica (PAS) houve um aumento significativo (p=0,02) para os meninos após as aulas (134±4,3 mmHg), em comparação com o pré (120±4,3 mmHg), já para a PA diastólica (PAD) não foram observadas diferenças (p=0,70). No sexo feminino não foram encontradas alterações significativas em PAS (p=0,07) e PAD (p=0,66). Em relação à função pulmonar não foram encontradas diferenças significativas em ambos os sexos para valores absolutos, porém o delta da capacidade vital forçada (CVF) foi significativamente maior (p= 0,02) para os meninos (0,95 ± 1,52 L) em comparação com as meninas (-0,28 ± 0,95 L). Conclusão: Sendo assim, o presente estudo conclui que as duas aulas de EFE observadas produziram pouco impacto na função cardiovascular e pulmonar dos estudantes embora para os meninos tenham sido percebidas maiores alterações nos parâmetros avaliados.
metadata.dc.description.abstracten: Introduction: The incentive of an active lifestyle at school is based on the fact that it is the place where children or teens experience the practice of physical exercise without restrictions of upbringing, gender and race. Objective: The present study aimed to assess the impact of school physical education classes (EFE) in 23 students. The variables evaluated were: maximum oxygen consumption (V O2max), blood pressure (BP), heart rate (HR) and lung capacity, when the moments prior, during and shortly after the EFE (shuttlecock and football classes). Results: V O2max values were not different for both genders. For the FC, there was an increase in the moment prior for both genders compared to the moment after during school EFE. Regarding the PA systolic (SBP) there was a significant increase (p = 0.02) for the boys after school (134 ± 4.3 mmHg) compared with prior (120 ± 4.3 mmHg). Differences were not observed for the diastolic BP (DBP) (p = 0.70). Female literacy Significant changes were not found in PAS (p=0,07) and PAD (p=0,66) for the girls. Regarding pulmonary function, significant differences in both genders were not found, for absolute values but the delta of the forced vital capacity (FVC) was significantly higher (p = 0.02) to boys (0.95 ± 1.52 L) compared to the girls (-0.28 ± 0.95 L). Conclusion: Thus, this study concludes that the two observed classes of EFE produced little impact on cardiovascular and pulmonary function of students, although major changes in the parameters evaluated were perceived for the boys .
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11127
metadata.dc.identifier.uri2: http://periodicos.ufes.br/RBPS/article/view/20607
ISSN: 2446-5410
Appears in Collections:DEEFD - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_RespostasCardiorrespiratóriasInduzidas.pdf419 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.