Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11123
Title: Physical exercise improves body weight gain and liver function in malnourished rats without disturbing the redox balance.
Other Titles: O exercício físico melhora o ganho de peso corporal e a função hepática em ratos desnutridos sem perturbar o balanço de redox.
Authors: Oliveira, Emerson Cruz de
Santos, Rinaldo Cardoso dos
Oliveira, Lenice Kappes Becker
Coelho, Daniel Barbosa
Pedrosa, Maria Lúcia
Silva, Marcelo Eustáquio
Keywords: Oxidative stress
Physical training
Desnutrição
Treinamento físico
Estresse oxidativo
Issue Date: 2018
Citation: OLIVEIRA, E. C. de et al. Physical exercise improves body weight gain and liver function in malnourished rats without disturbing the redox balance. Revista de Nutrição, Campinas, v. 31, n. 5, p. 443-453, set./out. 2018. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732018000500443&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 fev. 2019.
Abstract: Objective To study the relationship between exercise and malnourishment because recent evidence suggests that exercise can cause the benefi cial adaptation of antioxidant systems, whereas malnourishment can cause harmful adaptation of these systems. Methods Thirty-two female Fischer rats were equally divided into Sedentary Control, Trained Control, Sedentary Malnourished and Trained Malnourished groups. The training protocol consisted of swimming for 30 minutes continuously for 5 days/week for 8 weeks. Results It was demonstrated that aspartate aminotransferase and alanine aminotransferase activities increased in malnourished rats, but physical training reversed these effects by lowering the raised levels. The glutathione level was diminished by malnourishment whereas physical training increased the levels of liver carbonyl protein and increased the levels of thiobarbituric acid reactive substances that were diminished by malnourishment. In addition, Trained Malnourished rats had a higher average body weight than Sedentary Malnourished ones (62.77g vs. 55.08g, respectively). Conclusion The data show that exercise was able to reverse or reduce damage caused by malnourishment, such as weight loss and liver dysfunction by a pathway independent of the participation of enzymes involved in antioxidant defense and that there is no interaction between exercise and malnutrition.
metadata.dc.description.abstracten: Objetivo Estudar a relação entre exercício e desnutrição, pois evidências recentes sugerem que o exercício físico pode causar a adaptação benéfica de sistemas antioxidantes, enquanto a desnutrição pode causar adaptação prejudicial a esses sistemas. Métodos Trinta e duas ratas Fischer foram igualmente divididas nos grupos Controle Sedentário, Controle Treinado, Desnutrido Sedentário e Desnutrido Treinado. O protocolo de treinamento consistiu em nadar por 30 minutos continuamente por 5 dias/semana por 8 semanas. Resultados Demonstramos que as atividades de aspartato aminotransferase e alanina aminotransferase aumentaram em ratos desnutridos, mas o treinamento físico reverteu esses efeitos. O nível de glutationa foi diminuído pela desnutrição, enquanto o treinamento físico aumentou os níveis de proteína carbonilada do fígado e aumentou os níveis de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico que foram diminuídas pela desnutrição. Além disso, os ratos desnutridos treinados tiveram um peso corporal médio maior que os desnutridos sedentários (62,77g vs 55,08g, respectivamente). Conclusão Os dados mostram que o exercício foi capaz de reverter ou reduzir os danos causados pela desnutrição, como perda de peso e a disfunção hepática por uma via independente da participação de enzimas envolvidas na defesa antioxidante e que não há interação entre exercício e desnutrição.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/11123
ISSN: 1415-5273
metadata.dc.rights.license: Todo o conteúdo do periódico Revista de Nutrição, exceto onde identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho em qualquer suporte ou formato desde que sejam citados o autor e o licenciante. Fonte: Revista de Nutrição <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1415-5273&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 24 jan. 2017.
Appears in Collections:DEEFD - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PhysicalExerciseImproves.pdf680,63 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.