Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10912
Title: Análise estrutural e principais controles de mineralização do depósito de Ambrósia Sul-Paracatu/MG.
Authors: Botura Neto, Basilio
metadata.dc.contributor.advisor: Danderfer Filho, André
Keywords: Análise estrutural
Zinco
Minerologia
Issue Date: 2018
metadata.dc.contributor.referee: Uhlein, Alexandre
Melo, Gustavo Henrique Coelho
Danderfer Filho, André
Citation: BOTURA NETO, Basilio. Análise estrutural e principais controles de mineralização do depósito de Ambrósia Sul-Paracatu/MG. 2018. 113 f. Dissertação (Mestrado em Evolução Crustal e Recursos Naturais) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: O depósito de Zn-(Pb) sulfetado de Ambrósia Sul ocorre encaixado no setor meridional da faixa Vazante, região limítrofe entre a faixa Brasília e a borda sudoeste do cráton São Francisco. Tal região é caracterizada por típico ambiente cárstico em zona de clima tropical, que comumente é representada por intenso desenvolvimento de cobertura espessa e errática de solo o que dificulta o mapeamento geológico da região bem como as correlações litoestratigráficas e estruturais. Neste contexto, a sondagem exploratória, aliada à recuperação de testemunhos, permitiu o mapeamento litoestrutural em profundidade da zona de carstificação e a identificação de 6 litofácies, agrupadas em 4 associações de fácies. As características sedimentares das associações de fácies sugere um ambiente marinho com variações relativas do nível mar, associado com o desenvolvimento de uma plataforma carbonática em contexto de bacia de antepaís. A correlação estratigráfica regional permitiu reconhecer na pilha estratigráfica da área as formações Serra do Garrote, Serra do Poço Verde e Morro do Calcário, definindo uma discordância estratigráfica e/ou a não deposição de rochas do membro Pamplona médio e inferior, presente no setor meridional da faixa Vazante. Por sua vez, a sondagem com orientação de testemunhos permitiu uma investigação estrutural completa, onde foram descritas estruturas como falhas, fraturas, veios, acamamento, dobras, foliações e lineações. A análise estrutural local sugere uma fase de extensão com fluxo de massa para oeste, onde teriam sido geradas as falhas normais e veios de alto ângulo, seguida de uma fase de contração, com reativação de planos de acamamento e nucleação de falhas reversas e veios de baixo ângulo, além de dobras com vergência para leste. As mineralizações hidrotermais estão encaixadas em uma zona de brecha hidrotermal, preferencialmente em veios de alto ângulo e em cataclásticos gerados durante a extensão local. Os dolomitos constituem a principal rocha encaixante, todavia, próximo ao contato de base com os filitos carbonosos, observou-se o enriquecimento local de sulfetos o que sugere o controle da mineralização ligado uma barreira litoquímica. Veios de baixo ângulo, raramente mineralizados em Zn, cortam veios de alto ângulo, sugerindo que o evento mineralizante tenha perdurado inclusive durante a fase de inversão tectônica. Este contexto indica que o depósito de Ambrósia Sul tenha se formado na região do bulge da bacia de antepaís, afetado primeiramente por uma fase extensional, durante a sua nucleação, e posteriormente compressional, com o avanço dos cavalgamentos da faixa Brasília para leste.
metadata.dc.description.abstracten: The Ambrósia Sul sulfide Zn (Pb) deposit is hosted in the southern sector of the Vazante belt, a border region between the Brasilia belt and the southwest edge of the São Francisco craton. This area is characterized by a typical karstic environment in a tropical climate zone generated a thick and erratic soil cover that hinders the geological mapping of the region as well as the lithostratigraphic and structural correlations. In this context, an assessment survey, combined with the collection of core samples, allowed lithostructural mapping at the karstification zone depth and the identification of six lithofacies, which were grouped into four facies associations. The sedimentary characteristics of the facies associations suggest a marine environment with relative fluctuations in sea level that was associated with the development of a carbonate platform in a foreland basin context. The regional stratigraphic correlation allowed the Serra do Garrote, Serra do Poço Verde and Morro do Calcário formations to be recognized in the stratigraphic stack, defining a stratigraphic unconformity and/or non-deposition of rocks of the middle and lower Pamplona member in the southern section of the Vazante belt. On the other hand, the assessment survey with structural core orientation allowed a complete structural investigation, where structures such as faults, fractures, veins, bedding, folds, foliations and lineaments were describe. The local structural analysis suggests a extension phase with mass flow to the west, where the normal faults and high angle veins would have been generated, followed by a contraction phase, with reactivation of bedding planes and nucleation of reverse faults and veins of low angle, plus folds with vergence to the east. The hydrothermal Zn-(Pb) mineralizations are hosted in a hydrothermal breccia zone, rather in high angle veins and in cataclasites generated during the local extension. The dolomites constitute the main host rock, but near the base contact with the carbonaceous phyllites, local enrichments of sulfides were observed, which suggests a mineralization control linked to a lithochemical barrier. Low-angle veins, rarely mineralized in Zn, cut high-angle veins, suggesting that the mineralizing event persisted even during the tectonic inversion phase. This context indicates that the Ambrósia Sul deposit formed in the bulge region of the foreland basin, first affected by an extensional phase, during its nucleation, and later compressional, with the advancement of the ridges of the Brasília to the east.
Description: Programa de Pós-Graduação em Evolução Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10912
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 25/03/2019 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais.
Appears in Collections:PPGECRN - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_AnáliseEstruturalPrincipais.pdf8,53 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons