Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10792
Title: O papel dos receptores de adenosina na resposta de células NK durante a infecção por Leishmania amazonensis.
Authors: Oliveira, Ive Mendes
metadata.dc.contributor.advisor: Afonso, Luís Carlos Crocco
Figueiredo, Amanda Braga de
Keywords: Células Killer
Leishmaniose
Adenosina
Issue Date: 2017
metadata.dc.contributor.referee: Afonso, Luís Carlos Crocco
Carvalho, Andréa Teixeira de
Roatt, Bruno Mendes
Citation: OLIVEIRA, Ive Mendes. O papel dos receptores de adenosina na resposta de células NK durante a infecção por Leishmania amazonensis. 2017. 74 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2018.
Abstract: As células Natural Killer (NK) são importantes células efetoras na imunidade inata e participam ativamente da resposta imune do hospedeiro contra infecções, inclusive durante a infecção por Leishmania amazonensis. Células NK secretam IFN-γ após a estimulação por IL-12 produzida por macrófagos e células dendríticas (DC). Esta citocina é crucial para a eliminação de L. amazonensis por meio da ativação de fagócitos e para o desenvolvimento de respostas adaptativas subsequentes, especialmente do tipo Th1. O ATP liberado por células sob estresse, é capaz de auxiliar no estabelecimento de resposta inflamatória, enquanto a adenosina, produto da hidrólise de ATP por ecto-nucleotidases, leva as células a um estado anti-inflamatório. L. amazonensis expressa enzimas capazes de degradar ATP extracelular a adenosina, induzindo assim a resposta anti-inflamatória de várias células, incluindo macrófagos, DC e possivelmente células NK. O objetivo deste estudo foi avaliar o papel dos receptores de adenosina em células NK durante a infecção por L. amazonensis. Para isso, avaliamos a presença dos receptores A2a e A2b de adenosina na superfície da célula NK por microscopia de fluorescência, e observamos que estes receptores estão presentes na superfície da célula NK, e que há o aumento da expressão do receptor A2a na superfície celular quando a célula NK é cultivada na presença de L. amazonensis. Além disso, DC derivadas de medula óssea de camundongos C57BL/6 infectadas por L. amazonensis foram co-cultivadas com células NK recém-isoladas de baço, na presença de antagonistas dos receptores A2a e A2b, e a produção de IFN-γ foi medida por ELISA. Observamos que a inibição do receptor A2a leva ao aumento da produção de IFN-γ e a inibição de ambos os receptores leva à diminuição da taxa de infecção de DC presentes na co-cultura. Analisamos, por citometria de fluxo, a produção de IFN-γ e IL-10 por células NK, linfócitos T CD4 e linfócitos T CD8, em camundongos C57BL/6 infectados por L. amazonensis e tratados com antagonistas dos receptores A2a e A2b e dosamos por ELISA a produção de IFN-γ por células de linfonodos estimuladas com antígeno particulado de Leishmania amazonensis. Mostramos que a inibição do receptor A2a aumenta a porcentagem de células NK e linfócitos T CD4 produtoras de IFN-γ sem haver aumento da produção de IL-10, além de levar ao aumento da produção de IFN-γ por células de linfonodos estimuladas in vitro. Com estes resultados, podemos concluir que o receptor de adenosina A2a, presente na célula NK, tem um papel de grande importância na infecção por L. amazonensis e seu bloqueio leva ao aumento da produção de citocinas pró-inflamatórias durante a infecção, tanto em modelo in vitro, quanto in vivo.
metadata.dc.description.abstracten: Natural Killer (NK) cells are important effector cells in innate immunity and actively participate in host immune responses against infections, including during Leishmania amazonensis infection. NK cells secrete IFN-γ after stimulation by IL-12 produced by macrophages and dendritic cells (DC). This cytokine is crucial for the elimination of L. amazonensis through the activation of phagocytes and for the development of subsequent adaptive responses, especially Th1 response. The ATP released by cells under stress is able to aid in the establishment of inflammatory response, whereas adenosine, the product of the hydrolysis of ATP by ecto-nucleotidases, leads the cells to an anti-inflammatory state. L. amazonensis expresses enzymes capable of degrading extracellular ATP to adenosine, thus inducing the anti-inflammatory response of several cells, including macrophages, DC and possibly NK cells. The objective of this study was to evaluate the role of adenosine receptors in NK cells during L. amazonensis infection. For this, we evaluated the presence of adenosine A2a and A2b receptors on the NK cell surface by fluorescence microscopy, and we observed that these receptors are present on the surface of the NK cell, and that there is increased A2a receptor expression on the cell surface when the NK cell is cultured in the presence of L. amazonensis. In addition, marrow-derived DCs from C57BL/6 mice infected with L. amazonensis were co-cultured with newly isolated spleen NK cells in the presence of A2a and A2b receptor antagonists, and IFN-γ production was measured by ELISA. We observed that inhibition of the A2a receptor leads to increased IFN-γ production and inhibition of both receptors leads to a decrease in the rate of DC infection present in the co-culture. We analyzed, by flow cytometry, IFN-γ and IL-10 production by NK cells, CD4 T lymphocytes and CD8 T lymphocytes, in C57BL/6 mice infected with L. amazonensis and treated with A2a and A2b receptor antagonists and assayed for IFN-γ production by ELISA by lymph node cells stimulated with Leishmania amazonensis particulate antigen. We have shown that A2a receptor inhibition increases the percentage of NK cells and IFN-γ producing CD4 T lymphocytes without increasing IL-10 production, in addition to increasing IFN-γ production by lymph node cells stimulated in vitro. With these results, we can conclude that the A2a adenosine receptor, present in the NK cell, plays a very important role in L. amazonensis infection and its blockade leads to increased production of proinflammatory cytokines during infection in the model in vitro and in vivo.
Description: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas. Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas, Pró-Reitoria de Pesquisa de Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto.
URI: http://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/10792
metadata.dc.rights.license: Autorização concedida ao Repositório Institucional da UFOP pelo(a) autor(a) em 27/02/2018 com as seguintes condições: disponível sob Licença Creative Commons 4.0 que permite copiar, distribuir e transmitir o trabalho desde que sejam citados o autor e o licenciante. Não permite o uso para fins comerciais nem a adaptação.
Appears in Collections:PPCBIOL - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_PapelReceptoresAdenosina.pdf1,98 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons